Sua rede está pronta para a Internet das Coisas? | SISPRO
7602
post-template-default,single,single-post,postid-7602,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

Sua rede está pronta para a Internet das Coisas?

Rede Internet das Coisas SISPRO Blog ERP

Empresas enfrentam uma difícil realidade: todos os dias, funcionários, clientes e parceiros trazem inúmeros dispositivos móveis, abrindo assim a rede para potenciais riscos de segurança. O BYOD (Bring Your Own Device) é apenas o começo. A Internet das Coisas surge no horizonte, prometendo tudo: desde dispositivos médicos em rede até lâmpadas acionadas via Web.

Por esse motivo, as companhias necessitam de políticas e controles efetivos para proteger suas redes, reconhecendo que dispositivos conectados à Internet são sua mais nova e permanente realidade. Porém, algumas corporações ainda ignoram esse cenário, outras proíbem todos os dispositivos não autorizados de se conectarem, algumas ainda assumem um processo de provisionamento de dispositivos amplamente manual e improvisado. Mas, a verdade é que muito poucas redes corporativas são tão seguras quanto poderiam ser.

A solução, em parte, encontra-se na própria rede. Se a sua empresa estiver executando uma rede legada constituída com base em topologias de múltiplos protocolos IP, você deve se preocupar. Estima-se que mais de 70% das violações de segurança de TI são causadas por vulnerabilidades da rede corporativa – sendo muitas delas resultantes de proteções insuficientes de rede envolvendo BYOD e IoT.

Considere uma companhia com milhares de equipamentos móveis: sua equipe de TI provisiona dispositivos em rede utilizando técnicas convencionais sem levar muito em consideração a qualidade do serviço ou a segurança, modificando e particionando uma rede já esgotada. Essa é uma receita para o desastre, porque os pontos terminais desse ambiente muito provavelmente executam sistemas operacionais antigos, com ausência de proteção moderna contra vírus e malware e senhas padrões, ou seja, todas as condições que aumentam o risco de um ataque.

Para aumentar esse controle, a indústria está caminhando para uma tecnologia de rede de protocolo único (single-protocol), a qual cria redes invisíveis e permite às empresas entregar funcionalidades de SDN abrangendo tudo, até a fronteira da rede, de forma rápida, segura e eficiente. A SDN também facilita a criação de redes virtuais em tempo real e automatiza completamente o provisionamento de serviços.

Com a combinação de poderosas ferramentas, essa tecnologia fornece às empresas a liberdade para personalizar suas políticas de segurança, entrega facilmente mobilidade e conectividade e reduz drasticamente o risco de uso indevido ou apropriação indevida da rede. Em vez de esperar que os pontos terminais contenham inteligência de rede suficiente, as companhias podem contar com soluções que permitem às empresas adotarem BYOD e IoT em um ambiente mais seguro. Portanto, se a rede da sua empresa ainda não está pronta para o futuro, a tecnologia SDN é o melhor caminho.

Sua empresa possui uma rede preparada para a IoT? Deixe seu comentário!

Por: Mohamed Awais

Fonte: mobiletime.com.br

eBook: O que é e o que esperar de um ERP

 

 Blog SISPRO Assine Gestão Empresarial