SISPRO anuncia versão do SISPRO Patrimônio com novas funcionalidades e foco no Bloco G – CIAP do SPED Fiscal - SISPRO
933
post-template-default,single,single-post,postid-933,single-format-audio,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-6.9.0,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-23911
 
Blog

SISPRO anuncia versão do SISPRO Patrimônio com novas funcionalidades e foco no Bloco G – CIAP do SPED Fiscal

Atualização garante às empresas o controle informatizado dos créditos de ICMS sobre o Ativo Imobilizado, segundo as novas regras do SPED Fiscal.

A Sispro acaba de liberar uma nova versão do Sispro Patrimônio com funcionalidades focadas no controle informatizado dos créditos de ICMS sobre o Ativo Imobilizado, totalmente alinhada com as novas regras do Bloco G – CIAP do SPED Fiscal.

Entre as novas funcionalidades está a capacidade da versão em atender as definições do Ato COTEPE ICMS 38/2009, entre elas, a segregação dos valores de ICMS sobre operação própria, frete, substituição tributária e diferencial de alíquota, além da necessidade de armazenamento das informações adicionais da nota fiscal e do controle de componentes e das imobilizações em curso.

O Sispro Patrimônio também pode ser integrado a qualquer sistema fiscal,
de gestão patrimonial ou ERP do mercado. Segundo Maria Regina de Rose, Gerente do Produto Sispro Patrimônio, a nova versão ajudará as empresas que não conhecem ou não aproveitam os benefícios dos créditos de ICMS sobre o ativo imobilizado e não realizam o controle destes créditos através do CIAP.

“Recentemente realizamos uma pesquisa sobre o assunto, com empresas de vários segmentos nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro. Constatamos que um grande número de empresas não conhece ou não aproveita os benefícios do dos créditos de ICMS”, comenta Maria Regina.

“Com a nova versão do Sispro Patrimônio as empresas poderão ter total controle sobre os seus créditos de ICMS do Ativo Imobilizado e, assim, atender às demandas do Bloco G do SPED Fiscal”, explica. “Também percebemos que muitas empresas ainda não possuem software capaz de atender todas as especificidades das novas regras. Com esta versão que estamos lançando as empresas poderão dar um passo à frente em sua gestão de patrimônio e acompanhar perfeitamente o que estabelece o SPED Fiscal. Esta nova versão também contempla as normas de contabilidade baseadas no IFRS, além das normativas IN68/1995 e IN86/2001, Portaria INSS/DIREP 42/2003 e o MANAD/2006”, acrescenta.

O Sispro Patrimônio, além das funcionalidades citadas por Maria Regina, também inclui o controle dos bens com créditos do PIS/PASEP e da Cofins. A partir do armazenamento dos valores destas contribuições, informados na aquisição dos bens, o Sispro Patrimônio efetua o cálculo dos créditos, sua contabilização e ainda emite relatórios gerenciais para acompanhamento da evolução destes créditos.
O Sispro Patrimônio também pode ser integrado com qualquer outro sistema de levantamento físico, independentemente do coletor de código de barras utilizado e do prestador de serviço contratado. O software realiza a conciliação automática do inventário, propiciando agilidade na conferência e nos acertos.
Com o Sispro Patrimônio também é possível efetuar o cálculo de depreciação com base na vida útil estimada para os bens, considerando seu valor residual de acordo com as normas IFRS.

Para as empresas multinacionais com atuação no Brasil, o Sispro Patrimônio oferece inúmeras outras funcionalidades, em particular a capacidade de auxiliar no abastecimento da matriz com informações gerenciais confiáveis e de acordo com a legislação e a moeda do país sede e de acordo com o exercício contábil local.

“Estamos confiantes que a liberação da versão, juntamente com a nossa equipe de consultores, irá suprir as expectativas de todas as empresas que necessitam acompanhar as novas mudanças promovidas pelo Fisco e também pelo IFRS. Nossa solução possui 35% do mercado, posicionado na liderança, justamente por sua capacidade de atender às demandas de gestão de patrimônio das empresas”, acrescenta o diretor de Marketing da Sispro – Serviços e Tecnologia para a Administração e Finanças, Lourival Vieira.



