Scrum: entenda a metodologia e sua relação com o ERP de sucesso
20281
post-template-default,single,single-post,postid-20281,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

Entenda a metodologia Scrum e sua relação com o ERP de sucesso

Relação do Scrum com o ERP

Objetivando atender às demandas do mercado as empresas devem proporcionar aos clientes, experiências e resultados acima da média. Uma das melhores maneiras de atingir tal foco é por meio de um software de gestão, o que nos leva ao foco do conteúdo, a metodologia Scrum.

Conforme as necessidades e perfis dos consumidores sofrem constantes alterações, é crucial sempre oferecer o software mais eficiente. Contudo, essa exigência demanda processos mais bem-acabados e definidos.

Saiba que nessa perspectiva a metodologia Scrum pode ser o diferencial para alcançar o melhor ERP do mercado. Entenda como o Scrum se relaciona com o desenvolvimento do software de sucesso, logo a seguir!

Definindo a metodologia Scrum

Também conhecido como “processo ágil”, o termo não é novo e foi desenvolvido em 1996. Entretanto, o avanço da tecnologia permitiu que esta estrutura se adequasse às novas necessidades das empresas.

Se trata de uma metodologia ágil empregada no desenvolvimento de softwares, como o ERP. Fracionando todo o escopo do trabalho e progressão do projeto, a metodologia permite que as etapas sejam concluídas em forma de ciclos.

Isso garante maior taxa de entrega e encurta suas etapas. Em um ambiente de desenvolvimento de software, todo e qualquer feedback é fundamental e nesse aspecto o Scrum age diretamente, pois torna a interação mais dinâmica e contínua.

Podemos definir essa metodologia em 6 pilares ou princípios específicos, são eles:

  •       Controle de procedimentos e processos empíricos;
  •       Auto-organização;
  •       Colaboração constante;
  •       O valor é a priorização no processo;
  •       Time-boxing: princípio, o qual define as diretrizes de cada etapa;
  •       Desenvolvimento Iterativo: direciona a melhor administração das mudanças necessárias.

Certo, mas como isso se relaciona com a criação do ERP ideal para uma empresa? Descubra abaixo!

Como o Scrum atua no desenvolvimento de softwares

É importante deixar claro que o método Scrum não é uma verdade universal, ou seja, que sem ele não há desenvolvimento de um software. Esse processo é algo mais específico e difere-se por completo dos mecanismos tradicionais de criação.

O modelo tradicional impõe, de forma imutável, ao projeto, os seguintes aspectos: escopo; custos estabelecidos; prazos. Portanto, após a definição dessas diretrizes, cria-se certa resistência às mudanças que possam surgir ao longo da execução.

Por outro lado, atuando como mais do que uma metodologia, se mostra mais flexível. Essa “abertura” viabiliza um escopo mais amplo que assegura a resolução das necessidades do cliente e flexibiliza potenciais ajustes conforme o projeto se desenrola.

Para transmitir a certeza do escopo atendido e se atentar às experiências dos envolvidos, a metodologia é fundamentado em 4 manifestos específicos:

  •       Considera as interações e pessoas como algo além de apenas processos e instrumentos;
  •       O software deve funcionar além da documentação integral;
  •       Interação e colaboração com os clientes deve ir além das relações contratuais;
  •       Adequar-se às alterações além do planejamento original.

Portanto, podemos resumir o Scrum como: uma ferramenta que auxilia diretamente no desenvolvimento do ERP funcional. Através da flexibilidade, campo de atuação amplo, experiências aperfeiçoadas aos envolvidos e abertura às mudanças intrínsecas à criação de um complexo sistema, o Scrum promove melhores práticas e resultados mais positivos.

Qual o momento ideal para aplicar o conceito ao desenvolvimento do software

Tudo bem, agora você entende como essa metodologia age na criação de um sistema de gestão integrada, mas qual seria o momento ideal para implementar tais direcionamentos?

Sua aplicação é recomendada quando uma empresa planeja a criação de um ERP, mas ainda não é capaz de visualizar o produto finalizado. Além disso, é essencial considerar os ajustes no planejamento inicial baseados nas potenciais funcionalidades.

Em um cenário, onde a empresa possui pouco conhecimento sobre as funcionalidades que serão criadas, ao passo em que entende que esta é uma tecnologia que passa por inúmeras mudanças numa janela curta de tempo, pode ser ideal implementar o Scrum.

Podemos concluir que o Scrum é um processo que resulta no desenvolvimento e criação do ERP de sucesso.

Além de garantir que a empresa tenha uma ferramenta realmente eficaz em mãos, transmite aos seus clientes a certeza de que aquele software foi desenvolvido com o intuito de abarcar todas as demandas, a fim de solucionar e promover as boas práticas do empreendimento. Descubra o ERP baseado nas práticas mais modernas e relevantes do mercado!