Valorize sua assertividade - SISPRO
7576
post-template-default,single,single-post,postid-7576,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-6.9.0,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-23911
 
Blog

Valorize sua assertividade

 

Artigo escrito por Patrícia Bispo

A dificuldade do ser humano em se relacionar é um dos fatores que gera problemas tanto no campo pessoal quanto profissional. Hoje, por exemplo, existe uma grande necessidade dos colaboradores desenvolverem uma competência comportamental – a assertividade. Ou seja, é a capacidade que o indivíduo tem em se posicionar diante das pessoas e de situações. Contudo, é preciso tomar cuidado para que as atitudes não sejam consideradas agressivas e culminem em conflitos. Confira algumas características de que é assertivo.

1 – Uma maneira de desenvolver a assertividade é ser um bom ouvinte e realmente entender a mensagem que foi transmitida a você.

2 – Quando apresentar uma ideia, uma proposta a alguém, ir direto ao assunto é uma ótima dica para trabalhar a assertividade. Fazer rodeios para expressar opiniões é perda de tempo e isso pode prejudicar a interação e o diálogo.

3 – A prática do feedback é fundamental para a assertividade. Diante disso, quando for preciso revelar algo que alguém fez que não está dentro daquilo que foi acordado, que o comportamento ou a performance não atendem às expectativas, revele o que pode acontecer se não houver uma mudança naquela situação. Esteja aberto à troca de ideias.

4 – Atenha-se aos fatos, apresente argumentos plausíveis e não apenas diga que “isso ou aquilo deve ser feito, e pronto”.

5 – Estimule as pessoas ao seu redor a adotar procedimentos condizentes aos seus, sem usar de autoritarismo e tampouco ofender aos seus pares. Tentar ser o dono da verdade é perigoso e pode ser o pontapé inicial para conflitos.

6 – Quem é assertivo sempre encontra tempo para pensar e planejar, antes de defender suas ações. Fazer algo no “susto” geralmente resulta em um “tiro pela culatra”.

7 – O estresse que atinge milhares de pessoas é um fator negativo para os que valorizam a assertividade. Por essa razão, quem é assertivo procura descontrair-se, encontrar um meio de aliviar as tensões para que essas não o prejudiquem no dia-a-dia.

8 – O clima organizacional é outro fator que interfere no processo assertivo. Se o ambiente está “pesado”, as pessoas ficam pouco receptivas e isso interfere diretamente as relações entre os diversos níveis hierárquicos.

9 – Para ser assertivo é preciso estar aberto ao constante aprendizado, não ficar na zona do conforto e tampouco fechar-se às inovações.

10 – Se você é assertivo, estimule essa competência entre as demais pessoas que convivem com você, seja no trabalho ou mesmo na vida pessoal. Os reflexos positivos serão sentidos no dia-a-dia.

Fonte: www.rh.com.br