Salvar na nuvem é mais seguro: 5 razões que irão te convencer!
14743
post-template-default,single,single-post,postid-14743,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

5 razões para te convencer que salvar na nuvem é mais seguro

Poder trabalhar e utilizar arquivos em qualquer lugar é uma das principais características da chamada transformação digital. Salvar arquivos na nuvem tem provocado uma revolução sem precedentes no que entendemos como trabalho, enquanto local ou espaço para exercício das funções. Mas, será que salvar na nuvem é mais seguro?

Outra revolução provocada pela nuvem é permitir que mesmo pequenas empresas contem com serviços que antes exigiam grandes estruturas. Para se ter um software de gestão antigamente, por exemplo, era necessário investir milhares de reais em estrutura de computação, servidores, além de profissionais, da própria licença do sistema e segurança.

Hoje, com serviços de software que utilizam a nuvem para armazenar e compartilhar com usuários as informações, basta pagar o valor do serviço para ter acesso.

Salvar na nuvem é uma atividade cada vez mais corriqueira e muita gente faz uso disso e nem percebe. Google Drive, Microsoft OneDrive e Dropbox são bons exemplos disso. Trocamos arquivos e enviamos pastas para clientes, familiares, amigos, colegas do trabalho e da faculdade por esses serviços e é comum esquecer que são exemplos claríssimos da nuvem.

Mas para dados sensíveis do trabalho, a situação é diferente, muitos podem pensar. Bem, diversos softwares que utilizamos atualmente trabalha armazenado em algum serviço de nuvem, principalmente o Amazon Web Services.

Para o diretor de tecnologias do Google para a América Latina, Fernando Teixeira, a troca de arquivos pela nuvem é mais segura até mesmo que os pendrives, já que por ela é possível “restringir o acesso a download, a colocar outras pessoas em cópia, a impressão, e até a impedir que essa pessoa edite o documento”.

Tecnologias que mostram que salvar na nuvem é mais seguro

salvar na nuvem é mais seguro

Os serviços de nuvem contam com tecnologias avançadas para permitir seu uso de forma segura e sem percalços para o usuário. Conheça essas tecnologias, que são razões ideais para você começar a organizar sua empresa na nuvem.

1 – Redundância

Todos os serviços de armazenamento em nuvem contam com fortes esquemas e estruturas que replicam configurações e mantém armazenados os mesmos arquivos. Isso é o que chamam de redundância e garante o acesso ao serviço mesmo em consequências extremas.

Um exemplo é o Amazon, que conta com parques de servidores em diversas partes do mundo. Se ocorrer um terremoto na Costa Oeste dos Estados Unidos e um parque daquela região ficar inacessível, o usuário continuará tendo acesso a seus arquivos a partir do backup na Irlanda ou na Índia.

2 – Criptografia avançada

Os arquivos armazenados na nuvem, em geral, contam com compliance, protocolos e metodologias de segurança muito melhores do que em nossos discos rígidos, por exemplo.

Técnicas como fracionamento dos arquivos em diversos servidores e criptografia avançada fazem com que tudo o que for armazenado realmente esteja seguro, mesmo em caso de invasão ou comprometimento da segurança de um dos servidores.

A criptografia impossibilita a leitura, edição ou download de arquivos por pessoas não autorizadas, inclusive os próprios funcionários das empresas que prestam serviços na nuvem. Mais uma prova de que salvar na nuvem é mais seguro.

3 – Controle de acesso

Além da criptografia impossibilitar o acesso, o próprio usuário conta com ferramentas nos serviços que permitem o controle de acesso. É como o diretor do Google comentou acima, pois é o dono dos arquivos que define quem vai olhar, baixar, imprimir ou editar.

Esse nível de controle não está presente na maioria das empresas e, para fazer isso internamente, o custo é inacessível para 99% delas.

4 – Disponibilidade em longo prazo

Enquanto os arquivos armazenados em um disco rígido ou pendrive ficam condicionados à vida útil desses dispositivos, a nuvem conta com as tecnologias dos serviços para se manterem disponíveis por muito mais tempo.

Pense que ao salvar na nuvem, um arquivo fica armazenado em servidores com redundância, backup, criptografia, manutenções constantes de hardware e software. Muito mais seguro que os arquivos do seu PC, não?

5 – Escala

Por todos esses motivos, oferecer serviços de nuvem exige grande estrutura e grandes empresas por trás. Para custear a operação, as empresas investem em adquirir escala e abrangência de usuários em seus serviços.

Esses milhões de usuários que utilizam reduzem o custo final unitário. Isto é, ao invés de ter de onerar apenas um cliente, os custos do serviço de nuvem são custeado por vários. É por isso que contratar um serviço para salvar na nuvem é mais seguro e infinitamente mais barato que montar uma estrutura própria de servidores.