O que seu cliente procura na Black Friday | SISPRO
14190
post-template-default,single,single-post,postid-14190,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-6.9.0,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-23911
 
Blog

O que seu cliente procura na Black Friday

o-que-seu-cliente-procura-na-black-friday

A Black Friday está chegando e muitos consumidores já preparam os bolsos para aproveitar as condições do evento que é uma tradição em diversos países de língua inglesa, e agora começa a conquistar o Brasil. Descontos únicos em bons produtos é o que o cliente procura durante o evento, que este ano será realizado em 24 de novembro.

Data centenária nos EUA e no Canadá, é marcada como a abertura do varejo para a época natalina, um dia após o feriado de Ação de Graças.

Exportado, o primeiro Black Friday foi realizado por aqui em 2010, somente em lojas online. Foi o suficiente para marcar negativamente o evento perante os consumidores.

Black fraude

Diferente das práticas norte-americanas, em que o varejo realmente se organiza para entregar oportunidades incríveis, no Brasil a Black Friday envolveu – na maioria dos casos – uma série de práticas ruins.

Os preços eram “maquiados” dias antes para no dia do evento terem seu valor “reduzido” pela metade ou mais da metade. Uma TV que sempre custou R$ 2 mil passava a custar R$ 4 mil uma semana antes, e voltava para o mesmo preço.

Por isso, o evento ficou conhecido como “Black Fraude”, com piadas como “tudo pela metade do dobro” e afins.

Nos primeiros anos, parece que grande parte das lojas subestimaram o perfil do consumidor brasileiro, que reconhecidamente pesquisa muito por preços antes de comprar. E como o comprador sabe o valor aproximado daquela TV, a tentativa de alguns varejistas falhou.

Esse tipo de comportamento criou um estigma na Black Friday que até hoje ainda gera dificuldades para a data se estabelecer como um marco comercial.

Apesar disso, as vendas durante a Black Friday crescem sempre a dois dígitos todos os anos no Brasil. Tanto no varejo físico quanto no virtual, em 2016, foram mais de R$ 2 bilhões em vendas, segundo o eBit!

Os números positivos são reflexos das empresas que aprenderam com o erro e perceberam que, além de alardear descontos, o cliente também procura por atendimento, garantia, prazo de entrega (no caso dos e-commerces) e fidelização.

Como preparar o negócio para uma Black Friday de sucesso

Existem algumas ações e providências a serem tomadas para preparar seu negócio para uma Black Friday que vai atender aos anseios dos consumidores.

Ter todos os números do negócio na ponta da língua ou do lápis é imprescindível. Custo do estoque, do produto, margens, todo aquele básico que muito varejista não sabe são diferenciais para realmente oferecer produtos de qualidade com bons descontos durante o evento.

Os grandes players do mercado já entenderam isso e se preparam o ano inteiro para essa data que já começa a rivalizar com o Natal em volume.

O que eles levam em consideração?

  • Estoque
  • Tecnologia
  • Equipe
  • Logística
  • Marketing

Esses fatores são necessários para entregar uma experiência de compra positiva de ponta a ponta.

Desde o pré-venda (com anúncios e avisos) até o momento de aproveitar a aproximação com o cliente para fideliza-lo, precisa considerar esses cinco fatores.

Acredite ou não, ainda são muitas as lojas que esquecem que a Black Friday, mais que uma data de descontos, é um ótimo momento para fidelizar os clientes.

Muitos consumidores às vezes passam quase o ano inteiro sem acessar o e-commerce ou entrar na loja, fazendo isso apenas durante a Black Friday. Mas não se esqueça: ele certamente não parou de comprar, apenas está fazendo isso em outro lugar.

Se além de descontos e oportunidades honestas, seu negócio estiver pronto para oferecer atendimento, garantia, prazo de entrega e fidelização, certamente vai atender às expectativas dos consumidores mais exigentes.

Mas para isso, é preciso investir numa gestão mais assertiva de itens importantes, como o já citado estoque. Por isso, queremos que você conheça quatro dicas para manter o estoque da sua loja em ordem.

Conheça o SISPRO ERPD Cloud Varejo, a solução completa para a sua loja.