Controle de jornada de trabalho: 5 passos para o controle eficiente
21464
post-template-default,single,single-post,postid-21464,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

Quer fazer um controle de jornada de trabalho efetivo? Confira os passos necessários

como fazer um controle de jornada de trabalho eficiente

O controle de jornada de trabalho pode parecer simples, quando as pessoas possuem um horário fixo e todos saem na hora em que a empresa fecha. Contudo, há muitas profissões que atuam em escalas, plantões e, muita vezes, precisam até fazer hora extra.

Dessa forma, para obter um controle de jornada de trabalho eficiente, é preciso ter alguns cuidados na hora de organizar. Sem contar que é necessário sempre levar em consideração os desejos e as reclamações da equipe. 

Confira dicas para melhorar esse processo dentro da sua empresa! 

Dicas para realizar o controle de jornada de trabalho

Alguns tipos de trabalho requerem que os colaboradores atuem por meio de escalas. Quando isso acontece ou quando há alguma inconstância no horário de trabalho da equipe, é preciso ter um cuidado ainda maior com o controle de jornada de trabalho. É necessário seguir a legislação vigente e o contrato estabelecido com o trabalhador. Confira alguns passos importantes!  

Fique atento à carga horária de trabalho

Ao determinar uma escala, confira se as horas de folga estão de acordo com a legislação vigente, bem como se o colaborador terá a folga semanal, quando for o caso. Além disso, repasse para ter a certeza de que todos os plantões têm alguém responsável pelo trabalho. É importante ter cuidados para não deixar “furos” na escala. 

Com o Sispro RH Gestão de Pessoas, você tem uma visão ampla de tudo o que acontece na empresa. Dessa forma, consegue gerir as horas de trabalho de cada colaborador, de forma que a escala atenda às leis trabalhistas. 

Não se esqueça das férias

Quando for fazer uma escala, não se esqueça de que o colaborador também tem férias. Muitas vezes, será necessário remanejar toda a equipe para que as férias possam ser cobertas.

Em casos assim, pode ser interessante até contratar um temporário, para não sobrecarregar a pessoas e estafa-las. Seja como for, é preciso ficar atento para excluir o colaborador, que está em férias, da lista de controle de jornada de trabalho.

Horário de almoço

Quem faz plantão também almoça e isso deve ser levado em conta na hora de realizar o controle de jornada de trabalho. É interessante determinar esse horário com os colaboradores, para que todos consigam parar para se alimentar e o local não fique sem ninguém. Determinar isso pode ajudar a manter a produção eficiente, sem prejudicar o profissional. 

Controle de ponto

Seja qual for a área de atuação, a única forma de comprovar que a empresa está de acordo com a legislação trabalhista é tendo tudo documentado. Um relógio de ponto digital é interessante para acompanhar o controle de jornada de trabalho e documentar. 

Ofereça um local agradável para descanso

Vamos supor que a equipe trabalhar em plantões 12 x 36 horas, para que o estabelecimento possa funcionar 24 horas por dia. Seja para descansar ou até para evitar lesões, vez ou outra os colaboradores precisarão parar.

Assim, além de ficar atento ao controle de jornada de trabalho, é preciso lembrar também que o profissional precisa ter um ambiente para descansar e se alimentar. Ofereça um espaço com mesa e micro-ondas, para que a equipe aqueça o alimento. Além disso, coloque um sofá confortável para que a pessoa relaxe nos minutos que possui de descanso. Isso também ajuda a aumentar a produtividade. Por falar nisso, como você trabalha para ter uma equipe mais produtiva? Confira dicas!