Categoria Varejo, - Página 3 de 4 - Blog ERP - SISPRO
232
archive,paged,category,category-varejo,category-232,paged-3,category-paged-3,ehf-footer,ehf-template-sispro,ehf-stylesheet-sispro-child,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-7.7.1,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-23911
 

Categoria: Varejo

Varejo / 17.06.2015

Quem já não parou em frente ao guarda-roupa indeciso sobre o que usar em uma festa, em um encontro de amigos? Homem ou mulher, tudo o que usamos, em menor ou maior grau, revela quem somos. E, particularmente no ambiente corporativo, exterioriza os atributos da...

Varejo / 16.06.2015

“Não suma”. Você com certeza já ouviu essa frase bastante hospitaleira. Para o empresário é importante entender como manter os clientes. Aqui temos sete ideias e estratégias: 1. Clientes fiéis custam menos do que clientes novos Estudos mostram que é mais barato trazer um cliente de volta do...

Varejo / 09.06.2015

O Comércio Eletrônico faz 20 anos no Brasil em 2015. O conceito de varejo multicanal talvez tenha idade próxima, já que teve maior relevância com a venda pela Internet, inicialmente pelos grandes varejistas, todos com grande representação no mundo físico.
Varejo / 02.06.2015

Vender em tempos de crise não é como vender em épocas normais. Sim, porque o cliente está inseguro, não sabe o que vem por aí e o dinheiro está curto. Então, como cumprir os objetivos de vendas e assegurar a sobrevivência da empresa em momentos de dificuldade econômica, custos elevados, inflação e dólar em alta?
Varejo / 29.05.2015

Existem maneiras de otimizar o processo de vendas e atingir os resultados desejados de maneira mais objetiva. Não há fórmula mágica, porém na área de vendas diversas variáveis são colocadas em jogo e, dependendo da combinação entre elas, os caminhos para se chegar ao objetivo final - que é concretizar o negócio - podem ser vários.
Varejo / 01.12.2014

As gerações Y, Z e o mercado de trabalho Há pouco tempo fui convidado para fazer uma palestra sobre o mercado de trabalho, e sobre como as empresas estão administrando suas relações com as gerações Y e Z, e me debrucei a estudar melhor o tema. Ao preparar o material, percebi que existe não só um grande dilema por parte dos gestores de RH, mas também dos próprios jovens que estão ingressando no mercado de trabalho. Em meio a esse processo, encontramos os geração Y; os nascidos entre 1980 e 1997. Muitos desses jovens são parte analógicos – pois estudaram em escolas onde a internet ainda não era de uso rotineiro, nem tinham a mesma facilidade de acesso que temos hoje – e parte digitais, pois ao ingressarna universidade,passaram a usufruir de todos os recursos disponíveis do ambiente digital.