Passo a passo para criar um plano de cargos e salários
24296
post-template-default,single,single-post,postid-24296,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-6.9.0,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-23911
 
Blog

Como criar um plano de cargos e salários para a sua empresa

plano-de-cargos-e-salarios

Na sua empresa existe um plano de cargos e salários? Se a resposta for não, agora é a hora de você entender tudo sobre esse assunto e, finalmente, aplicar no seu negócio. O plano de cargos e salários trata-se de uma decisão importante para o bom funcionamento do seu negócio, mas para isso é preciso ter conhecimentos específicos para criar uma organização correta. 

Geralmente, o departamento de RH é sempre o responsável pela produção do plano. Com a elaboração do projeto surge uma oportunidade de promover melhorias para os processos de seleção de novos talentos e, consequentemente, para ofertar novas oportunidades de crescimento para os colaboradores que já estão na empresa, para assim fidelizar essas pessoas. 

A seguir vamos mencionar alguns pontos importantes para a criação de um plano de cargos e salários, além de apresentar um passo a passo de como desenvolver um plano eficiente para sua empresa. 

Saiba quais são os benefícios em ter um plano de cargos e salários

Confira abaixo algumas das vantagens em criar um plano de cargos e salários para sua empresa. 

1 – Hierarquia

A parte de organização da hierarquia dentro de uma empresa está ligada as funções que os colaboradores que os colaboradores têm e que precisam ser instituídos ou atualizados desde o início do projeto. Essas informações darão base aos gestores e seus liderados quanto a função de cada um dentro da organização estabelecida. Desta forma os gestores irão conhecer as funções desempenhadas pela sua equipe que, consequentemente, saberá de suas responsabilidades e tarefas para desempenhá-las da melhor forma. 

Já a área de RH, por meio dessa organização, consegue interferir naquilo que se refere aos pontos de sua responsabilidade como, por exemplo: seleção, recrutamento, entrevistas, entre outras.

2 – Crescimento profissional

Quando o negócio tem um plano de carreira bem estruturado, os colaboradores têm interesse em ascender profissionalmente. Isso acontece porque eles passam a enxergar uma oportunidade de crescimento, sabendo que o quanto mais se esforçarem, maiores serão as chances de uma promoção de cargo. 

O plano de cargos e salários está diretamente ligado a pontos como motivação, produtividade e desempenho. Dessa forma, os colaboradores, gestores e outros envolvidos podem planejar suas carreiras com bastante ardor e com foco no gerenciamento, para que possam sempre se atualizar e alcançar as metas já definidas.  

3 – Equilíbrio interno

Criar um bom plano de cargos e salários é uma das formas mais utilizadas para manter o equilíbrio interno de uma empresa e, assim, garantir para os colaboradores o seu devido reconhecimento. Com o documento é possível definir as estratégias relacionadas ao assunto de forma otimizada, com base nas competências de cada uma das equipes e verificando se os salários pagos são compatíveis com as demandas de cada função, seguindo os padrões do mercado empresarial. 

4 – Transparência

Para os colaboradores, o planejamento de cargos e salários pode ser considerado como uma prova de que a organização está trabalhando todos os dias para ser justa e transparente com todas as partes, tanto em relação as oportunidades de crescimento profissional, como motivador para alavancar na carreira. Assim, a empresa se mantém de acordo com as tendências do mercado de trabalho e, consequentemente, melhora o seu índice de retenção de talentos. 

5 – Retenção de talentos

Uma organização que incentiva o desenvolvimento pessoal e profissional de uma pessoa, influencia diretamente na retenção de talentos. Normalmente os colaboradores possuem uma vontade de ficar anos dentro de uma organização, para quem sabe deixar legados, mas também como um tipo de segurança profissional. 

A baixa taxa de substituição de colaboradores favorece a criação de projetos com prazo mais estendido, além de também reduzir os custos envolvidos nos processos de seleção de novos talentos, pois agora existe uma boa gestão do processo.

