ERP para logística: saiba o significado e características
18873
post-template-default,single,single-post,postid-18873,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

O que é sistema ERP para logística e transporte

Toda empresa possui demandas específicas de acordo com seu campo de atuação. Já para as empresas responsáveis pelo transporte de cargas e mercadorias, ou seja, empresas de logística, a responsabilidade pode ser muito maior e provavelmente exigirá um ERP para logística.

É fundamental compreender a importância de implementar uma solução que traga organização e fluidez aos processos empresariais. Afinal, todos sabemos das dificuldades que as empresas de transporte têm diariamente.

Acompanhe a leitura e descubra o que é sistema ERP para logística e transporte. Descubra o conceito e conheça seus diferenciais para estimular o sucesso das operações do seu negócio!

Como se caracteriza o ERP para logística e transporte

Se você conhece pouco o funcionamento de um sistema ERP, não se preocupe, pois já falamos sobre o tema e você pode conferir.

Por meio de um sistema específico e desenvolvido para atender as exigências da logística, o gestor passa a monitorar vitais processos, como emissão de diferentes documentos, custos e despesas, controle da frota, históricos dos clientes, dentre tantas outras obrigações.

Uma das principais vantagens do ERP para logística é basicamente a mesma que empresas de diferentes nichos obtêm. Em outras palavras, esse sistema traz para as empresas de transporte de carga, a integração necessária de todas as informações.

Dessa forma, todos os departamentos são capazes de compartilhar seus dados e repassar as informações vitais de forma organizada e eficiente.

Vamos assumir o seguinte cenário: o setor responsável pela gestão de frotas precisa de agilidade e tempo hábil para transmitir suas demandas. Portanto, o ERP para logística permite que esse setor transmita ao departamento de vendas, por exemplo, a necessidade de obter peças para a manutenção da frota de caminhões.

Qual é o principal objetivo desse sistema específico

o que é erp para logística

Sem sombra de dúvidas, o objetivo do ERP para logística é o mesmo que em uma empresa que desenvolve softwares gerenciais. Sendo assim, podemos definir que essa ferramenta atua na organização e otimização dos principais processos de uma empresa de logística e transporte.

Além disso, esse sistema é capaz de registrar as informações referentes aos clientes, colaboradores, fornecedores, setor de compras e vendas, produtos, pagamentos e impostos.

Pode até parecer que um sistema gerencial viabilize os mesmos benefícios a todo tipo de empresa, mas quando analisamos o universo do transporte e logística no Brasil, o ERP é imprescindível para elevar a competitividade e posterior sucesso da empresa.

Dentre os principais controles desse software empresarial, temos:

  •       Criação e gerenciamento de perfil de usuário;
  •       Cadastro das empresas;
  •       Cadastro de vendedores;
  •       Cadastro de usuários;
  •       Cadastro completo dos clientes;
  •       Cadastro de fornecedores;
  •       Inclusão das informações dos veículos, produtos e serviços;
  •       Gerenciamento do faturamento, fluxo de caixa e emissão de NF-e.

Conheça os principais módulos encontrados nesse ERP

Controle eficaz das frotas

Sem dúvidas, um dos principais gargalos de uma empresa de logística é justamente controlar sua frota de veículos. Além disso, é primordial manter a manutenção preventiva, possíveis reparos, manutenções periódicas e controle do combustível consumido.

Dessa forma, o módulo de controle das frotas proporciona ao gestor o controle total dessas obrigações. Esse gerenciamento é essencial para promover boas práticas, pois nem sempre os veículos fazem parte da frota da empresa, ou seja, são terceirizados e necessitam de mais rigor em sua gestão.

Emissor avançado de MDF-e/CT-e

Toda empresa que realiza o transporte de carga, seja ela qual for, necessita emitir específicos documentos fiscais eletrônicos e obrigatórios.

O MDF-e (Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais) e o CT-e (Conhecimento de Transporte Eletrônico) podem representar problemas, quando não gerenciados de forma adequada.

Desse modo, o ERP para logística atua de maneira a tranquilizar a gestão da empresa, pois praticamente elimina possíveis erros na emissão diária desses documentos. Afinal, o sistema possui todas as informações e efetua a emissão automática dessas guias.

Função de sistema TMS

O sistema TMS (Transportation Management Systems) ou simplesmente, Gerenciamento de Transporte, é específico e tem como objetivo regular algumas atividades relacionadas a transferência de cargas, tais como:

  •       Determinar as despesas e lucros de cada viagem efetivada;
  •       Gerenciamento das multas de trânsito;
  •       Os condutores terceiros (CIOT) são pagos de maneira automática;
  •       Emissão automática das ordens de coleta;
  •       Cálculo efetivo e automático dos fretes;
  •       Gerenciamento de toda a programação das viagens.

Módulo específico de logística

Toda grande empresa de transporte gerencia processos simultâneos, como a administração das frotas e o armazenamento em estoque de seus itens. Muitas empresas estimulam o desenvolvimento de gargalos, pois não definem um departamento de logística específico para atender tais atividades.

Portanto, é vital que o sistema ERP viabilize um módulo eficaz para efetivar a automatização das operações de logística. Assim, de maneira organizada é possível desempenhar processos realmente otimizados e eficientes.

Esperamos ter apresentado as principais informações sobre o ERP para logística. Compreender sua indispensabilidade é o diferencial para uma empresa que almeja o sucesso no transporte de suas cargas!