Experiência imersiva: o que representa essa tendência crucial!
20315
post-template-default,single,single-post,postid-20315,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

O que é experiência imersiva? Conheça essa tendência crucial!

o que é experiência imersiva

É difícil definir com precisão o modelo atual de negócios, uma vez que o avanço tecnológico impõe constantes mudanças às empresas. A corrida pelo digital implica em mutações e adequações às inovações e recursos diferenciados, como é o caso da experiência imersiva.

Esta gama de novidades garante às empresas distintas maneiras e maior facilidade na hora de oferecer produtos e serviços aos clientes. Além de produtos interativos, digitais e inteiramente funcionais, as novas experiências garantem maior proximidade às necessidades e desejos dos consumidores.

As máquinas inteligentes e assistentes virtuais fazem parte direta do crescimento desse novo contexto. Mas e quanto à experiência imersiva? O que ela representa e como se encaixa ao novo universo que presenciamos? Descubra!

Como definir uma experiência imersiva

É fundamental antes de mais nada, implicar a configuração de uma experiência imersiva à utilização de novas tecnologias e ferramentas de inteligência artificial (AI). Em outras palavras, não há imersão na ausência do fator tecnologia.

Dito isso, podemos definir o conceito como sendo a experiência do usuário de forma imersiva e abarcada pela utilização da Realidade Aumentada (AR), Realidade Mista (MR), Realidade Virtual (VR) e material visual em 360° elaborado para a criação de plataformas consideradas interativas.

Portanto, esse tipo de experiência tem como objetivo levar o consumidor a um nível ampliado e imersivo que, traga novas sensações, interações e estímulos precisamente sensoriais, sempre alinhados com uma necessidade ou satisfação do próprio consumidor.

Compreendeu como a tecnologia deve ser uma constante em qualquer tipo de interação baseada na imersão?

Além de grande tendência para os próximos anos seu uso se dará não somente pelas grandes empresas, mas por qualquer uma que entenda que as estratégias de marketing devem ser baseadas nesse novo modelo de interação, a fim de maximizar o engajamento e fortalecer a marca.

A promessa de tornar empresas e marcas ainda mais relevantes

O principal intuito de tanto investimento e inovação é levar as experiências dos consumidores às alturas. Logo, de forma interativa, imersiva e interessante, as empresas que presenciam a eficiência do novo mundo em primeira mão.

Os números já apontam mais de 8 bilhões de instrumentos interligados e em operação em todo o mundo. A expectativa é que esse número alcance o total de mais de 20 bilhões em 2020.

A promessa é de que as experiências imersivas sejam beneficiadas e desenvolvidas em conjunto com a evolução tecnológica. Estima-se que até 2020, os recursos de IA (inteligência artificial) devam mobilizar mais de US$150 bilhões.

Isso reforça um dado ainda mais importante para as empresas que se projetam ao futuro. A análise de dados deverá ser o Norte de quase 90% das empresas em qualquer tomada de decisão.

Desse modo, indiferente se o consumidor esteja em casa, no trabalho ou em alguma etapa da jornada de compra, ele será alcançado. Além disso, será afetado pelo novo método de interação o que eleva o reconhecimento e relevância da empresa.

Entenda o cenário das experiências imersivas

Através da associação de ambientes compostos por elementos tecnológicos com as experiências imersivas, os usuários recebem sensações e influências que beiram o máximo da realidade.

O planejamento almeja o mix de recursos avançados e inteligentes que formará um ambiente dispondo de distintas inovações. Sempre visando a entrega da jornada de compra diferenciada ao consumidor.

A Amazon desenvolveu um sistema que entrega precisamente uma experiência imersiva. Por meio do Echo Look, integrado à sua assistente virtual, o consumidor pode experimentar um conjunto de roupas, receber sugestões e encontrar o que procurava, tudo sem sair de casa e diretamente pelo App.

Com a utilização da tecnologia de Machine Learning em conjunto com a câmera, a plataforma é capaz de sugerir uma combinação de looks baseada num histórico de fotos e nas tendências atuais da moda.

Outra aplicação clássica de experiência imersiva se dá no desenvolvimento de jogos digitais. A desenvolvedora Prism, startup conhecida pela criação de óculos Vr, desenvolveu um equipamento que se integra ao smartphone do usuário.

O equipamento cria hologramas reais que são projetados no campo de visão do jogador, conferindo uma experiência próxima da realidade.

O que tirar de tudo isso

Embora muitos empreendedores ainda se mantenham céticos quanto às mudanças que os permeiam, é apenas uma questão de tempo até que a necessidade de integração bata à porta.

Diante o perfil exigente do novo consumidor as experiências imersivas funcionam como uma estratégia contundente. É crucial começar o quanto antes a integrar as diretrizes ao seu negócio e entender que, as decisões devem ser baseadas no cliente como centro da estratégia. Somente assim é possível entregar o que ele precisa e da forma que melhor lhe convém.