Funil de vendas: entenda o que é e veja sua relação com o CRM
21523
post-template-default,single,single-post,postid-21523,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

CRM: entenda o que é um funil de vendas

o que é funil de vendas e como ele se relaciona com o CRM

A maneira como as pessoas fazem as suas compras mudou, abrindo brecha para o surgimento do conhecido funil de vendas. Hoje, elas possuem uma infinidade de alternativas de estabelecimentos comerciais e podem escolher. Além dos pontos físicos, há a possibilidade da aquisição de produtos online, o que amplia ainda mais esse horizonte. 

É por isso que as empresas devem ficar atentas a uma estratégia eficiente para entender e interagir com os clientes. Uma das formas é focar o seu projeto de marketing no que é chamado de funil de vendas. 

É preciso entender que o consumidor, além de opções, não aceita mais qualquer coisa. Ele está bem informado, cheio de ideias e questionamentos. Por isso, “empurrar o produto” já não surte tanto efeito. O cliente sabe o que quer e como quer. Cabe ao seu negócio atender aos desejos dele. 

Tudo isso é levado em conta quando se pensa em funil de vendas. Entenda o que é e como ele pode ajudar a melhorar o CRM (Customer Relationship Management) ou a Gestão de Relacionamento com o Cliente.

O que é funil de vendas? 

Trata-se de uma forma de representar o caminho que o cliente faz desde a hora que conhece a sua marca, até o momento da compra. Com base no modelo estratégico, o gestor pode aplicar a jornada do consumidor de forma prática. 

Isso ajudará tanto a equipe de vendas a ter um melhor resultado na negociação, quanto na fidelização de clientes. Contudo, vale lembrar que mesmo sabendo que o funil de vendas é eficiente, há muita empresas fazendo uso dele. Assim, o processo de fidelização precisa contar com um bom pós-venda também. 

Como funciona o funil de vendas? 

Para compreender como funciona o funil de vendas, imagine um funil, desses de uso doméstico. Se você colocar água nele, a parte superior, do topo, terá mais água do que o fundo do funil, correto? O mesmo acontece quando ele é usado para representar o consumidor. 

O topo mostra as pessoas que talvez possam ser atraídas pela sua empresa e fechar negócio. Enquanto o fundo simboliza aqueles que fizeram a trajetória da jornada de compra e estão perto de realizarem a compra. O desafio da empresa é transformar pessoas do topo nas de fundo do funil. 

Conheça as etapas do funil de vendas

O funil de vendas constitui basicamente de três estágios: topo do funil, meio do funil e base do funil. Conheça um pouco mais sobre cada um deles. 

Topo do funil

É o primeiro estágio, no qual a pessoa ainda não sabe que possui um problema que precisa ser resolvido. Por isso, é chamada também como etapa da descoberta ou da consciência. Aqui, a ideia é atrair um grande número de prospects, visando sempre o público-alvo. 

Meio do funil

Nessa etapa, a pessoa já sabe que possui um problema e está em busca de forma de solucioná-lo. Para ajudá-lo, a empresa deve ajudar a sanar as dúvidas, mas sem citar a empresa como solução. 

Fundo de funil

Agora que os prospects já sabem que possuem um problema e como solucioná-lo, é a hora de apresentar a sua empresa como a melhor alternativa. É o momento da equipe de vendas agir e fechar negócio! Por falar em vendas, é preciso trabalhar para deixar o time motivado. Veja dicas!

Tags: