Empresas de transportes e logística e o IFRS | SISPRO
1132
post-template-default,single,single-post,postid-1132,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

Empresas de transportes e logística e o IFRS

SISPRO anuncia pacote de serviços para as empresas do setor a atingirem a adequação de Patrimônio à IFRS

A partir deste ano, as empresas que registraram no ano anterior um ativo total superior a R$ 240 milhões ou receita bruta anual superior a R$ 300 milhões, devem apresentar em seus balanços as informações exatas e atualizadas sobre o Teste de Impairment de ativos de longa duração, a partir de testes que visam evidenciar e mensurar a perda da capacidade de recuperação dos ativos.

A regra também vale para as empresas que atuam no setor de transporte e logística e é o primeiro passo primeiro passo para a convergência das normas brasileiras às normas internacionais, colocando o Brasil em sintonia com os padrões mundiais de governança corporativa.

O noticiário recente sobre problemas graves detectados na gestão financeira de grandes corporações em todo o mundo faz com que os investidores, mercado e governos cada vez mais passem a exigir das empresas as informações com maior detalhamento e correção sobre tamanho e risco das operações, e também se os valores contábeis do Ativo Imobilizado são registrados pelo valor recuperável.

Especialistas do mercado de capitais apontam à necessidade das empresas se anteciparem a adequação de sua gestão às normas contábeis internacionais IFRS (International Financial Reporting Standards), que entrarão em vigor no Brasil em 2010, mas que já demandam a adequação das grandes empresas à Lei 11.638 que passou a vigorar em primeiro de Janeiro último.

Para atender a esta demanda agora presente no mercado brasileiro, a SISPRO, provedora nacional de serviços e produtos de TI para a gestão financeira, anuncia lançamento de um pacote de serviços especializado para adequação do Patrimônio às normas do IFRS (International Financial Reporting Standards, com foco na realização e cálculo do Impairment e Contabilização do Resultado.

O pacote de serviços inclui a aplicação dos testes do Impairment, seguindo segue normativa 527 da Comissão de Valore Mobiliários, do CPC 01 (Comitê de Pronunciamento Contábil) e IAS 36 (International Accounting Standards) para que as empresas possam atender ao modelo IFRS.

Segundo Lourival Guimarães Vieira, diretor da SISPRO, o pacote de serviços garantirá capacitar as empresas, incluindo as de transportes e logística a atenderem à exigência da lei 11.638 e a entregar um ambiente favorável para que a auditorias possam validar seus balanços e, assim, garantir a fidelidade das informações aos investidores. “Ao oferecer maior segurança para a formatação dos seus balanços, as empresas estarão capacitadas a obter maior confiança do mercado e garantir a melhor prática na gestão financeira”, acrescenta o executivo.

Ainda segundo Vieira, o pacote de serviços visa garantir que as companhias possam atender o objetivo da padronização internacional, que é garantir a transparência e comparabilidade dos balanços em diferentes países. “Com isso, os executivos financeiros, contadores e controllers poderão gerar uma apresentação realista da eficiência empresarial para a análise de acionistas e investidores”, acrescenta.