Gestão de RH no condomínio: descubra a importância dessa gestão
21494
post-template-default,single,single-post,postid-21494,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

Conhece a importância da gestão de RH no condomínio? Descubra!

qual a importância da gestão de RH no condomínio

Será que é preciso investir em gestão de RH no condomínio? Essa é uma dúvida comum e, se você for pensar, há muita gente trabalhando para que tudo funcione. Desde a equipe de limpeza, até a pessoa que cuida dos jardins ou faz a manutenção da piscina. Todos eles precisam estar com a documentação trabalhista em dia, bem como ter os seus direitos respeitados.

Além disso, é preciso tratar bem os colaboradores para poder manter a mão de obra qualificada na empresa. Por isso, é importante investir em gestão de RH no condomínio. Confira os benefícios! 

A gestão de RH no condomínio cuida de relações sindicais e trabalhistas

Faz parte das tarefas de um administrador de condomínio cuidar das questões trabalhistas da pessoa que presta serviços. Além disso, muitas vezes, é preciso lidar com sindicatos. Assim, cabe ao responsável pela gestão de RH no condomínio garantir que tudo seja feito de acordo com a legislação vigente e normas da contratação CLT – Consolidação das Leis do Trabalho.

Dessa forma, o RH cuida de: 

  • contratação de colaboradores;
  • aposentadoria;
  • férias;
  • jornada de trabalho;
  • rescisão de contrato;
  • proteção do empregado;
  • estagiários;
  • pagamento de insalubridade, periculosidade, hora extra, salário, hora noturna, entre outros. 

A Sispro possui solução de RH para Administradoras de Condomínios que você precisa. Com o nosso sistema, o gestor consegue ter acesso a diversos dados importantes, com facilidade. Dentre eles:

  • informações sobre os funcionários;
  • data das férias dos colaboradores;
  • demonstrativo de pagamentos;
  • simulação de cálculo de rescisões, entre outros.

Dessa forma, facilita a rotina do síndico e minimiza as chances de erros. Consequentemente, aumenta a eficiência da gestão do condomínio.

Arquivar a documentação 

Também faz parte do serviço de gestão de RH no condomínio arquivar documentos do trabalhador, tanto enquanto ele ainda atua, quanto depois da demissão.

É preciso guardar o Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho por dois anos, enquanto o Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP) deve ser arquivado por 20 anos. Esses documentos precisam estar organizados e prontos para uso, caso se faça necessário. 

Escala de funcionários

Claro que um condomínio não precisa ter um profissional cuidando do jardim 24 horas por dia, mas é necessário ter alguém na portaria e na guarita. No geral, essas pessoas atuam em sistema de escala e faz parte do serviço da gestão de RH no condomínio determinar a escala da equipe.

Isso deve ser feito de acordo com a legislação vigente. Além disso, é preciso garantir que o colaborador tenha a folga necessária e que sempre tenha alguém trabalhando, todo o tempo. Afinal, de nada adianta a guarita se não tiver uma profissional nela.

Treinamento dos colaboradores

Como uma pessoa que trabalha na portaria vai saber quais são as regras do condomínio? Como a equipe de limpeza vai conhecer detalhes da higienização do espaço de uso em comum? Para que isso seja possível, é preciso treinar a equipe e cabe ao setor de RH fazer isso.

Preparar os contratados para agirem de acordo com as normas do condomínio é uma atividade de quem atua com recursos humanos. Caso o seu não tenha ninguém responsável pela gestão de RH no condomínio, o gestor terá que exercer mais essa função. 

É também nesse treinamento que as pessoas vão aprender, por exemplo, a como usar os equipamentos de proteção individual. Isso garantirá que eles atuem em segurança.Viu a importância da gestão de RH no condomínio? Veja também erros que são comuns e como evitá-los!