6 – Redução de processos trabalhistas

Com um plano de cargos e salários bem estruturado, as empresas conseguem evitar as ações trabalhistas que possam vir a sofrer. A partir do plano, as empresas passam a adotar regras e critérios bem estabelecidos e, como resolução, forma-se uma base bem mais consistente e eficiente para poderem se defender de situações que envolvam processos trabalhistas.

Plano de carreira x Plano de cargos e salários

As pessoas ainda confundem o significado dos dois termos, abaixo te apresentamos as características de cada um deles, confira. 

Plano de carreira

Resumidamente, plano de carreira é como um programa que tem como objetivo estimular o crescimento de cada colaborador através da promoção de cargos. É uma espécie de plano que muitas empresas fazem para estipular o caminho que cada um dos colaboradores irá percorrer dentro da organização. O plano determina as capacidades fundamentais para cada uma das posições hierárquicas e define também a expectativa da organização em relação àquele cargo. 

O plano de carreira é desenvolvido para fidelizar e reter talentos profissionais, porém, em outro aspecto ele visa proporcionar ao colaborador um desenvolvimento profissional a cada dia que passa. Com o plano bem definido, o colaborador pode saber quais etapas irá passar para avançar na hierarquia da empresa e quanto tempo ficará em cada uma das vagas. 

Plano de cargos e salários

Como já dito na introdução do texto, o plano de cargos e salários tem um objetivo mais técnico do que o plano de carreira. O plano funciona como um manual, pois estabelece os cargos e suas funções, junto com suas definições e as competências adequadas para desempenho e as faixas salariais pré-estabelecidas.

Mas apesar das características serem diferentes ambos os planos se complementam e, assim, criam possibilidades para que os colaboradores possam se desenvolver dentro das empresas. Com base nos dois planos, os gestores conseguem analisar as competências dos colaboradores e identificar se os profissionais estão aptos a assumirem as exigências dos cargos. 

Mas ainda em prol de auxiliar sua empresa na elaboração, desenvolvemos 6 passos para você criar e implementar o plano de cargos e salários abaixo. Confira!

6 passos para estruturar o plano de cargos e salários na sua empresa

Saiba abaixo quais são os 6 passos para você estruturar um novo plano de cargos e salários na sua empresa de maneira fácil e eficiente. 

1 – Liste os cargos

O primeiro passo é sempre fazer um levantamento de todas as funções que existem na organização. É importante que todos os cargos estejam especificados inclusive com todas as suas responsabilidades descritas. 

Esse levantamento deve ser realizado pela área de Recursos Humanos juntamente com os gestores de cada uma das áreas ou até mesmo por meio de pesquisas encaminhadas para os colaboradores para eles mesmos responderem quais os seus cargos dentro da organização. Essas duas formas são as mais fáceis para conseguir alinhar e levantar todas as funções sem que nenhuma fique de fora. 

2 – Qualificação e classificação dos cargos

Também pode ser preciso desenvolver um fluxo da escala hierárquica dos cargos, começando pelos cargos mais altos, como os cargos de liderança e gestão ou iniciar pelos colaboradores com cargos de liderados. 

Essa classificação auxilia na definição dos salários e também evita eventuais erros e mal entendidos sobre quem é o responsável por certas funções designadas há um cargo específico. 

3 – Definição das remunerações salariais

Também será fundamental realizar o levantamento de todas as remunerações salariais de cada um dos cargos. Essa tarefa é importante para conseguir organizar quais os valores dos salários de cada colaborador, com o intuito de manter uma equidade salarial de acordo com as atividades desenvolvidas por cada um dos profissionais. 

Nessa etapa a pesquisa de mercado vem muito a calhar, pois além de encontrar a média de horas trabalhadas pelos colaboradores e suas responsabilidades, a pesquisa servirá para dar uma noção de como estão os valores para determinadas funções no mercado empresarial e saber se sua empresa está na média. Normalmente, as empresas que oferecem salários abaixo do valor de mercado tendem a não reter os seus talentos.  

