Mitigação de riscos de TI: qual a importância? | SISPRO
11639
post-template-default,single,single-post,postid-11639,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

Mitigação de riscos de TI: qual a importância?

mitigação de riscos

Gerenciar os riscos corporativos é uma função que ocupa continuamente a agenda da alta direção do negócio. Nessa tarefa, existem dois grandes desafios: primeiro, a mitigação de riscos que têm efeito negativo e, segundo, a maximização do aproveitamento de oportunidades geradas pelos riscos que têm efeito positivo.

A área de TI (Tecnologia da Informação) é um dos setores empresariais que têm os riscos de efeito negativo mais significativos, especialmente pelo fato de lidar com informações sigilosas e estratégicas do negócio.

Quer saber quais são esses riscos e como mitigá-los? Então, leia atentamente este post.

O que é risco de TI?

Os riscos de TI que precisam ser mitigados estão relacionados aos principais atributos da informação:

  • confidencialidade;
  • integridade;
  • disponibilidade.

Qualquer evento que impossibilite e/ou inviabilize a manutenção desses atributos básicos, precisa ser mitigado, ou seja: atenuado, abrandado.

Quais são os riscos a serem mitigados?

Quanto à confidencialidade

Colocar em risco a confidencialidade é sujeitar informações sigilosas e/ou estratégicas ao acesso por colaboradores internos ou terceiros, sem autorização. Isso pode implicar:

  • perda de clientes e oportunidades de negócios;
  • prejuízos financeiros;
  • riscos de fraudes;
  • danos à imagem da sua empresa.

Quanto à integridade

A existência de informações incompletas e/ou incorretas, ou vulneráveis a alteração por pessoas não autorizadas podem provocar a tomada de decisões equivocadas, que resultam em perda de produtividade, de participação de mercado ou de recursos financeiros.

Quanto à disponibilidade

Não ter informação disponível no momento em que é requerida pode:

  • impedir transações comerciais importantes;
  • gerar insatisfação nos clientes internos e externos da organização;
  • reduzir a performance geral do negócio;
  • impedir a continuidade do negócio, dependendo da sua dimensão.

Um exemplo radical do risco de disponibilidade é o de muitas empresas que funcionavam nas torres gêmeas do World Trade Center, que foi destruída por ataques terroristas. As empresas que não tinham mecanismos de proteção de dados, simplesmente deixaram de existir, pois perderam todas as informações em um único evento.

Quais são as estratégias para mitigação de riscos de TI?

Algumas das estratégias para mitigar os riscos negativos de TI são:

Reduzir os perigos

Para isso, pode-se utilizar recursos como:

  • sistemas informatizados com parametrização de permissões de acesso;
  • senhas fortes;
  • dispositivos de segurança como:
    • firewall;
    • gateway;
    • assinatura eletrônica;
    • token etc.
  • acesso VPN (rede privada virtual);
  • backup de dados etc.

Aceitar os riscos

Assumir o risco e se preparar para se responsabilizar pelas suas consequências, caso venham a se concretizar.

Evitar a recorrência deles

Substituir sistemas, aplicativos e mecanismos de segurança ou de infraestrutura de TI vulneráveis, por outros que não tenham apresentem os mesmos riscos.

Transferir o problema para especialistas

Deixar o gerenciamento dos riscos de TI nas mãos de um especialista, passando a utilizar os serviços de Cloud Computing (computação na nuvem), tais como:

  • IaaS (Infraestrutura como um Serviço): contratar uma empresa especializada para gerenciar toda a infraestrutura de TI;
  • SaaS (Software como um Serviço): utilizar sistemas e aplicativos de informática na nuvem;
  • PaaS (Plataforma como um Serviço): combinar o melhor do IaaS com o SaaS, sob medida para o seu negócio.

A mitigação de riscos na área de TI é um fator primordial de sucesso para toda e qualquer organização. Ela assegura as condições necessárias para a continuidade das operações da empresa e a base informacional necessária para seu crescimento e sustentabilidade.

Quer saber mais sobre mitigação de riscos de TI ou quer tirar alguma dúvida? Então, deixe um comentário.