Nova pesquisa avaliará as principais preocupações dos gestores de recursos humanos - SISPRO
5136
post-template-default,single,single-post,postid-5136,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-6.9.0,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-23911
 
Blog

Nova pesquisa avaliará as principais preocupações dos gestores de recursos humanos

Redação Administradores

Está sendo elaborada para 2010, uma nova versão da pesquisa que pretende avaliar as principais preocupações dos profissionais de gestão de pessoas em relação ao futuro da atividade. A pesquisa está sendo promovida pela Federação Mundial das Associações de Gestão de Pessoas (WFPMA) em parceria com o Boston Consulting Group (BCG).

Com o título “O futuro global das áreas de Recursos Humanos”, a pesquisa começa a ouvir profissionais do segmento em mais de 80 países, a partir de dezembro, e pela segunda vez seguida, o Brasil vai integrar a análise global.

Em 2008, a principal preocupação de mais de 4 mil profissionais de gestão de pessoas ouvidos na pesquisa dizia respeito à gestão de talentos, uma competência pouco encontrada nas empresas e de elevada importância para o futuro. Segundo o responsável pelo levantamento dos dados no Brasil, Ralph Arcanjo Chelotti, presidente da ABRH-Nacional, a pesquisa tem revelado que as preocupações dos profissionais de gestão de pessoas no país são muito similares ao restante do mundo.

“No Brasil, um dos aspectos mais apontados pelos profissionais de gestão de pessoas diz respeito à busca por um maior equilíbrio entre vida pessoal e trabalho, o que diz respeito à qualidade de vida. Isso significa que as pessoas têm trabalhado muito e dedicado pouco tempo à vida em família. Mas, aqui ainda nos preocupamos muito com o desenvolvimento de lideranças, pois os líderes, de forma geral, ainda estão isolados e decidem por impulso, o que é ruim para os negócios”, assinala Chelotti.

O estudo deve ser apresentado em setembro de 2010.