Corrida contra o tempo para atender à EFD-Contribuições (antigo EFD-PIS/Cofins) | SISPRO
1182
post-template-default,single,single-post,postid-1182,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

Corrida contra o tempo para atender à EFD-Contribuições (antigo EFD-PIS/Cofins)

Corrida contra o tempo para atender a EFD-Contribuições (antigo EFD-PIS/Cofins)

Desde que o SPED entrou em vigor, muitas empresas passaram a correr contra o tempo para atender às suas obrigatoriedades nos prazos estabelecidos pela Receita Federal, no intuito de evitar o recebimento de multas.

 O calendário de obrigações, para cada perfil de empresas, envolve prazos para várias demandas, como por exemplo, o atendimento ao SPED Fiscal, o SPED Contábil, o CIAP – Bloco G da EFD e mais recentemente a EFD-Contribuições.

A EFD-Contribuições (antigo EFD-PIS/Cofins) deverá ser entregue em 7 de junho pelas empresas com período de apuração Abril/11, enquadradas no regime de tributação por Lucro Real com acompanhamento diferenciado. Há rumores sobre uma possível prorrogação, entretanto nada foi confirmado até agora pela RFB.

Outras empresas com regime pelo Lucro Real, que não estão enquadradas no acompanhamento diferenciado, com o período de apuração em julho/2011, deverão, em princípio, entregar no dia 8 de setembro.

Já as empresas com regime pelo Lucro Presumido/Arbitrado, Financeiras e Equiparadas, o período de apuração para janeiro/2012, terão que entregar a declaração pela EFD-Contribuições (antigo EFD-PIS/Cofins) no dia 5 de março do ano que vem.

A EFD-Contribuições (antigo EFD-PIS/Cofins) envolve não somente documentos fiscais mas também apuração dos contribuintes com base nas suas operações empresariais, o que a torna ainda mais complexa, demandando mais tempo e esforços redobrados por parte das empresas.

Grande parte das empresas enquadradas nas obrigatoriedades, mesmo de olho no calendário, ainda não estão preparadas e deixam para a última hora a busca por uma solução que atenda à EFD-Contribuições.

Com isso, os grandes players no mercado de soluções de Gestão Fiscal perdem o fôlego e não conseguem atender todas as demandas.

Como não se pode trabalhar com um calendário na expectativa de uma prorrogação que pode não se concretizar, para alívio de muitos atrasados, algumas software houses, assim como a SISPRO Serviços e Tecnologia, por terem equipes bem preparadas e um sistema de Gestão Fiscal já pronto para atender à EFD-Contribuições (antigo EFD-PIS/Cofins), estão conseguindo atender bem às necessidades do mercado, mas o ideal é que as empresas busquem resolver essas questões com mais antecedência.

Blog SISPRO Assine SPED