 
Blog

Sispro anuncia versão do Sispro Patrimônio com novas funcionalidades e foco no Bloco G – CIAP do SPED Fiscal

Atualização garante às empresas o controle informatizado dos créditos de ICMS sobre o Ativo Imobilizado, segundo as novas regras do SPED Fiscal.

A Sispro acaba de liberar uma nova versão do Sispro Patrimônio com funcionalidades focadas no controle informatizado dos créditos de ICMS sobre o Ativo Imobilizado, totalmente alinhada com as novas regras do Bloco G – CIAP do SPED Fiscal.

Entre as novas funcionalidades está a capacidade da versão em atender as definições do Ato COTEPE ICMS 38/2009, entre elas, a segregação dos valores de ICMS sobre operação própria, frete, substituição tributária e diferencial de alíquota, além da necessidade de armazenamento das informações adicionais da nota fiscal e do controle de componentes e das imobilizações em curso.

O Sispro Patrimônio também pode ser integrado a qualquer sistema fiscal,
de gestão patrimonial ou ERP do mercado. Segundo Maria Regina de Rose, Gerente do Produto Sispro Patrimônio, a nova versão ajudará as empresas que não conhecem ou não aproveitam os benefícios dos créditos de ICMS sobre o ativo imobilizado e não realizam o controle destes créditos através do CIAP.

“Recentemente realizamos uma pesquisa sobre o assunto, com empresas de vários segmentos nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro. Constatamos que um grande número de empresas não conhece ou não aproveita os benefícios do dos créditos de ICMS”, comenta Maria Regina.

“Com a nova versão do Sispro Patrimônio as empresas poderão ter total controle sobre os seus créditos de ICMS do Ativo Imobilizado e, assim, atender às demandas do Bloco G do SPED Fiscal”, explica. “Também percebemos que muitas empresas ainda não possuem software capaz de atender todas as especificidades das novas regras. Com esta versão que estamos lançando as empresas poderão dar um passo à frente em sua gestão de patrimônio e acompanhar perfeitamente o que estabelece o SPED Fiscal. Esta nova versão também contempla as normas de contabilidade baseadas no IFRS, além das normativas IN68/1995 e IN86/2001, Portaria INSS/DIREP 42/2003 e o MANAD/2006”, acrescenta.

O Sispro Patrimônio, além das funcionalidades citadas por Maria Regina, também inclui o controle dos bens com créditos do PIS/PASEP e da Cofins. A partir do armazenamento dos valores destas contribuições, informados na aquisição dos bens, o Sispro Patrimônio efetua o cálculo dos créditos, sua contabilização e ainda emite relatórios gerenciais para acompanhamento da evolução destes créditos.
O Sispro Patrimônio também pode ser integrado com qualquer outro sistema de levantamento físico, independentemente do coletor de código de barras utilizado e do prestador de serviço contratado. O software realiza a conciliação automática do inventário, propiciando agilidade na conferência e nos acertos.
Com o Sispro Patrimônio também é possível efetuar o cálculo de depreciação com base na vida útil estimada para os bens, considerando seu valor residual de acordo com as normas IFRS.

Para as empresas multinacionais com atuação no Brasil, o Sispro Patrimônio oferece inúmeras outras funcionalidades, em particular a capacidade de auxiliar no abastecimento da matriz com informações gerenciais confiáveis e de acordo com a legislação e a moeda do país sede e de acordo com o exercício contábil local.

“Estamos confiantes que a liberação da versão, juntamente com a nossa equipe de consultores, irá suprir as expectativas de todas as empresas que necessitam acompanhar as novas mudanças promovidas pelo Fisco e também pelo IFRS. Nossa solução possui 35% do mercado, posicionado na liderança, justamente por sua capacidade de atender às demandas de gestão de patrimônio das empresas”, acrescenta o diretor de Marketing da Sispro – Serviços e Tecnologia para a Administração e Finanças, Lourival Vieira.