4 – Tipos de planos de carreira

É importante a sua empresa também ter definida o tipo de plano de carreira que desenvolverá para os colaboradores. Existem dois planos de carreira muito utilizados dentro das organizações, são eles: Plano de Carreira em Y e Plano de Carreira em W. 

Os planos de carreiras, geralmente, são realizados com base nos cargos determinados pelas organizações e, cada um deles, tem como proposta principal incentivar a evolução e o conhecimento dos profissionais, porém os objetivos são diferentes. 

O Plano de Carreira em Y tem como objetivo que a partir de um cargo o colaborador chegue a uma bifurcação, que significa que, de um lado está a carreira de especialista e do outro a carreira de gestor, por isso a escolha deve ser bem pensada. Nesse tipo de plano é comum que a própria organização incentive o aprendizado de novos conhecimentos, seja qual for a vaga escolhida pelo colaborador.

Já o Plano de Carreira em W oferece três caminhos ao profissional, o de especialista, o de gestor e um que mistura os dois caminhos anteriores. Nesse plano de carreira o colaborador terá um perfil mais abrangente, sendo responsável por feedbacks mais pontuais e por vezes técnico, atuando como um consultor. 

A utilização de cada um desses planos irá depender também do porte da organização. O segundo plano apresentado acima, por exemplo, ainda é pouco utilizado dentro das grandes corporações, mas aos poucos ambas estão construindo seus espaços. 

5 – Crie uma política de cargos e salários

Com o plano de cargos e salários já bem definido, você pode aplicar os fundamentos nele descritos por meio de uma política de cargos e salários. A política nada mais é do que um conjunto de regras, metodologias e ações que deve servir como um guia para sua empresa na hora de definir novas promoções e remunerações salariais.

6 – Implementação 

É sempre bom definir um cronograma para a implementação de novos processos de trabalho e com o plano de cargos e salários não é diferente. Com um plano de ação é possível determinar o que deve ser feito para implantar tal processo. Porém, existe uma ferramenta para desenvolver esse plano de ação chamada acrônimo 5W2H, que são na verdade seis palavras em inglês que devem ser respondidas no seu plano de ação para implementar os novos processos. Segue abaixo as palavras e suas definições:

What: O que será feito;

Why: Porque será feito;

Where: Onde será feito;

When: Quando será feito;

Who: Por quem será feito;

How: Como será feito;

How much: Quanto irá custar.

Essas perguntas devem ser respondidas levando em consideração os prazos já definidos no plano, os valores e os responsáveis por cada uma das fases de implementação. Mas se a sua empresa precisa de um auxílio mais específico a SISPRO pode ajudar por meio de nossa solução SISPRO Gestão de Pessoas.

A solução SISPRO Gestão de Pessoas é a melhor para o plano de cargos e salários da sua empresa!

A solução SISPRO Gestão de Pessoas otimiza os processos da área de Recursos Humanos por meio de recursos versáteis e flexíveis. De forma integrada e com grande facilidade de uso, a solução pode auxiliar todos os processos fundamentais da área de Recursos Humanos e Gestão de Pessoas da sua empresa, além dela poder ser personalizada para outras demandas que a empresa possa ter.

SISPRO Gestão de Pessoas conta com ferramentas que auxiliam a sua empresa a potencializar os seus talentos. Com nossa solução a sua empresa consegue otimizar processos de Recrutamento e Seleção, Avaliações, Treinamentos e Desenvolvimento, entre outros. 

Nossa solução é flexível, capaz de atender as necessidades da sua empresa, do operacional ao estratégico, facilitando as tomadas de decisões e tornando sua área de Gestão de Pessoas mais estratégica. 

Confira mais detalhes sobre a solução SISPRO Gestão de Pessoas, nossos consultores estão lhe aguardando para iniciar essa nova jornada!

Descentralize seus processos de RH com a nossa solução, otimize seu tempo para focar no que realmente importa: as pessoas!