Software para RH: como mitigar os riscos de processos trabalhistas
23293
post-template-default,single,single-post,postid-23293,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-6.9.0,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-23911
 
Blog

Como mitigar os riscos de processos trabalhistas na pandemia com o software para RH

como o software para RH reduz processos trabalhistas

Não é novidade nenhuma que a pandemia impôs um ritmo diferente à atuação das empresas, mas isso tem levantado um sinal de alerta, pois cada dia mais o número de processos trabalhistas cresce, e a saída pode estar no software para RH.

Esse é o momento de buscar maneiras de mitigar os riscos de processos, pois a economia já está fragilizada, não abrindo margem para gastos evitáveis.

Então, neste conteúdo abordaremos um pouco mais sobre esse cenário preocupante para as empresas, como você pode amortecer as ameaças e mais, como o sistema para gestão de RH é o protagonista da retomada pós-crise. Acompanhe!

Entendendo a relação entre a pandemia, processos trabalhistas e software para RH

Você sabia que existe um site chamado “Termômetro Covid-19 na Justiça do Trabalho”, que faz a medição atualizada do número de processos trabalhistas por estado?

O site, que é fruto da parceria entre Finted (laboratório de pesquisas), Data Lawyer (startup jurídica) e Conjur (site especializado em Direito e Justiça), monitora de perto os impactos trazidos pela pandemia às empresas.

Então, aqui você identifica todos os processos que têm relação direta ou indireta com a Covid-19 e que levaram trabalhadores à justiça a requerer seus direitos.

Desse modo, o país dispõe de um acumulado de mais de 120 mil casos que têm algum tipo de relação com a pandemia.

Em números, estima-se que os processos devam estar batendo incríveis R$8 bilhões.

Além disso, as causas relacionadas à pandemia ultrapassam 20 mil casos do total de 120 mil.

Na realidade, esse cenário inflamado de causas tem ligação direta com o despreparo das empresas em atender as demandas, por exemplo, do Home Office.

Entre as causas mais comuns temos as falhas na marcação da jornada de trabalho.

No acompanhamento das possíveis horas extras, em bancos de horas robustos e mal geridos, na falta de estrutura para os colaboradores atuarem, enfim, as causas são vastas e pegou todos desprevenidos.

Quais motivos induzem às ações trabalhistas em peso?

Sabia que após a Reforma Trabalhista em 2017, o número de ações despencou consideravelmente nos últimos anos?

Há de se considerar que as empresas não estão sujeitas apenas às oscilações econômicas.

Mas também aos efeitos das decisões públicas, como fechamento temporário do comércio, suspensão de cronogramas de obrigações, entre outras.

Portanto, o grande motivo para o aumento desproporcional das ações trabalhistas em decorrência da pandemia, se dá na falta de tempo hábil ou margem para que as empresas consigam quitar, por exemplo, valores rescisórios de quebra de contrato de trabalho.

Todavia, há certa discussão quando o tema é apontar um culpado específico para isso.

Afinal, o elemento causador é a pandemia, que enfraquece a economia e todo o restante vem como uma bola de neve.

Veja abaixo outros 3 pontos a serem responsabilizados pelo aumento:

1.     Alta complexidade burocrática de adequação aos novos moldes de trabalho, como horas reduzidas e trabalho remoto.

2.     Cenário sensível, no qual muitos trabalhadores ficaram sem seus empregos, o que impacta nas relações de trabalho;

3.     Direcionamento econômico, visto que houve demissão em massa, ações de falência e absorção de inúmeras MPs (Medidas Provisórias).

Podemos afirmar com autoridade que, organizações que não contavam com um software para RH, certamente tiveram ainda mais trabalho.

Isso porque o sistema traz mais organização, aderência a modelos de trabalhos alternativos, amplo controle descentralizado e tomada de decisão consciente.

Como mitigar os riscos com o software para RH em 2 passos?

1. Controle eficiente de ponto e suas minúcias

O controle de ponto certamente foi um dos principais causadores de ações trabalhistas, mas isso se encerra com o software para ERP na nuvem.

A mobilidade oferecida é capaz de gerar ganhos operacionais e amplo controle sobre o fechamento da folha, das horas extras e direitos resguardados aos colaboradores.

A inserção das informações de ponto e de horas é feita diretamente através do Ponto Mobile. Isso garante assertividade e respaldo jurídico caso algum gargalo surja.

Através da Geolocalização o gestor de RH está seguro de informações registradas, seguras e coerentes.

Além disso, mesmo que não haja conexão à internet o registro é feito e o comprovante enviado, tanto à empresa quanto ao colaborador.

2. Tenha uma folha de pagamento na nuvem

O recurso de folha de pagamento na nuvem é mais uma facilidade do software para RH Cloud.

Auxiliando na marcação automática e irrestrita das horas, o planejamento operacional é beneficiado, principalmente quando chega o momento de realizar a apuração de toda a jornada. Veja as vantagens a seguir:

1.     Viabiliza absorção eficiente dos dados dos colaboradores;

2.     Realiza o cálculo das horas, descontos e faltas de forma eficaz;

3.     Oferece gerenciamento descentralizado, que favorece uma atuação mais dinâmica aos gestores;

4.     Executa o preenchimento automático e inteligente da folha de pagamento na nuvem.

O que você está esperando para reduzir consideravelmente as chances de processos trabalhistas em seu negócio? Você precisa de um software para RH a altura das suas demandas!

Caso tenha dúvidas, procure a SISPRO, teremos o prazer de solucionar quaisquer demandas relacionadas ao seu crescimento.