Como preparar seu negócio para promoções sazonais | SISPRO
14233
post-template-default,single,single-post,postid-14233,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-6.9.0,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-23911
 
Blog

Como preparar seu negócio para promoções sazonais

Como preparar seu negócio para promoções sazonais

O varejo precisa se sustentar 365 dias por ano, mas vive principalmente de sazonalidade. E preparar promoções sazonais, para aproveitar o pico de clientes, é o segredo para garantir a receita e o funcionamento do negócio em épocas de vendas mais fracas.

Nos períodos de pico, é preciso sensibilidade do gestor para entender em que é preciso reforçar o negócio. Atendimento, preço, condições de pagamento, estoque, mix de produtos etc.

Quem reflete essa necessidade é o consumidor. Encontrar formas de descobrir esses “sinais”, essas demandas que o cliente nos dá é o que fazem os grandes players do varejo, totalmente focado em dados e comportamento do consumidor.

Cada loja tem situações e sazonalidades específicas. Conhecer e ter controle do volume de vendas do negócio em cada período do ano é uma obrigação e uma condição de sobrevivência de qualquer gestor.

Ainda assim, é bom ressaltar as maiores sazonalidades do varejo atual no Brasil:

  • Natal
  • Dia das Mães
  • Dia das Crianças
  • Sexta-feira preta
  • Dia dos Namorados
  • Dia dos Pais

Um estudo da Serasa Experian sobre a sazonalidade detectou que o mês mais aquecido em vendas é dezembro (óbvio), e o mais fraco é fevereiro (também não surpreende…). Isso é o resultado de um levantamento em que foram avaliados dados de 14 anos do varejo brasileiro!

Porém, para a loja de fantasias ou bebidas, possivelmente fevereiro é um dos meses mais fortes em vendas no ano. Afinal, é o mês do carnaval ou que antecede a folia em alguns dias.

Para a floricultura, março pode ser um mês de bom desempenho, devido ao hábito de presentear com flores no Dia das Mulheres, e por aí vai…

Os principais itens a serem observados para promoções sazonais:

  • Estoque: se não tem produto, não tem promoção. Tenha estoque suficiente para atender ao volume de vendas;
  • Equipe: tenha certeza de garantir um bom atendimento, alinhado à cultura do negócio. Se for preciso, contrate e treine profissionais antecipadamente;
  • Organização: pensar no visual, na experiência e aparência especialmente para as datas;
  • Divulgação: escolha o principal diferencial e divulgue nos meios de comunicação que trazem o melhor custo-benefício (TV, rádio, digital, jornais, revistas etc);
  • Segurança: seja virtual ou físico, o pico de clientes em período de grande movimentação sempre testa as vulnerabilidades do varejo. Investir na segurança dos clientes, do patrimônio e do negócio é imperativo.

O papel da tecnologia nas promoções sazonais

Não é incomum no varejo encontrar lojas com controle mínimo sobre o volume de informações geradas diariamente. Em alguns casos, nem o fluxo de caixa tem o devido acompanhamento!

A tecnologia já oferece uma gama de soluções para o varejista que quer ter mais dados para trabalhar seu negócio e oferecer promoções.

O ERP

A principal delas é o ERP, o software de gestão corporativa, que permite integrar as áreas financeira, logística, suprimentos, estoque, recursos humanos, entre outras.

Com essa integração, uma simples operação de venda se torna muitos dados sólidos sobre a relação do cliente com seu negócio.

Quando o cliente compra, o sistema já dá baixa do produto no estoque, avalia o impacto financeiro no caixa, quem foi o vendedor (para o pagamento de comissões) e o volume de vendas de cada item.

Com esses dados em mãos, empresas como o Amazon foram capazes de revolucionar o varejo, criando novas sazonalidades, como o Prime Day e o Dia dos Solteiros.

Outras tecnologias

Claro, um gigante como o Amazon se vale de outras tecnologias (muitas delas acessíveis), que permitem avaliar com precisão o comportamento do consumidor.

Entre elas, estão:

  • Trackings: “persegue” o cliente para informar quais páginas foram visitadas em um e-commerce;
  • Mapa de calor: em lojas físicas ou virtuais, essa tecnologia é responsável por apontar produtos mais cobiçados e áreas menos frequentadas;
  • Beacons: permite rastrear a posição de cada cliente em loja física por meio de dispositivos móveis sincronizados a um transmissor instalado no ambiente;
  • PDV Mobile: dá ao vendedor a capacidade de abrir e fechar o processo de compra, desde o atendimento até o checkout, por meio de terminais mobile. Saiba mais sobre eles aqui;

Porém, de nada adianta ter as melhores ferramentas sem organizar a casa primeiro. Entenda como o ERP pode ajudar seu negócio a ser mais eficiente.