Redução de custos: como reduzir e otimizar processos durante a crise
21989
post-template-default,single,single-post,postid-21989,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

Como reduzir custos e otimizar processos durante a crise

como ter redução de custos durante a crise

Se em cenários normalizados já existe a inevitabilidade de equilibrar a redução de custos e impulsionar processos, em tempos de crise, no qual é impossível prever os próximos meses da economia, a necessidade aumenta gradualmente e em conjunto com as oscilações do mercado como um todo.

Nesse sentido, os gestores podem acabar sobrecarregados com a responsabilidade de identificar oportunidades. Por outro lado, a tecnologia nunca fez tanto sentido quanto agora, pois seu papel se intensifica diante uma realidade, onde cada vantagem se torna um diferencial para a sobrevivência da empresa.

Portanto, nos acompanhe para entender como harmonizar uma redução de custos, ao passo em que a otimização dos processos é estimulada. É muito importante ter nítido quais pontos são passíveis de redução e maior controle operacional. Boa leitura e vamos lá!

3 passos para você reduzir custos e aprimorar processos mesmo na crise

1 – Sua gestão de contratos deve ser reavaliada consistentemente

Assim como diversos processos têm se adequado à realidade da sua empresa, a gestão de contratos também deve passar por uma reavaliação. Essa ação tem como objetivo identificar pontos de mudança, que podem trazer certo alívio ao financeiro da empresa.

Claro, isso deve ser muito bem analisado e planejado antes de qualquer tomada de decisão. Afinal, são demandas que afetam não só a sua empresa, mas também todos os clientes que mantêm contratos vigentes com você.

Mesmo que temporária, essa prévia análise tem como fundamento reavaliar, principalmente os contratos com os fornecedores. Isso porque grande parte das demandas diárias foram totalmente alteradas pela adoção do modelo Home Office.

Na prática, sua empresa pode estar “sangrando” recursos que nem mesmo estão sendo utilizados, configurando assim, desperdício.

Portanto, a partir disso é possível: avaliar reduções, estipular renegociações, implementar suspensões e até mesmo considerar possíveis cancelamentos. O ponto de atenção aqui é quanto a suspensão temporária.

Será preciso considerar que toda e qualquer suspensão irá gerar encargos futuros, e deverão ser quitados posteriormente, em um cenário de pós-pandemia.

Somente reavaliando os contratos atuais já é viável encontrar formas de estimular a redução de custos.

2 – Já está por dentro das mudanças oferecidas pelo governo?

Objetivando preservar a saúde financeira das empresas e assegurar o maior número possível de empregos, inúmeras medidas foram implementadas. 

Especificamente falando, diferentes tributos tiveram suas obrigações e prazos flexibilizados.

Dessa maneira, uma saída para a redução de custos urgente é se aproveitar dessa flexibilização quanto aos benefícios tributários.

Tivemos, por exemplo, o adiamento do Simples Nacional no âmbito federal e estadual, adiamento do pagamento do INSS, PIS e Pasep e COFINS, além da suspensão temporária por 3 meses do FGTS.

Alinhe-se com os gestores responsáveis pelo contábil e tributário da empresa, a fim de tomarem as medidas legais para aproveitarem essa brecha na quitação das obrigações. 

Aqui no blog temos um conteúdo completo sobre a possibilidade de adiamento no recolhimento de alguns impostos, é só conferir!

3 – A tecnologia de um software de gestão de contratos é imprescindível

Quando falamos em tecnologia, temos duas vertentes que podem ser a melhor saída para a redução considerável dos custos.

Primeiramente temos o Software ERP, como eixo das boas práticas empresariais. Através da integração de setores, demandas e processos, ele oferece um panorama mais transparente da realidade da empresa, fomentando assim, decisões que impactam concisamente no futuro do negócio.

Logo atrás, mas não menos importante, a solução de gestão de contratos, talvez uma das ferramentas mais indicadas para um modelo de trabalho à distância. Embora do conforto de casa, as obrigações continuam chegando à empresa, exigindo atenção redobrada dos gestores.

Nesse sentido, uma solução digital para lidar com seus contratos é sua melhor estratégia nesse momento. Sabemos que problemas como: processos manuais, perda de prazo, altos custos e extravio de documentos, são recorrências em boa parte das empresas.

É por isso que um sistema digital consegue melhorar a performance de toda equipe, ao passo em que elimina processos manuais. Tudo com uma redução de custos positiva, além da possibilidade de a sua gestão focar em como lidar com os próximos meses.

Quer saber mais sobre essa possibilidade? Então, acesse para conhecer a ferramenta que vai alavancar sua empresa rumo à sobrevivência!