20 conceitos que deve conhecer sobre recursos humanos | SISPRO
7552
post-template-default,single,single-post,postid-7552,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

20 conceitos que deve conhecer sobre recursos humanos

O departamento de recursos humanos tem um papel muito importante dentro de uma empresa. É da sua responsabilidade selecionar, gerir e orientar os trabalhadores na direção dos objetivos e metas da organização, garantindo-lhes todas as condições de motivação e produtividade.

Saiba como funciona o departamento de recursos humanos de uma empresa neste glossário com 20 termos indispensáveis.

Absentismo: A palavra foi herdada do termo francês ‘absentéisme’ que significa o ato de um profissional faltar ao trabalho. Ou seja, é o termo atribuído a uma pessoa ausente do seu compromisso de trabalho.

B2E: A sigla vem da expressão inglesa ‘Business-to-employee’ que, traduzida à letra, significa a relação entre empresa e funcionário. O objetivo é criar condições para atrair e reter talento de qualidade num mercado cada vez mais competitivo.

CEO: A sigla ‘Chief Executiver Officer’ refere-se ao diretor executivo de uma empresa. O CEO é responsável pelo controlo de todas as atividades. Normalmente, ocupa também um lugar no conselho de administração de uma organização. O CEO é ainda considerado o mais alto executivo dentro de uma estrutura.

‘Coaching’: É o treino dado por especialistas aos colaboradores de uma empresa com o intuito de melhorarem a sua perfomance dentro da organização e ajudarem a produzir resultados positivos. Através de exercícios e atividades, os especialistas levam a equipa de trabalho a refletir sobre determinado assunto, ajudam-na a chegar a conclusões, definir ações e encaminhá-la para os objetivos da empresa.

Contrato de Trabalho: O contrato de trabalho consiste num acordo entre a entidade patronal e o funcionário. O funcionário presta os seus serviços em troca de uma retribuição monetária mensal, como explica o Código do Trabalho. Existem vários tipos de contratos de trabalho como o contrato de trabalho a termo certo; o contrato de trabalho a termo incerto; o contrato de trabalho a tempo parcial; o contrato promessa de trabalho.

‘Curriculum Vitae’: O ‘curriculum vitae’ é um documento com dados sobre o percurso profissional e académico de um profissional onde estão descritas as qualidades, aptidões e competências que um candidato oferece.

‘Downsizing’: É a redução temporária ou permanente de posições ou níveis de hierarquia em todo os setores de uma empresa. O ‘downsizing’ tem como objetivo simplificar a estrutura, reduzir os custos das empresas e incentivar à competitividade e sustentabilidade de uma empresa.

Estágio: É o ato educativo supervisionado, desenvolvido num ambiente de trabalho, que visa a preparação para o mercado de trabalho.

‘Gestão de pessoas: É um conjunto de competências, métodos, políticas e práticas levadas a cabo para gerir os comportamentos internos de uma empresa e potencializar o trabalho dos colaboradores dentro de uma organização como explica o Dicionário de Recursos Humanos.

‘Headhunting’: É o ato de selecionar os profissionais de qualidade que se destacam dentro de determinado setor de atividade, seja pela sua experiência ou pelo seu conhecimento técnico em determinada área.

Horário de trabalho: É o período de tempo entre o início e o termo do trabalho diário, incluindo os intervalos do descanso. Compete às entidades patronais estabelecer o horário do trabalho dos seus colaboradores dentro dos condicionalismos legais.

‘Job rotation’: Carcateriza-se pela rotação de trabalho para que um trabalhador possa alternar as atividades no seu dia-a-dia tal como explica a definição do guia de gestão MSG.

‘Layoff’: Segundo a definição legal, o ‘layoff’ corresponde à redução (temporária) dos períodos normais de trabalho ou mesmo à suspensão dos contratos de trabalho. O ‘layoff’ pode ser efetuado por iniciativa das empresas, com base em três razões: mercado; motivos estruturais ou tecnológicos, ou então, devido a uma catástrofe que afete a atividade normal da empresa.

‘Licença sem vencimento’: Corresponde ao período de tempo que um trabalhador deixa de estar presente no seu local de trabalho. A pedido do seu colaborador, a entidade patronal pode atribuir-lhe uma licença de trabalho sem vencimento superior a 60 dias.

‘Mentoring’: É uma tutoria onde um profissional mais experiente orienta e partilha com colaboradores mais jovens, ou que estão a começar na empresa, as experiências e os conhecimentos com o objetivo de orientá-los e aconselhá-los no desenvolvimento do seu trabalho e da sua carreira, tal como explica o artigo da revista Harvard Business Review.

‘Networking’: É uma rede de contatos que pode proporcionar valor e permitir, por exemplo, a troca de valiosas informações. Estas ações de ‘networking’ devem ser cultivadas periodicamente de ambas partes.

‘Outplacement’: É o ato de recolocação de ex-funcionários em outra organização ou no mercado de trabalho depois de terem sido demitidos. O processo é conhecido e utilizado por grandes empresas, de forma diminuir os impactos nas demissões de executivos.

‘Stakeholders’: É uma pessoa ou grupo com interesse na performance de organização e no meio ambiente na qual opera. O ‘stakeholder’ tem um papel direto ou indireto na gestão e resultados de uma empresa. Os clientes, colaboradores, fornecedores e o estado são exemplos de ‘stakeholders’ de uma empresa.

‘Team Building’: É uma atividade dinâmica de um grupo de trabalho, onde os participantes são convidados a realizar diferentes tarefas desafiadoras de forma a criar laços de colaboração e empatia entre os colaboradores da mesma empresa.

‘Workaholic’: O conceito ‘workaholic’ refere-se a alguém que seja viciado no trabalho. São pessoas que fazem do trabalho a sua principal razão de viver e canalizam todas as forças no trabalho, sacrificando a sua vida pessoal.

Sua empresas possui planos de motivação para seus colaboradores? Deixe os seu comentário!

Por: Rita Dantas Ferreira

Fonte: saldopositivo.cgd.pt

eBook: O que é e o que esperar de um ERPBlog SISPRO Assine Recursos Humanos