Empresas tem até o dia 30 de novembro para entrega do FCONT | SISPRO
4636
post-template-default,single,single-post,postid-4636,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

Empresas tem até o dia 30 de novembro para entrega do FCONT

Empresas têm até o dia 30 de Novembro para entrega da nova escrituração fiscal

As companhias regidas pelo Lucro Real e Regime Tributário de Transição (RTT) que necessitam entregar à Receita Federal a nova escrituração de apuração dos lucros, com base nas alterações introduzidas pela Lei nº. 11.638 e pelos artigos 37 e 38 da Lei 11.941 de 2009, têm até o dia 30 de Novembro próximo e não podem perder o prazo. As modificações afetam os critérios de reconhecimento de receitas, custos e despesas para apuração do lucro líquido do exercício.

Para que o Fisco possa ter acesso às informações da declaração de ajuste do IR das empresas, a Secretaria da Receita Federal instituiu o Controle Fiscal Contábil de Transição (FCONT), um programa eletrônico no qual as empresas deverão efetuar a escrituração das contas patrimoniais e de resultado.

Visando atender as empresas que estão neste processo de entrega do FCONT, a Sispro, fornecedora de sistemas de gestão financeira e de patrimônio, acaba de liberar um novo módulo do sistema Sispro SPED, que permite realizar a escrituração dos ajustes divergentes entre os métodos e critérios anteriores das declarações tributárias e também atender às determinações da Lei das S/A. O novo módulo possui funcionamento simplificado e aproveita a escrituração contábil digital – ECD, facilita a parametrização da automação do processo do FCONT, emite o Balancete Tributário, gera o arquivo para o programa da RFB e registra a memória de cálculo dos ajustes entre Balancete Societário e Balancete Tributário.

“A entrega do FCONT é obrigatória e no caso de não existir lançamento com base em métodos e critérios diferentes daqueles aplicáveis para fins tributários, a empresa deverá apresentar o arquivo apenas com a identificação do contribuinte”, destaca Lourival Vieira, diretor de Marketing da Sispro. “O que estamos fazendo com a liberação deste novo módulo do sistema Sispro SPED é garantir que as empresas possam atender ao prazo e garantir que a nova escrituração seja realizada de modo seguro e eficiente”, acrescenta o executivo.