Gestão de custos: o que é e qual sua importância na empresa
17416
post-template-default,single,single-post,postid-17416,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

O que é gestão de custos na empresa

A maioria dos empreendedores que se aventuram no mundo dos negócios, certamente sabe que existem enormes custeios no dia a dia da empresa. Entretanto, grande parte desconhece, não tem tempo ou simplesmente julga desnecessário realizar uma gestão de custos aprimorada.

No simples hábito de não focar nos números relacionados ao funcionamento geral do negócio, reside um dos maiores perigos para qualquer empreendedor, o descontrole financeiro e possível fechamento do negócio.

Pode parecer complicado demais, mas saiba que é simples manter o financeiro da empresa em dia com as contas e gerando renda.

Primeiramente é preciso compreender o que é gestão de custos, entender quais são os principais pontos a serem observados, bem como visualizar alguns dos benefícios advindos dessa administração financeira certeira. Acompanhe!

Mas afinal, o que é gestão de custos?

Alcançar o sucesso não está somente relacionado a quantidade que sua empresa vende ao final de um mês. O sucesso verdadeiro de um empreendimento advém de diferentes tomadas de decisão, assertividade na gestão empresarial, bem como a gestão de custos adequada.

De forma simples, a contabilidade de custos ou gestão de custos se resume a todo o montante despendido pela empresa na elaboração de seus produtos ou serviços. Em outras palavras, são todas as despesas incluídas nas atividades empresariais diárias.

Sendo assim, temos os insumos e matérias-primas, gastos com energia, transportes, mão de obra terceirizada ou não, e gastos com equipamentos, por exemplo. Seja na aquisição de parafusos para a produção ou na compra dos grãos de café para o escritório, tudo isso entra na categoria de custos.

Consegue compreender como é fundamental aplicar as diretrizes da gestão de custos? É imprescindível enxergar essa ferramenta como uma das mais importantes estratégias para a gestão empresarial do empreendimento.

Afinal de contas, como aumentar as vendas, a fim de melhorar o desempenho do negócio, se você desconhece completamente a lucratividade da sua empresa?

Como lidar de forma básica com a gestão de custos?

o que é gestão de custos

Realizar a administração dos custos de forma inadequada ou incompleta, é um risco assumido pelo empreendedor. Isso porque, implica na possibilidade da diminuição da lucratividade.

Em contrapartida, conhecer assertivamente todas as despesas proporciona aos gestores a elaboração de estratégias mais eficazes. A precificação, por exemplo, é uma das estratégias aprimoradas, pois é possível determinar o preço correto de cada produto ou serviço estipulando assim, a margem real advinda de cada item comercializado.

Conheça a seguir alguns dos principais custos que a gestão deve conter:

  • Insumos e matérias-primas;
  • Aluguéis ativos;
  • Energia elétrica consumida;
  • Taxa de utilização de água;
  • Contas telefônicas;
  • Transportes diversos;
  • Mensalidades com internet;
  • Salários e remunerações;
  • Horas excedentes dos colaboradores;
  • Prevenção e manutenção de equipamentos;
  • Impostos e tributações mensais;
  • Materiais de limpeza geral;
  • Materiais para o funcionamento do escritório.

É importante realizar a gestão de custos certa para o seu negócio, pois, apesar de comum a todas as empresas, os custos podem ser diferentes e únicos.

Nesse momento é importante cogitar o investimento em uma solução que automatize e integre todos as informações de custos. Assim, fica simples gerir de forma correta tudo que decorre do funcionamento diário, semanal e por fim, mensal.

Quais vantagens são absorvidas pela empresa?

Reunimos algumas vantagens alcançadas pela sua empresa quando implementa essa estratégia essencial, como é a gestão de custos, confira!

Precificação correta e ampliação da competitividade

Assim como mencionado, o largo conhecimento dos custos e despesas gerais possibilita a precificação ideal dos produtos e serviços. Por sua vez, a competitividade é ampliada, pois a gestão consegue agora, visualizar o lucro real.

Enxugar os custos dos produtos pode ser trabalhoso, mas a gestão pode se nortear ao olhar para os custos da produção como gastos variáveis, comissões, mão de obra e insumos.

Redução vital dos riscos financeiros

Nem todo alto faturamento transparece a saúde do empreendimento, ou seja, é essencial apontar a precisão da lucratividade. Como fazer? É simples e basta apenas executar a gestão de custos, a fim de conhecer profundamente as dinâmicas intrínsecas aos custos da empresa.

Grandes, médias e pequenas empresas acabam encerrando suas atividades por não se atentarem aos riscos financeiros, advindos da má gestão dos seus gastos.

Diminuição de gastos desnecessários

Apesar da força de vontade dos empreendedores em se firmarem no mercado, a correria diária acaba sendo um fator determinante para erros. No dia a dia é provável que a gestão deixe passar o desperdício de recursos na produção.

Por outro lado, o gerenciamento apropriado e detalhado evita que, mesmo com a correria, o negócio evite tal desperdício. A consequência é a obtenção de insumos à altura do que a produção precisa, prevenindo a compra em excesso de materiais.

Ampliação constante da lucratividade

Toda ação diferente gera um resultado igualmente distinto. Desse modo, simulando um cenário onde a gestão reduza a aquisição de materiais desnecessários, a lucratividade por si só, ampliará de maneira orgânica e positiva.

Ao eliminar despesas inconvenientes a empresa passa a ser candidata à oferta de produtos e serviços com maior taxa de competitividade no mercado. Gastando menos e inovando mais, é provável e certo o aumento dos lucros.

Tenha serviços e produtos otimizados e de qualidade

Agora gerando mais e injetando menos recursos ou mesmo a quantidade exata de recursos, é viável observar outras características consideráveis. Com a gestão de custos “funcionando de vento em popa” a gestão estipula melhor o custo-benefício de cada produto.

Ao ter tal conhecimento em mãos até mesmo o público-alvo e seus clientes são beneficiados, pois contam com produtos mais bem-acabados e que melhor atende suas necessidades e expectativas.

O que acha de inovar nessa estratégia?

Mesmo nos dias atuais, onde a tecnologia está enraizada na maioria das empresas, alguns insistem em atuar de forma manual e atrasada. Isso pode gerar retrocessos, pois como a gestão de custos envolve diferentes aspectos e grande quantidade de valores, planilhas podem não ser a melhor solução.

Já pensou em inovar a gestão de custos da sua empresa com a aquisição de uma solução moderna e eficaz? Ao automatizar os processos da sua empresa, você conta com operações ainda mais enxutas e balanceadas.

Tenha a melhor ferramenta para a sua gestão e comece a realmente ganhar autoridade financeira. Afinal, é vital para o crescimento do seu empreendimento!