Olimpíada gera recorde de spam - SISPRO
5208
post-template-default,single,single-post,postid-5208,single-format-standard,ehf-footer,ehf-template-sispro,ehf-stylesheet-sispro-child,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-6.9.0,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-23911
 
Blog

Olimpíada gera recorde de spam

Volume de spam atinge ápice com início dos jogos de Pequim. Para Symantec, evento ajuda a espalhar malware.

A Symantec apresentou relatório sobre envio de spam no mundo apontando que o envio de mensagens não solicitadas voltou a subir no início de agosto. Segundo a empresa de soluções de segurança, mensagens com temas sobre os jogos olímpicos puxam para cima o percentual de lixo em meio ao total de e-mails trocados na web.

Na média, mais da metade dos e-mails disparados é lixo. Para contas corporativas, este índice fica entre 80% e 90% de spam, dependendo do país analisado.

Segundo a Symantec, os jogos servem de pretexto para crackers espalharem malware. A companhia identificou centenas de códigos maliciosos anexados em mensagens que prometem a venda de ingressos para os jogos, notícias sobre recordes e que oferecem links para cassinos onde, supostamente, é possível lucrar apostando em atletas.

A companhia recomenda especial cautela para os usuários que receberem mensagens de contatos desconhecidos com temas sobre os jogos na China.

Fonte: Felipe Zmoginski – Plantão INFO