Reduza falhas humanas nos processos internos com 4 atitudes | SISPRO
10124
post-template-default,single,single-post,postid-10124,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

Reduza falhas humanas nos processos internos com 4 atitudes

gestão de facilities

Se, por um lado, os recursos humanos são indispensáveis para a rotina de operações de uma empresa, por outro, estão muito mais suscetíveis a erros e falhas. Estes erros, quando recorrentes, podem prejudicar gravemente os processos da empresa e, consequentemente, a sua produtividade. Por isso, reduzir falhas humanas deve ser encarado como prioridade.

A solução para esse problema parte de cima, no sentido de adotar as medidas necessárias para que a sua empresa dedique mais tempo e recursos prevenindo-os que reparando-os.

Para deixar as coisas mais claras, no post de hoje vamos mostrar 4 atitudes que você deve ter para que as falhas humanas não sejam um problema na sua empresa. Acompanhe!

1. Automatizar tarefas

É bem comum em empresas haver uma série de processos repetitivos, nos quais o funcionário deve fazer inúmeras vezes a mesma tarefa. Se esse é o caso da sua empresa, por que não pensar em automatizar esse tipo de atividade?

Automatizar, além de ser uma forma de potencializar a produtividade e reduzir drasticamente a ocorrência de falhas, em processos repetitivos é também uma excelente alternativa para reduzir o desgaste dos funcionários e também evitar que eles encarem o trabalho como maçante e desmotivante.

Atualmente, a tecnologia oferece diferentes soluções para a automação, tais como:

2. Capacitar a equipe e avaliar os resultados

Muitas vezes, as falhas humanas são decorrentes da má utilização de algum recurso na empresa — máquinas e computadores, por exemplo. A falta de treinamento e preparo para operar esses recursos são a principal causa.

Esse cenário só pode ser revertido se a empresa adotar uma política de capacitação contínua dos seus colaboradores. Você deve estar ciente da importância disso, já que os bons resultados só virão se sua equipe estiver devidamente treinada para as funções que exerce.

Nesse sentido, programe a rotina da empresa para receber treinamentos contínuos; invista em cursos de aperfeiçoamento técnico, de idiomas ou qualquer outro que agregue valor ao trabalho. Contudo, não deixe de avaliar os resultados periodicamente para que possa saber o quão útil têm sido essas capacitações na diminuição de falhas humanas.

3. Monitorar a execução do trabalho

Deixar que os funcionários trabalhem sem o devido acompanhamento pode ser o determinante para o aumento do número de falhas.

Por isso, monitorar periodicamente a execução das tarefas e garantir a correta utilização dos instrumentos como, por exemplo, equipamentos de segurança, bem como assegurar que os protocolos de determinadas tarefas sejam observados, são ações fundamentais para minimizar erros.

Lembre-se: uma equipe bem assessorada tende a ser muito mais produtiva e eficiente!

4. Invista em inovação

O caminho para um ambiente empresarial eficiente e livre de falhas depende muito da maneira como a direção da empresa enxerga o papel da inovação.

A adoção de novos sistemas de gestão, novas tecnologias e, acima de tudo, uma nova forma de relacionar com os colaboradores é, sem dúvida, uma maneira de diminuir falhas humanas.

Ambientes pensados no bem-estar dos funcionários, tanto física quanto psicologicamente, têm esse potencial. Então, saiba explorar com atitudes como:

  • investir em tecnologias que facilitem o trabalho;
  • valorizar cada um dos seus colaboradores;
  • oferecer as condições de trabalho necessárias a seus colaboradores.

Tudo isso reforça a motivação no trabalho e, consequentemente, torna os seus funcionários mais envolvidos com as suas funções e torna as falhas menos suscetíveis de ocorrer.

Portanto, como vimos, reduzir falhas humanas pede atitudes simples e a alocação de recursos nos locais adequados. Assim, as falhas humanas acabam se tornando cada vez menos frequentes. Então, esteja atento a essas atitudes!

As atitudes que deve ter para reduzir as falhas na sua empresa você já sabe. Agora, o que acha de ter mais uma boa atitude e difundir essas informações? Compartilhe o post nas suas redes sociais e colabore com o crescimento de outros profissionais!