SEFAZ AL divulga valores para devolução do ICMS - SISPRO
5493
post-template-default,single,single-post,postid-5493,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-6.9.0,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-23911
 
Blog

SEFAZ AL divulga valores para devolução do ICMS

 A Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) de Alagoas divulgou, nesta terça-feira (4), os novos valores a serem utilizados como base para o cálculo da devolução do ICMS pago por empresas moageiras. Os números, publicados no Diário Oficial, são relativos aos meses de julho e agosto e valem para operações realizadas com farinha de trigo e mistura de farinha de trigo. De acordo com a portaria do órgão, as cifras utilizadas para calcular o benefício são R$ 0,249540 (mês 07/2011) e R$ 0,234180 (mês 08/2011) para as operações internas e R$ 0,175414 e R$ 0,160568, respectivamente, para as interestaduais.

Em ambos os casos, do valor a ser restituído deve levar em consideração a quantidade de quilogramas dos dois produtos industrializados. A restituição será efetuada mediante emissão de nota fiscal de transferência de crédito indicando como destinatário a empresa moageira. A concessão, no entanto, é válida apenas enquanto o estabelecimento industrial estiver impossibilitado de utilizar outros estímulos oferecidos pelo Programa de Desenvolvimento Integrado do Estado de Alagoas (Prodesin).

O benefício é regulamentado pela Instrução Normativa SEF nº 20/2010, que estabelece as regras para devolução do ICMS às indústrias alagoanas incentivadas que adquirirem mercadorias derivadas do trigo. Pelas normas, elas estão autorizadas a receber de volta até 57,98% do imposto retido e efetivamente recolhido a título de substituição tributária.

Os detalhes da Portaria da Superintendência da Receita Estadual (SRE) nº 055/2011 podem ser conferidos na página 4 do Diário Oficial desta terça-feira ou, ainda, no site da Fazenda (www.sefaz.al.gov.br), por meio do sistema de Tributação Online (TOL) – acessado na parte superior da página.

Para mais informações, basta entrar em contato com a Sefaz pelo número 0800-284-1060.

Agência Alagoas

Fonte: O Jornal Alagoas – 4/10/11