Empresas de lucro real devem entregar EFD PIS/COFINS nesta quarta-feira, dia 14 - SISPRO
4619
post-template-default,single,single-post,postid-4619,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-6.9.0,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-23911
 
Blog

Empresas de lucro real devem entregar EFD PIS/COFINS nesta quarta-feira, dia 14

Sispro alerta sobre os cuidados para garantir a integridade e consistência das informações a serem enviadas
 
Após dois adiamentos no ano passado, chega a hora da entrega das informações da EFD-PIS / Cofins (agora denominada EFD Contribuições) para as empresas de lucro real com base nos fatos geradores em 1º de janeiro de 2012: é nesta quarta-feira, dia 14 de março.
 
O adiamento foi comemorado por muitas empresas, mas a Sispro, provedora de sistema de gestão de negócios, não vê motivo para comemoração se as empresas não aproveitarem o novo prazo para garantir a integridade e consistência das informações a serem enviadas. Isto porque esta obrigação acessória atrelada ao SPED vem provocando muitas dúvidas, principalmente em relação às quais informações devem ser consideradas, cruzadas antes de serem enviadas ao Fisco.
 
Lourival Vieira, diretor de Marketing da Sispro, lembra que a EFD Contribuições movimentou as áreas fiscal e de TI para criarem um plano de trabalho para a análise, automação das informações e definição da ferramenta tecnológica para este processo. “As  empresas que mantiveram o ritmo de trabalho agora estão prontas para realizar a entrega dos arquivos do prazo estabelecido.  Apesar das muitas dúvidas que a nova obrigação fiscal provocou nas empresas, o ritmo de trabalho se manteve. Os nossos clientes permaneceram com o foco no plano estabelecido.
 
Mesmo com todo o volume de trabalho que EFD Contribuições está demandando, “afinal são mais de mil campos a serem preenchidos”, ressalta Vieira, a expectativa dos consultores da Sispro é que poucas empresas possam ter algum problema com a entrega ou não cumprir o prazo. “Caso não cumpram o prazo ou os arquivos enviados possuam alguma omissão ou incorreção, as multas serão pesadas”, lembra o executivo.
 
Para as próximas fases da EFD Contribuições, Vieira espera que as empresas ajustem seus planos de trabalho para melhorar o rendimento das tarefas relacionadas à tratamento das informações e geração dos arquivos digitais. “Uma das opções é buscar ajuda de serviços de apoio e de atualização do software a ser utilizado neste processo”.
 
Entre as alternativas, segundo Vieira, está a utilização da infraestrutura de serviços da Sispro, que preparou três opções para aquisição da sua solução EFD Contribuições: instalação nos servidores do cliente, contratação do serviço pela web ou contratação de consultoria da Sispro para auxiliar na geração das informações. Em todos os casos, o sistema trata e concentra a informação analítica base para a apuração dos dados e controle de crédito da contribuição, além de criar o arquivo digital de acordo com as especificações e exigências da Receita Federal.
 
Mais informações: https://www.sispro.com.br – 13/03/2012