Descubra a importância do marketing sensorial para seu negócio | SISPRO
14383
post-template-default,single,single-post,postid-14383,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

Descubra a importância do marketing sensorial para seu negócio

descubra-a-importancia-do-marketing-sensorial-para-seu-negocio

Você já deve saber o que é marketing sensorial, mesmo sem nunca ter ouvido falar do conceito. Sabe aquela loja do shopping que tem um cheiro tão bom que dá vontade de entrar? Ou aquele restaurante que você nem conhecia, mas foi porque achou o ambiente bonito?

 

Essa estratégia de marketing tem como objetivo mexer com os sentidos para cativar e atrair mais clientes. E você também pode aplicá-la ao seu negócio.

O que é o marketing sensorial?

Marketing sensorial é um conceito que surgiu nos estudos de neuromarketing para designar a publicidade que tem como objetivo atingir o subconsciente dos clientes utilizando os cinco sentidos – olfato, visão, tato, audição e paladar.

 

Como explica a diretora comercial da Airomas Eliana Machado, “é possível comunicar o conceito de uma marca através de estímulos, seja por suas cores, imagens, logotipo, personagens ou cheiros”.

 

Se você não consegue pensar em um exemplo, imagine que está andando por um shopping e, de repente, sente um cheiro adocicado que distrai completamente seus sentidos, tão gostoso que você precisa saber de onde vem. Ele vem da rede de nuts glaceados Nutty Bavarian, uma marca que atrai pelo menos 66,7% de seus consumidores só pelo olfato.

 

Mas isso não se aplica só à comida: quantas mulheres não compram sapatos da Melissa porque adoram o cheiro? Quantas pessoas não querem um carro zero porque ele tem cheiro de carro novo? De acordo com o neurocientista Randall Reed, o olfato está ligado ao sistema límbico, área associada às memórias e emoções e, por isso, usá-lo para cativar clientes é uma ótima estratégia.

 

No entanto, o olfato não é o único sentido que pode ser agradado pelo marketing sensorial. Muitos estabelecimentos usam a visão, utilizando a teoria das cores, criando decorações diferentes e caprichando na iluminação. E você deve conhecer um restaurante que tem uma trilha sonora tão perfeita que dá vontade de ficar lá o dia todo – é a sua audição sendo conquistada.

 

O paladar também entra nesse quesito. Você sabe como só a batata frita do McDonalds têm aquele gosto, mesmo que todas as outras redes de fast-food também sirvam batata frita?

 

E, claro, temos o tato – a experiência de tocar e experimentar o produto que faz com que você passe horas em uma loja de colchões.

 

Tudo isso se encaixa no marketing sensorial, algo que você pode utilizar também em seu negócio.

Como fazer a gestão do marketing sensorial?

Para começar a aplicar o marketing sensorial em seu negócio, é preciso conhecer dois aspectos a fundo: seu cliente e seu produto. Quais são as características do seu produto que você pode enaltecer para despertar os sentidos do cliente? O que o cliente busca em seu produto?

 

Para fazer a gestão do marketing sensorial, você pode utilizar o modelo E-P-C, apresentando por Bernd H. Schmitt. Ele consiste em Estímulos, Processos e Consequências:

 

  • O estímulo acontece quando o hipocampo, estrutura cerebral responsável pela atenção e armazenamento de informações sensoriais, percebe uma informação que está mais evidente ou que já é conhecida pelo indivíduo;
  • O processo é como o estímulo acontece. Isso pode ser por apenas um sentido ou por vários, uma só vez ou diversas vezes;
  • A consequência é como o consumidor vai reagir ao estímulo, que pode ter a ver com o prazer estético ou com o interesse.

 

Pensando nisso, você pode começar a planejar o marketing sensorial do seu negócio. Pense no que pode agradar o cliente e fazer com que ele se sinta atraído pelo seu produto. Torne o ambiente confortável e mexa com as percepções do consumidor para garantir o sucesso do seu empreendimento!

 

E para fechar negócios ainda melhores, que tal descobrir como atrair mais clientes para grandes promoções? Leia mais!