CT-e: A partir de junho é vedada a Carta de Correção em papel - SISPRO
4429
post-template-default,single,single-post,postid-4429,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-6.9.0,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-23911
 
Blog

CT-e: A partir de junho é vedada a Carta de Correção em papel

Com a retificação do Ajuste SINIEF 7/2014, publicada no Diário Oficial de hoje (02/04), o uso da Carta de Correção em papel para sanar erros em campos específicos do CT-e fica vedado a partir de 1º de junho de 2014.

O Ajuste SINIEF 7/2014 também determina que o arquivo eletrônico (XML) da Carta de Correção Eletrônica (CC-e), com a respectiva informação do registro do evento, deve ser disponibilizado pelo emitente ao tomador do serviço e estabelece ainda que a administração tributária ou o tomador do serviço poderão solicitar ao transportador as impressões dos Dacte previamente dispensadas. Com a retificação publicada hoje estas disposições também tiveram seu efeito postergado para 1º de junho de 2014.

Fonte: Sispro – 02/03/14