Mais mulheres na tecnologia! | SISPRO
21603
post-template-default,single,single-post,postid-21603,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

Mais mulheres na tecnologia!

No domingo, dia 08 de março, comemora-se o Dia Internacional da Mulher e diferentemente de outras datas comemorativas, esse dia não foi criado pelo comércio e possuí raízes históricas em sua idealização.

Oficializado pela ONU (Organização das Nações Unidas) no ano de 1975, o Dia Internacional da Mulher é comemorado desde o início século 20. Reivindicando a igualdade de gênero em todos os setores da sociedade, entre eles o mercado de trabalho, essa data é cada vez mais lembrada, por ter sido originada na luta de mulheres que trabalhavam em fábricas nos Estados Unidos e em alguns países da Europa durante a Revolução Industrial, que trouxe à tona as más condições de trabalho enfrentadas por elas na época.

Mesmo depois de mais de 40 anos, a luta das mulheres ainda permeia em um estágio ainda muito inicial quando se fala do “mundo” da Tecnologia da Informação. Hoje elas são apenas 20% dos 580 mil profissionais que atuam na área de TI no Brasil. Esta porcentagem ainda é muito distante da ideal e ajuda a explicar o fato de vermos poucas mulheres trabalhando em empresas de tecnologia.

Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios do IBGE, 74% das mulheres quando criança tem interesse nas ciências exatas, como matemática, tecnologia, engenharia, entre outros. Ainda de acordo com a PNAD, 15% das matrículas nos cursos de tecnologia são realizadas por mulheres, porém, 8 em cada 10 estudantes mulheres desistem do curso já no primeiro ano. Somente 17% dos profissionais de programação no Brasil são mulheres, contra o valor de 83% de homens brasileiros que programam.

Mas porque as mulheres são uma porcentagem tão pequena na programação? Porque elas ainda são as que mais desistem de cursos ligados à tecnologia?

Bom, a gente sabe que referências fortes dentro do mundo da tecnologia não faltam. Tivemos Ada Lovelace, que foi considerada a diva da programação e mesmo vivendo em uma sociedade que impedia que mulheres estudassem em universidades, apaixonou-se pela matemática. Também tivemos Edith Clark, que foi a primeira mulher a conquistar um Mestrado no Departamento de Engenharia Elétrica e Ciência da Computação no MIT. E tantas outras mulheres tiveram um papel fundamental na área da tecnologia da informação para que hoje, tantas jovens possam sonhar em fazer parte desse mundo.

A SISPRO deseja continuar mapeando talentos femininos para compor nossas áreas de desenvolvimento tecnológico. Desejamos a todas nossas Sisprianas um Feliz Dia da Mulher, não somente nesse dia 08 de março, mas que em todos os dias do ano você seja reconhecida e amada.

GO WOMAN SISPRO!

MaisMulheresnaTecnologia #GoWomanSISPRO #SISPRIANAS #TODASJUNTAS