eSocial fica para 2015 - SISPRO
4680
post-template-default,single,single-post,postid-4680,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-6.9.0,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-23911
 
Blog

eSocial fica para 2015

Novo prazo foi definido durante reunião entre o governo e empresários na FENACONrealizada no dia 21 de maio.

Participaram do evento o ministro do Trabalho, Manoel Dias, o Secretário da Receita Federal do Brasil, Carlos Alberto Freitas Barreto, o representante do Ministério da Previdência Social, Carlos Eduardo Gabas, o presidente do Instituto Nacional de Seguridade Social – INSS, Lindolfo Neto de Oliveira Sales e o presidente da FENACON, Mario Elmir Berti.

Ficou definido que o novo sistema será adotado de maneira gradual e só deve ser obrigatório a partir de junho do ano que vem, primeiro para as grandes empresas. Mesmo que o novo prazo ainda não tenha sido finalizado pelo governo, o ministro do Trabalho destacou o novo cronograma para implantação do eSocial:

  1. Após o fechamento do layout, o que deverá durar aproximadamente três meses, o Grupo de Trabalho e o Comitê Gestor terão seis meses para trabalhar a proposta;
  2. Passada esta etapa, haverá mais seis meses para realização de testes;
  3. Ao final deste período, começará a obrigatoriedade para grandes empresas;
  4. O Grupo de Trabalho e o Comitê Gestor estudarão condições diferenciadas para micro e pequenas empresas, dentre as quais, o MEI, micro empreendedor individual.

Espera-se que até junho de 2014 seja anunciado o manual sobre como deverá ser feita a inclusão dos dados no novo sistema.  Também deverá ser criado um ambiente de testes, que deverá ser liberado ainda este ano.

(*) Com informações da FENACOM e O Estado de S. Paulo