Retenção de clientes na crise: transforme o relacionamento com clientes!
22736
post-template-default,single,single-post,postid-22736,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

Retenção de clientes na crise: transforme o relacionamento com clientes em receita para sua empresa

como melhorar a retenção de clientes na crise

Garantir a retenção de clientes em tempos de crise é possível, mas é necessário adaptação e um planejamento constante. O tema retenção nunca foi tão debatido quanto atualmente. Afinal, evitar custos excessivos na aquisição de novos clientes é uma grande preocupação.

Em momentos de crise, temos a tendência de acompanhar mais o que o outro está fazendo. Entretanto nos esquecemos de que a mudança de algumas práticas internas é que realmente pode mudar de vez a realidade da empresa.

Separamos 5 estratégias para manter clientes fiéis ao seu negócio e não perder espaço no mercado. Acompanhe!

5 práticas de retenção de clientes que funcionam!

1 – Comece pelo atendimento

Uma empresa que deseja manter clientes precisa oferecer excelência e prontidão para solucionar dúvidas e ajudar. Sendo assim, a equipe de atendimento terá um papel muito importante e mais estratégico.

Um dos grandes princípios do atendimento de qualidade é, justamente, sanar qualquer dúvida do potencial cliente, em relação ao serviço ou produto. Isso tira de jogo o papel dos atendentes de “apagar incêndios”.

O atendimento inicial, quando bem feito, pode levar o consumidor para outra etapa da jornada de compra e, consequentemente, efetivar uma venda. Se a equipe já está preparada para o onboarding, será muito mais simples lidar com as outras etapas.

Vale a pena até realizar um treinamento sobre atendimento eficiente aí na sua empresa. É um investimento válido que tem forte impacto positivo.

2 – Amplie o valor do seu negócio

Investimentos em branding e construção da imagem do negócio são fundamentais. Afinal, é isso que colabora, de fato, com a retenção de clientes.

Quando o cliente conhece a idoneidade da marca e confia na solução, podemos entender como um grande potencial para a fidelidade. Quanto mais o cliente admira a sua marca, seus valores e disponibilidade para ajudar, mais fácil será de recomendar para um amigo, familiar ou até mesmo divulgar nas redes sociais.

A isso, damos o nome de Brand Marketing. Em outras palavras, é a prática de impactar potenciais clientes e clientes com o valor agregado ao seu negócio. Como um bom exemplo, podemos citar a marca Coca-Cola.

O principal objetivo da marca é inspirar otimismo e união. Por isso, sempre vemos nas propagandas famílias felizes e reunidas à mesa para uma refeição. Mesmo que de forma inconsciente, essa ação tem um papel importante na decisão de compra.

Marcas fortes retêm clientes por mais tempo. Portanto, faça a diferença!

3 – Invista no relacionamento para maior retenção de clientes

Já ouviu falar no Marketing de relacionamento? Consiste na criação de estratégias eficientes que visam a construção e a disseminação dos valores e missão da marca. Esse trabalho deve ser feito antes mesmo da aquisição dos clientes, mas é um processo que perdura durante toda a sua jornada até o pós-venda.

São essas estratégias que ajudam sua empresa a falar com o público no momento certo, garantindo assim a fidelização.

Quando falamos em relacionamento com o cliente, logo podemos citar como uma importante ferramenta: o e-mail marketing. Contudo, sua base de contatos deve ter uma segmentação aprofundada para que seja possível desenvolver a personalização de acordo com o interesse de cada grupo.

Essa é a chave para o sucesso, manter o cliente envolvido com a marca mesmo após adquirir um produto ou serviço. Veja alguns tipos de e-mail marketing que você não só pode, mas deve enviar aos seus clientes:

1.     E-mail de boas-vindas;

2.     E-mails explicativos sobre recursos do seu produto ou serviço;

3.     E-mail de recuperação de vendas perdidas;

4.     E-mail noticioso sobre alguma conquista ou novidade da empresa;

5.     E-mails de marco como datas comemorativas, aniversário do cliente, dentre outros;

6.     Trabalhe os usuários inativos com e-mails de lembrança;

7.     Crie e-mails de conteúdo útil como dicas, sugestões e estratégias.

4 – Trabalhe a área de customer success

O pós-venda é um fator primordial que faz com que o cliente continue com a sua empresa ou a abandone na primeira oportunidade. Desse modo, é o profissional de Customer Success que irá auxiliar o cliente desde o momento da implementação do serviço até esporádicos atendimentos de consultoria.

A diferença entre o CS e a equipe de suporte é que o Customer Success não espera problemas surgirem para entrar em contato com o cliente. Mas se mostra presente o tempo inteiro.

Toda a jornada do cliente, desde o conhecimento da sua solução até o fechamento da compra, pode ser automatizada. Por outro lado, o atendimento pós-venda exige humanização, empatia e sensibilidade para reconhecer as necessidades dos clientes e auxiliá-los no que for preciso para desenvolver uma excelente experiência.

5 – Faça uma integração de áreas

É preciso ter um controle total sobre as áreas mais sensíveis do negócio como: time de vendas, oportunidades, funil de vendas, atendimento, relacionamento, metas e objetivos.

Mas e se você pudesse evoluir o seu negócio em momentos de crise, transformando o relacionamento com os seus clientes em receita? E se pudesse obter total controle sobre dados importantes para transformá-los em estratégias?

Então, você precisa conhecer o Full Sales. Com integração total com o SISPRO ERP Cloud, torna possível a análise das principais áreas que exigem atenção para manter o negócio em constante crescimento, tais como: financeiro, estoque, faturamento, vendas etc.

O Full Sales é uma ferramenta que viabiliza um processo completo de nutrição, conversão e fidelização dos clientes. Além disso, oferece maior poder gerencial ao líder de vendas.

Outro grande diferencial da ferramenta é seu potencial para relacionamento. Sendo assim, crie campanhas totalmente segmentadas, analise métricas e mensure os resultados de forma simples e prática. Com isso, fortalecerá e muito o pós-venda do seu negócio.

Embora seja uma estratégia válida a aquisição de novos interessados, investir na manutenção dos clientes já existentes é a melhor decisão nesse momento de incertezas.

Então, se você se interessou, acesse o site agora mesmo e saiba mais sobre a solução completa de Gestão de Negócios com foco em clientes satisfeitos!

Tags: