Prestadora de serviço: saiba como calcular lucro
24384
post-template-default,single,single-post,postid-24384,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-6.9.0,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-23911
 
Blog

Prestadora de serviço: saiba como calcular o lucro de cada uma das suas operações

prestadora-de-servico

Se você trabalha em uma empresa que é prestadora de serviço precisa saber sobre os cálculos que envolvem o lucro de cada uma das operações realizadas pela organização. No momento em que um empreendedor decide abrir um negócio inicia-se uma jornada para que seus esforços e o desenvolvimento do seu negócio cresçam. Mas ainda não existem empresas que não sofreram dificuldades quando o assunto é a administração do novo negócio. E se fossemos te dar uma dica sobre quais pontos merecem atenção, provavelmente falaríamos sobre o cálculo do lucro. 

Para ajudar a sua empresa, desenvolvemos um passo a passo para que você consiga saber qual a margem de lucro de uma empresa de prestação de serviços e você pode conferir logo abaixo!

Passo a passo para calcular o lucro da sua empresa

De uma forma bastante resumida, o lucro nada mais é do que o valor total resultante das suas vendas, tirando os custos de produção e operação da empresa. Portanto, para compreender o lucro é necessário conhecer algumas características do negócio, que são: custo por serviços, despesas fixas, cálculo do lucro geral, margem de lucro e preço final de venda. 

Todas as características ditas acima influenciam diretamente no cálculo do lucro da empresa e são de grande importância quando o assunto é conhecer o seu próprio empreendimento. Sendo assim, acompanhe abaixo o passo a passo para a realização desse cálculo. 

1º passo: Calcule o seu custo por serviços

Para realizar o cálculo dos custos de cada um dos serviços oferecidos pela sua empresa, basta mensurar tudo que envolve sua produção, ou seja: materiais, horas trabalhadas, mão de obra, transporte de suprimentos e outros. 

O cálculo realizado para saber o valor da hora trabalhada é feito pela soma da remuneração com os encargos sociais. Após isso é necessário dividir a quantidade de horas trabalhadas em um mês, o que no Brasil dá em média 160 horas por mês. 

Você deve usar a seguinte fórmula: 

Custo da hora trabalhada = (valor da remuneração + encargos sociais) / 160 horas

Por exemplo: Um colaborador recebe uma remuneração mensal de R$ 2.000 e os impostos ficam no valor de R$ 800. O custo da hora de trabalho desse colaborador seria: custo da hora trabalhada = (2000 + 800) / 160 = R$ 17,50.

Já os custos dos materiais destinados para a produção são calculados pela soma do preço de todos os materiais usados para a realização do serviço em si. Então, a fórmula do custo individual de cada serviço seria: 

Custo individual = custo da mão de obra + custo do material

O cálculo ficaria da seguinte maneira: 1h de serviço com R$ 40 reais de material. O custo individual seria = 17,50 + 40 = R$ 57,50.

2º passo: Saiba quais são suas despesas fixas

As despesas fixas de um negócio são aquelas que não mudam independente do que foi produzido ou vendido. Por exemplo: Energia elétrica, aluguel, água, internet, colaboradores e outros. 

Para alcançar o resultado desse cálculo basta somar tudo e você encontrará o custo fixo mensal da sua empresa.

3º passo: Calcule o lucro geral da sua empresa

O resultado desse cálculo é encontrado a partir da diferença entre faturamento e os custos da empresa. A fórmula utilizada é a seguinte: 

Lucro bruto = receita total – custos

Por exemplo: A sua empresa tem o custo mensal de R$ 3 mil e o faturamento de R$ 7 mil. O resultado ficaria: Lucro bruto = 7000 – 3000 = R$ 4 mil.

4º passo: Calcule sua margem de lucro

A margem de lucro é diferente do lucro, esse cálculo mede a porcentagem de lucro que o seu negócio teve em relação com as suas receitas. A fórmula é:

Margem de lucro = (lucro / receitas) x 100

Por exemplo: margem de lucro = (3000 / 5000) x 100 = 60, logo a margem de lucro seria de 60%.

5º passo: Calcule o preço final da sua venda

Para definir o preço da venda de cada um dos serviços oferecidos pela sua empresa é preciso levar em consideração dois indicadores: Custo do serviço e markup (seriam os gastos que não estão inclusos no custo, como os impostos e despesas administrativas). A fórmula seria:

Preço de venda = custo + markup

Aplicada a fórmula ficaria da seguinte maneira: Usamos os números dos passos anteriores e consideremos R$ 7 em tributos. Preço de venda = 17,50 + 57,50 + 7 = R$ 82. 

A SISPRO pode auxiliar a sua empresa!

Com a solução SISPRO ERP Cloud a sua empresa consegue estimular as melhores práticas financeiras! A automatização dos processos pode transformar a sua empresa prestadora de serviço, isso acontece porque as etapas deixam de ser manuais e as equipes direcionam seus esforços a demandas mais importantes. Levando em consideração também que, a automatização dos processos evita os retrabalhos, pois as operações são realizadas por um sistema e evita também a inserção de dados errados no sistema. 

Dessa forma, com a automatização desses processos sua empresa consegue atrair novos clientes de maneira otimizada. 

E aí, ficou curioso? Quer saber mais características sobre nossa solução SISPRO ERP Cloud? Clique aqui, saiba mais e, se tiver interesse, peça uma demonstração do nosso produto, nossos consultores estão a postos para lhe atender!