Planejamento anual: prepare o seu negócio com essas dicas
28532
post-template-default,single,single-post,postid-28532,single-format-standard,ehf-footer,ehf-template-sispro,ehf-stylesheet-sispro-child,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-7.7.2,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-23911
 
Blog

7 dicas para fazer o planejamento anual da sua empresa

planejamento-anual

O planejamento anual é um componente essencial na gestão patrimonial de empresas, posto que desempenha um papel importante para a garantia da sustentabilidade e do crescimento contínuo do negócio. 

Por isso, neste blog post exploraremos o que é o planejamento anual, como executá-lo a partir de sete dicas práticas e, finalmente, como a tecnologia pode ser uma grande aliada da sua empresa nesse processo. Siga a leitura e confira!

O que é planejamento anual da empresa?

 Mais do que um simples exercício de números, a gestão projetiva das metas anuais do negócio é fundamental para a previsibilidade financeira de toda a operação. Nessa lógica, a estruturação das finanças para o ano-calendário trata-se de uma estratégia cuidadosamente elaborada para guiar as ações do negócio e a destinação de recursos. 

Assim, a programação anual se dá como um momento em que gestores e equipes de finanças se reúnem para analisar o desempenho passado, avaliar metas e delinear quais serão os objetivos para o futuro. 

Nessa prática, os indicadores financeiros são extremamente relevantes, uma vez que  fornecem insights valiosos que orientam decisões estratégicas para a saúde financeira da empresa.

 

Como fazer o planejamento anual da sua empresa? Confira 7 dicas para uma programação eficiente:

1. Análise de resultados do ano:

Para iniciar, revise cuidadosamente os resultados do ano anterior. Desse modo, tenha critério ao identificar áreas de sucesso e aquelas que precisam de melhorias, uma vez que isto é o que fornecerá uma base sólida para orientar as próximas etapas do planejamento.

2. Avaliação financeira do negócio:

Seguindo o plano, faça uma avaliação financeira abrangente, ou seja, dedique-se à análise de custos, receitas, margens de lucro e fluxo de caixa. Compreender a situação financeira atual é fundamental para tomar decisões informadas e estratégicas quanto ao futuro do negócio.

3. Definição de metas para o próximo ano:

A partir da análise, estabeleça metas claras e mensuráveis para o próximo ano. Aqui, ressaltamos que tais metas devem ser desafiadoras; mas realistas, de modo a viabilizar, no planejamento anual, resultados consistentes para o crescimento sustentável da empresa.

4. Criar um plano de ação:

Uma vez levantados os dados necessários, desenvolva um planejamento de ações detalhado a fim de alcançar as metas estabelecidas. Assim, inclua no plano a alocação de recursos, definição de responsabilidades e, ainda, um cronograma factível para implementar as iniciativas planejadas.

5. Conheça as tendências do mercado:

Ao longo da execução do planejamento, permaneça atento às tendências do mercado que possam impactar seu setor. Considere que a adaptabilidade é a chave para o crescimento contínuo, e antecipar as mudanças pode conferir à sua empresa uma vantagem competitiva.

6. Defina o orçamento para o próximo ano:

Com base nas metas e no plano de ação, estabeleça um orçamento viável para as atividades que a sua equipe pretende realizar. Lembre-se: o planejamento anual é o que garante o alinhamento dos recursos disponíveis com as metas traçadas.

7. Monitore o desempenho da empresa:

Para potencializar a sua programação anual, implemente sistemas eficientes de monitoramento de desempenho. Atualmente, softwares de gestão proporcionam uma previsibilidade financeira que é alcançada por meio da constante avaliação de dados e sinalização de ajustes conforme a criteriosa análise de resultados.

Como a tecnologia pode assegurar a eficiência do planejamento anual do seu negócio:

Ao implementar soluções tecnológicas, as empresas podem otimizar todo o processo de coleta e centralização de dados para a elaboração do planejamento anual. Essa ação garante praticidade para o agrupamento das informações e, também, assegura números assertivos revisados pelo software. 

Assim, a abordagem integrada facilita a localização rápida de informações e aumenta a eficiência operacional. De modo que, atualmente, a tecnologia não é apenas um facilitador, mas um diferencial estratégico. 

Quer conhecer soluções capazes de impulsionar o sucesso de sua empresa por meio de uma abordagem inteligente e tecnologicamente avançada?

Conheça as facilidades desenvolvidas por um grupo que atende mais de 60 mil pessoas em todo o Brasil!

Implantação de ERP