Descentralização do RH: como a tecnologia impacta esse processo
21101
post-template-default,single,single-post,postid-21101,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

Como a tecnologia afeta o processo de descentralização do RH

como a tecnologia impacta na descentralização do RH

A não ser que não falemos sobre a tecnologia, ela permeia basicamente tudo hoje, mas é na descentralização do RH que ela tem se mostrado uma divisora de águas para a otimização dos processos e resultados positivos.

O conceito de descentralizar as funções do departamento de recursos humanos não é recente, mas sua eficiência sim. Isso porque, há algum tempo não existia o elemento tecnológico que solidificasse esse processo, o que resultava em pouca organização, bem como ineficiência estratégica.

Contudo, a tendência de descentralizar as rotinas é algo que tem se fortalecido em tempo real e se torna uma realidade a cada dia, conforme a competitividade e incertezas do mercado tendem à ampliação desenfreada.

Portanto, fizemos este post com a intenção de simplificar o entendimento de como a tecnologia impacta e influencia o processo de descentralização do RH. Gosta de acompanhar as tendências? Então, esse conteúdo é para você. Acompanhe!

Descentralização do RH: como a tecnologia influencia no processo

Somente quem trabalha no departamento de recursos humanos sabe como suas prioridades profissionais sofrem constantes alterações. E se por um lado os gestores de RH têm por formação a responsabilidade do desenvolvimento profissional, pessoal e organizacional, por outro, a burocracia e tantas outras funções os desviam de seu propósito primário.

Se fizermos uma lista com as ações da rotina diária do RH, poderíamos criar outro conteúdo completo, mas dentre eles temos:

  • Fechamento da Folha de Pagamento;
  • Gerenciar o controle de ponto dos funcionários;
  • Atender às exigências fiscais e contábeis;
  • Estimular o compliance entre os setores;
  • Buscar a redução dos passivos trabalhistas;
  • E ainda, garantir uma cultura organizacional plena e funcional.

Dessa forma, qual a margem o RH tem ao alcance para mudanças e direcionamentos estratégicos que venham agregar para os processos da empresa? É por isso que a descentralização do RH é tão importante, pois objetiva direcionar os recursos do RH para o que realmente o difere como estratégico.

Qual o papel da tecnologia nesse cenário?

Pense conosco! Se em um cenário no qual o RH detém o controle sobre todas as informações já existem gargalos na conclusão dos processos, imagina um cenário com mais envolvidos, o quanto se torna complexo gerenciar, concorda?

Por exemplo, para fazer o fechamento da folha são necessários inúmeros dados e  informações que devem estar completamente alinhados e em um fluxo único de processos, a fim de que todos recebam o justo e de acordo com suas atribuições.

Sendo assim, descentralizar e transferir as informações dos colaboradores aos gestores pode ocasionar atrasos e prejuízos, tanto no fechamento quanto em outras ações, mas então, como eliminar esse gargalo da equação, a fim de que a descentralização venha apenas agregar, ao invés de atrapalhar? Tecnologia é a resposta.

Através de ferramentas e soluções apropriadas para as demandas do RH é viável levantar dados analíticos. Por conseguinte, esses dados são responsáveis por criar um ambiente em que a auditoria dos colaboradores e gestores é beneficiada, garantindo o compliance fundamental para que a estratégia funcione. Veja como a tecnologia impacta esse cenário:

  • Proporciona visibilidade assertiva para a identificação de melhorias;
  • Traz vantagens que atuam de forma sistemática, facilitando à gestão do RH;
  • Amplia consideravelmente a transparência para com os colaboradores;
  •  Fortalece todos os níveis da gestão;
  • Estreita o relacionamento entre colaborador e gestor;
  • Realça a prioridade inicial do RH no desenvolvimento do ambiente organizacional adequado.

A ferramenta certa amplia a eficácia da descentralização do RH

A melhor maneira de garantir que a estratégia de descentralização irá funcionar, é integrar todos os processos. Por conseguinte, o fluxo único criado pela integração empodera os responsáveis a gerenciar como cada um absorve e lida com as informações.

E nesse quesito, a Solução SISPRO RH é a sua melhor aliada, pois otimiza os processos de gestão de pessoas com recursos versáteis e totalmente flexíveis, tudo isso de forma integrada e com grande facilidade de uso.

O fator integração viabilizado pela nossa solução garante que o RH terá total controle sobre os novos elementos da descentralização, ao passo em que ganha tempo hábil para planejar a melhor forma de implementar diretrizes estratégicas.

Quer implementar a descentralização do seu RH, mas está receoso sobre como seu negócio será impactado? Então, nós podemos te ajudar, sem sombra de dúvidas. Acesse para ter todo o suporte que precisa nessa etapa!