 
Blog

Sispro anuncia versão do Sispro Patrimônio com novas funcionalidades e foco no Bloco G – CIAP do SPED Fiscal

Atualização garante às empresas o controle informatizado dos créditos de ICMS sobre o Ativo Imobilizado, segundo as novas regras do SPED Fiscal.

A Sispro acaba de liberar uma nova versão do Sispro Patrimônio com funcionalidades focadas no controle informatizado dos créditos de ICMS sobre o Ativo Imobilizado, totalmente alinhada com as novas regras do Bloco G – CIAP do SPED Fiscal.

Entre as novas funcionalidades está a capacidade da versão em atender as definições do Ato COTEPE ICMS 38/2009, entre elas, a segregação dos valores de ICMS sobre operação própria, frete, substituição tributária e diferencial de alíquota, além da necessidade de armazenamento das informações adicionais da nota fiscal e do controle de componentes e das imobilizações em curso.

O Sispro Patrimônio também pode ser integrado a qualquer sistema fiscal,
de gestão patrimonial ou ERP do mercado. Segundo Maria Regina de Rose, Gerente do Produto Sispro Patrimônio, a nova versão ajudará as empresas que não conhecem ou não aproveitam os benefícios dos créditos de ICMS sobre o ativo imobilizado e não realizam o controle destes créditos através do CIAP.

“Recentemente realizamos uma pesquisa sobre o assunto, com empresas de vários segmentos nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro. Constatamos que um grande número de empresas não conhece ou não aproveita os benefícios do dos créditos de ICMS”, comenta Maria Regina.

“Com a nova versão do Sispro Patrimônio as empresas poderão ter total controle sobre os seus créditos de ICMS do Ativo Imobilizado e, assim, atender às demandas do Bloco G do SPED Fiscal”, explica. “Também percebemos que muitas empresas ainda não possuem software capaz de atender todas as especificidades das novas regras. Com esta versão que estamos lançando as empresas poderão dar um passo à frente em sua gestão de patrimônio e acompanhar perfeitamente o que estabelece o SPED Fiscal. Esta nova versão também contempla as normas de contabilidade baseadas no IFRS, além das normativas IN68/1995 e IN86/2001, Portaria INSS/DIREP 42/2003 e o MANAD/2006”, acrescenta.

O Sispro Patrimônio, além das funcionalidades citadas por Maria Regina, também inclui o controle dos bens com créditos do PIS/PASEP e da Cofins. A partir do armazenamento dos valores destas contribuições, informados na aquisição dos bens, o Sispro Patrimônio efetua o cálculo dos créditos, sua contabilização e ainda emite relatórios gerenciais para acompanhamento da evolução destes créditos.
O Sispro Patrimônio também pode ser integrado com qualquer outro sistema de levantamento físico, independentemente do coletor de código de barras utilizado e do prestador de serviço contratado. O software realiza a conciliação automática do inventário, propiciando agilidade na conferência e nos acertos.
Com o Sispro Patrimônio também é possível efetuar o cálculo de depreciação com base na vida útil estimada para os bens, considerando seu valor residual de acordo com as normas IFRS.

Para as empresas multinacionais com atuação no Brasil, o Sispro Patrimônio oferece inúmeras outras funcionalidades, em particular a capacidade de auxiliar no abastecimento da matriz com informações gerenciais confiáveis e de acordo com a legislação e a moeda do país sede e de acordo com o exercício contábil local.

“Estamos confiantes que a liberação da versão, juntamente com a nossa equipe de consultores, irá suprir as expectativas de todas as empresas que necessitam acompanhar as novas mudanças promovidas pelo Fisco e também pelo IFRS. Nossa solução possui 35% do mercado, posicionado na liderança, justamente por sua capacidade de atender às demandas de gestão de patrimônio das empresas”, acrescenta o diretor de Marketing da Sispro – Serviços e Tecnologia para a Administração e Finanças, Lourival Vieira.