Rio de Janeiro abriga maior evento de Propriedade Intelectual da América do Sul com presença recorde - SISPRO
5465
post-template-default,single,single-post,postid-5465,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-6.9.0,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-23911
 
Blog

Rio de Janeiro abriga maior evento de Propriedade Intelectual da América do Sul com presença recorde

Associação Brasileira de Propriedade Intelectual (ABPI) comemora 50 anos e discute novo modelo de negócios na era digital e na revolução tecnológica

“A Propriedade Intelectual e a Sociedade do Conhecimento na nova Economia” será o tema central do XXXIII Congresso Internacional da Propriedade Intelectual. Os debates estarão voltados para o novo modelo de negócios da era digital e na geração de valor provocada pela revolução tecnológica.

Ao longo de dois dias, entrarão em discussão questões relacionadas à proteção às marcas em grandes eventos como Copa do Mundo e Jogos Olímpicos e temas polêmicos como os critérios de patenteabilidade para produtos biológicos e a legislação relacionada à transferência de tecnologia.

Promovido pela Associação Brasileira de Propriedade Intelectual (ABPI), que comemora 50 anos em 2013, o congresso será realizado no Windsor Barra Hotel, no Rio de Janeiro entre os dias 19 e 20 de agosto. É o maior evento do setor da América do Sul. Esse ano, são esperados cerca de mil participantes dos quais 25% de estrangeiros.

O presidente da ABPI, Luiz Henrique do Amaral, destaca a abordagem ampla relacionada à geração de conhecimento e inovação. “A propriedade intelectual permite transformar a inovação em ativo, gerar negócio e benefício concreto para as empresas e o país”, afirma. O Congresso apresentará as tendências e analisará as dificuldades do setor. “Queremos apresentar alternativas concretas, que possam ser implementadas rapidamente”.

Os painéis tratarão ainda da importância das indicações geográficas, inclusive para a competitividade no mercado internacional, os desafios de construção de novas marcas e as embalagens genéricas. Entram nos debates também temas relacionados à proteção intelectual na distribuição de obras audiovisuais no mercado online e relacionados às matérias jornalísticas online.

A consolidação da liderança regional do Brasil como principal escritório de Propriedade Intelectual na América do Sul será debatida em um dos painéis que terá a presença do presidente do INPI, Jorge Ávila. Em sua palestra, Ávila mostrará os esforços do Brasil no aperfeiçoamento dos processos de registro de patentes e mostrará a experiência de cooperação entre países. Participam também entidades internacionais da propriedade intelectual como a World Intellectual Property Organization (WIPO) e a International Association for the Protection of Intellectual Property – AIPPI.

A sessão inaugural do Congresso terá a presença do ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), que falará sobre a tutela judicial da Propriedade Intelectual e os aspectos relacionados à legislação, segurança jurídica, marco regulatório e especialização do judiciário.

Os painéis contarão com a participação os maiores especialistas nacionais e estrangeiros e de representantes de empresas multinacionais. Estarão presentes representantes da General Electric, Almap BBDO, TV Globo, Natura, Unilever, Vale do Rio Doce, entre outros.

Também participarão dos debates o Chefe da Divisão de Propriedade Intelectual do Itamaraty, Kenneth da Nóbrega e Alfred Boll, do Departamento de Estado dos Estados Unidos.

Programação completa e inscrições no site da ABPI: www.abpi.org.br. 16/08/13