Redução de custos: 5 dicas para atingir no setor de vendas
21041
post-template-default,single,single-post,postid-21041,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

Atinja a redução de custos no setor de vendas em 5 dicas

como atingir a redução de custos na empresa

A redução de custos é muito mais que uma tomada de decisão, é uma questão de sobrevivência, ainda mais quando direcionada ao setor de vendas. Isso porque, essa estratégia é fundamental para promover a competitividade no mercado, desde que baseada em uma profunda análise do quadro empresarial.

Todo cuidado é pouco nessa hora, pois o setor de vendas representa grande parcela da rentabilidade do negócio. Portanto, qualquer movimento em falso pode significar uma redução na margem de lucro.

Para não correr o risco de cortar custos e perder em qualidade, atendimento e diferencial competitivo, você não pode deixar de continuar a leitura. Juntamos 5 dicas para que a redução de custos no setor de vendas não seja um empecilho, mas sim aquilo que irá fazer sua empresa ser notada, acompanhe!

Reduzir custos em vendas não é simplesmente uma decisão

Quando chega o momento de definir quais áreas passarão por cortes, a gestão sempre deixará o setor de vendas de fora. Isso porque, apontar para o departamento de vendas é arriscado, todo mundo sabe disso, mas o que poucos sabem é que aí está uma excelente oportunidade para buscar maiores lucros.

Frise bem: a redução de custos no setor de vendas não consiste em aleatoriamente eliminar processos e seus gastos, mas sim viabilizar sua otimização.

Portanto, transformar o excedente do setor de vendas em processos mais certeiros e enxutos é o cenário ideal a ser buscado.

Por exemplo, por quantas mãos uma informação deve passar para que o vendedor identifique uma oportunidade? Será que a criação de um funil de vendas enxuto não traria maiores resultados do que simplesmente correr atrás do cliente?

É nesse momento em que a redução de custos começa a tomar forma, ou seja, com o alinhamento da solução de CRM, por exemplo. Capaz de alinhar, integrar e automatizar os processos, a produtividade se torna ampla e, por conseguinte, os custos caem consideravelmente.

5 melhores dicas para a redução de custos no setor de vendas

1 – Realize um estudo aprofundado da carteira de consumidores

A principal razão para que o setor seja desconsiderado em um processo de redução de custos, é que se trata da última fronteira de interação com o cliente. Sendo assim, é razoável que em um cenário de pouca análise ele seja mesmo desconsiderado.

No entanto, é possível sim cortar custos, ao passo em que a qualidade permanece intacta. Para que o setor continue a proporcionar o atendimento ideal das necessidades dos clientes, realize um estudo da carteira de clientes da marca.

Tal ação viabiliza uma margem para que a gestão compreenda algumas estratégias benéficas a serem praticadas como por exemplo: automatizar os processos e fomentar a inovação, assegurando maior economia a médio e longo prazo.

2 – Traga o digital e seus benefícios para o setor de vendas

Outro ponto que pode ser transformado sem maiores dores de cabeça é o atendimento ao cliente. Por meio de ferramentas digitais é possível economizar, além é claro, de aperfeiçoar o atendimento. Desse modo, temos:

  • Estratégias em mídia sociais;
  • Criação de conteúdo para blog;
  • Apps corporativos voltados ao e-commerce;
  • Automação de e-mail Marketing para a carteira de clientes.

Pode até parecer que investir nos itens acima não seja bem um corte de custos, mas é, pode apostar. Isso porque, todos os gastos envolvidos ainda são menores do que as estratégias tradicionais, isto é, mais economia e maior produtividade.

3 – Depois que o digital está presente, só resta alinhar o marketing

Tendo bem especificado o seu ICP (Perfil Ideal de Cliente) e com as estratégias acima em funcionamento é hora de a gestão alinhar as diretrizes com o marketing, afinal, o conceito digital já faz parte dos processos.

Integrar e alinhar o setor de vendas com o marketing resulta facilmente na redução de custos, uma vez que o investimento e o tempo gastos na interação com o público-alvo reduzem drasticamente.

4 – Processos automatizados equivalem à produtividade e redução de custos

A única forma de solidificar as dicas acima é através da automatização de processos. Podemos abordar o completo ERP, que é a ferramenta mais poderosa que a gestão pode ter em mãos, tanto para ampliar a qualidade dos serviços quanto para economizar recursos e reduzir gastos.

Seu fator integração proporciona informações concretas, diminui processos repetitivos, transparece a tomada de decisão e elimina por completo o retrabalho.

5 – Invista em um software de CRM eficaz que irá estimular a redução de custos

Agora, para estimular especificamente o setor de vendas e tornar sua redução de custos uma realidade, a melhor ferramenta é o CRM. Dentro de um ERP você encontra o CRM, mas precisaria investir em um software completo e, dependendo do cenário, o investimento poderia ser excessivo.

Por outro lado, o CRM é eficiente para o setor de vendas, pois desempenha inúmeras tarefas e otimiza a rotina dos vendedores, veja algumas funcionalidades:

  • Atua no acompanhamento e gerenciamento da carteira de cliente;
  • Proporciona um histórico completo das interações com os clientes;
  • Informações e dados mais verídicos e confiáveis;
  • Gerenciamento do pipeline de vendas;
  • Viabiliza previsões relevantes sobre o comportamento do consumidor;
  • Automatiza por completo as rotinas diárias.

Em suma, as funcionalidades do CRM mudaram nos últimos anos e possibilitaram às empresas um controle mais eficiente da interação com o cliente, ao passo em que o atendimento se tornou uma estratégia excepcional.

A redução de custos no setor de vendas pode ser uma realidade, desde que abarcada por um planejamento completo e com a presença da tecnologia!