Orientações para preenchimento do CT-e nas prestações com substituição tributária | SISPRO
5219
post-template-default,single,single-post,postid-5219,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

Orientações para preenchimento do CT-e nas prestações com substituição tributária

A Sefaz/AM publicou recentemente a Resolução GSEFAZ 12/2014 que tem o objetivo de orientar o correto preenchimento dos campos do Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e) referente à prestação de serviço de transporte interestadual e intermunicipal de cargas sujeita ao regime de substituição tributária.



 
Blog

Orientações para preenchimento do CT-e nas prestações com substituição tributária

A Sefaz/AM publicou recentemente a Resolução GSEFAZ 12/2014 que tem o objetivo de orientar o correto preenchimento dos campos do Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e) referente à prestação de serviço de transporte interestadual e intermunicipal de cargas sujeita ao regime de substituição tributária.

São responsáveis pelo recolhimento do ICMS, em relação ao imposto devido pelo prestador do serviço de transporte interestadual e intermunicipal, quando tiver início no território deste Estado, excetuado o serviço de transporte por via aérea, a Petróleo Brasileiro S/A – Petrobrás e as distribuidoras de combustíveis líquidos e gasosos e os estabelecimento industriais incentivados, nos termos do inciso III do art. 110 do Decreto 20.686, de 1999.

Dentre os procedimentos de preenchimento, o prestador de serviço deve estar atento ao uso correto do código CFOP que deve ser 5.360 ou 6.360, conforme se tratar de operação intermunicipal ou interestadual; e o campo CST deve ser preenchido com o código 60. Além disso, informamos que as Resoluções GSEFAZ nº 002/2001 e 007/2001 foram revogadas.

Fonte: SEFAZ-AM – 29/04/14