As empresas se apressam para cumprir o prazo da EFD Contribuições - SISPRO
4183
post-template-default,single,single-post,postid-4183,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-6.9.0,vc_responsive,elementor-default,elementor-kit-23911
 
Blog

As empresas se apressam para cumprir o prazo da EFD Contribuições

Faltam dois meses para terminar o ano e se aproxima a data de cumprimento de uma das mais complexas obrigações acessórias exigidas pela Receita Federal, a Escrituração Fiscal Digital (EFD) do PIS/Cofins.
Os contribuintes que ainda não iniciaram o processo de organização e consolidação da base de dados para transmitir as informações devem se apressar.
O cronograma estabelecido prevê a entrega dos arquivos a partir de 7 de fevereiro de 2012 pelas pessoas jurídicas sujeitas a acompanhamento econômico-tributário diferencial, com informações baseadas nos fatos geradores a partir de 1º de abril este ano.
A mesma data vale para os contribuintes que são tributados com base no Lucro Real, cujos arquivos devem conter informações sobre fatos geradores ocorridos a partir de 1º de julho.
No mês seguinte será a vez das pessoas jurídicas sujeitas à tributação com base no Lucro Presumido. Neste caso, os arquivos devem conter informações sobre fatos geradores ocorridos a partir de 1º de janeiro de 2012.
Algumas empresas que fornecem soluções para esse mercado já detectam sinais de aquecimento da demanda. É o caso, por exemplo, da Sispro – Serviços e Tecnologia para Administração e Finanças, que registrou aumento de chamadas em sua central de atendimento.
Segundo pesquisa feita pelo setor de comunicação SISPRO, a iniciativa das empresas ocorre em boa hora porque elas não podem deixar para atender a exigência do Fisco em cima do prazo, que foi adiado para 2012 pela Instrução Normativa 1.161.
Trata-se do segundo adiamento do prazo, lembra a executiva. “Nas duas oportunidades em que ocorreu o adiamento sentimos muitas empresas aliviadas com a possibilidade de melhor trabalhar suas bases de dados e atualizar seus sistemas para esta finalidade”, afirma.

Especialistas SISPRO chamam a atenção para necessidade de um planejamento por parte dos contribuintes. “Este aumento da procura pelos nossos serviços e sistemas indica que as empresas estão motivadas a não correr risco de atraso”, comenta.
Para suprir a demanda, a Sispro preparou três opções para aquisição da sua solução Sispro EFD-PIS/Cofins: instalação nos servidores do cliente, contratação do serviço pela web ou contratação de toda operação com a equipe e infraestrutura da empresa.
Em todos os casos, o sistema trata e concentra toda a informação analítica base para a apuração das informações e controle de crédito da contribuição. Além disso, cria o arquivo digital de acordo com as especificações e exigências da Receita Federal.
Na avaliação de Alexandre Noviscki, diretor da H2A Soluções Corporativas, muitas empresas ainda não adotaram os sistemas adequados para a geração e transmissão dos arquivos e, por isso, tiveram dificuldades para elaboração dos arquivos por causa da quantidade de campos de informações.
O executivo sugere a criação de um comitê especializado para elaboração, acompanhamento da geração e apresentação dos arquivos de digitais. Trata-se de uma alternativa para preparar e entregar as obrigações fiscais dentro do prazo e sem inconsistências.
“As empresas não podem esquecer que com um maior volume de informações é essencial que os processos comecem a ser feitos agora, para evitar atrasos e também pensando nas possíveis dificuldades que podem aparecer ao longo do caminho”, diz.
Especializada em soluções de TI voltadas para as áreas contábil, fiscal e tributária, a H2A Soluções atua tanto na integração de sistemas tem como clientes a Leroy Merlin, Dia Supermercado e C&C, entre outros.

Fonte: TI Inside – 31/10