Qual a importância do sistema ERP industrial para as empresas
16833
post-template-default,single,single-post,postid-16833,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

Qual a importância do sistema ERP industrial para as empresas

Toda empresa que tem como base operacional a indústria, necessita de amplo aparato de ferramentas que otimizam seus resultados. Um deles, e foco desse conteúdo, é o ERP industrial, que oferece maiores chances de sucessos aos processos industriais.

Podemos adiantar que as empresas brasileiras ainda pecam nesse aspecto específico, seja por questão financeira, falta de conhecimento ou mesmo a procura por atalhos que simplificam e reduzam custos.

Por outro lado, todos sabemos que esse é o caminho oposto do sucesso, pois ao utilizar planilhas e soluções simplórias de gerenciamento, a empresa acaba por atrasar todo seu potencial industrial.

Mais negativo que esse cenário é a implementação de sistemas integrados que não foram desenvolvidos para atender tais demandas industriais. Além do “desperdício de recursos” a gestão acaba não colhendo resultados positivos ou mesmo certeiros e isso é prejudicial.

Se você pretende alcançar o sucesso da indústria que opera é recomendado acompanhar esse conteúdo. Descubra como o ERP industrial completo e desenvolvido para auxiliar a gestão da sua fábrica, pode ser seu melhor aliado. Acompanhe!

O que caracteriza o sistema ERP industrial?

Antes de mais nada é importante apontar o fato de que grande parte dos empresários e seus empreendimentos, conhecem apenas o conceito de sistema ERP. Contudo, é vital compreender que o ERP como conhecemos hoje, é a evolução de sistemas anteriores.

Sendo assim, um dos primeiros sistemas integrados utilizados nas empresas era conhecido como MRP (Materials Requirement Planning). Sua principal finalidade era realizar a gestão básica de materiais utilizados em uma indústria.

A contundência de sua necessidade estava no fato que de esse sistema facilitava e descomplicava a complexidade que existia no controle do estoque das indústrias.

A evolução do MRP, agora chamado de MRP II (Manufacturing Requirement Planning), ampliou o campo de atuação não apenas na questão do estoque, mas também aos processos industriais. Sua finalidade era a de realizar a gestão das funcionalidades e capacidades de equipamentos, bem como das máquinas de uma indústria.

Voltando agora ao ERP industrial, esse sistema deve por obrigação conceitual e de evolução, englobar as funcionalidades e objetivos desses sistemas anteriores ofertando também, novas possibilidades de avanço em diferentes áreas da empresa.

Logo, ao pensarmos em uma indústria temos que considerar a gestão do financeiro, compras e vendas, faturamento, fator fiscal e contabilidade, por exemplo. Agora sim alcançamos o estágio mais conhecido desse sistema integrado.

Veja a seguir o diferencial e a distinção da integração de um ERP industrial completo, acompanhe!

Conheça o objetivo por trás desse ERP específico

Um ERP completo é composto por diferentes módulos que atendem os setores de uma empresa. De forma integrada, todas as informações percorrem um fluxo único e isso oferece maior assertividade para a gestão empresarial como um todo.

De acordo com o porte da indústria que busca os serviços do ERP é possível adquirir módulos individuais. Assim, a empresa consegue atender com precisão suas necessidades e suprir suas demandas.

Diante de toda essa informação é possível compreender que o principal objetivo do ERP industrial, é  facilitar o controle da eficiência das máquinas que operam para transformar matérias primas em produtos acabados e prontos para serem comercializados.

Além da mensuração da eficiência industrial, é possível aprimorar toda a gestão que envolve a produção e tirar o máximo de cada hora produzida.

Veja logo abaixo um pouco mais sobre os benefícios alcançados com o ERP industrial. Afinal de contas, quando a empresa implementa uma solução desenvolvida especificamente para captar dados e traduzir em processos otimizados, é que o sucesso se torna propício a acontecer!

Descubra os benefícios da implementação dessa ferramenta

importância do ERP industrial

Além de alinhado com as diretrizes primárias de uma indústria, o ERP industrial traz uma vasta gama de benefícios. Entenda como sua fábrica pode se beneficiar!

Fator produtividade das máquinas e dos colaboradores beneficiado

Esse benefício está no topo da lista, pois é um dos mais evidentes e positivos para o empreendimento. Com a gestão observante dos resultados obtidos é possível identificar gargalos e determinar onde os recursos estão sendo drenados de forma ineficaz.

Em seguida, surge a possibilidade de remanejar recursos, a fim de potencializar futuros resultados. Com essa prática o gestor consegue reduzir consideravelmente o retrabalho, pois descarta qualquer planilha utilizada.

Por meio do estímulo à competição entre colaboradores, claro desde que saudável, o fator humano gera maior produtividade e motivação.

Reduz a quantidade de erros e melhora a segurança dos dados

A redução de possíveis erros se dá pelo direcionamento dos processos baseado em validações e práticas desenvolvidas por profissionais especialistas. Em outras palavras, o próprio sistema atua no descarte e estreita os espaços para a marcação errada.

Assim como já abordamos em outros conteúdos, o ERP atua diretamente na proteção e segurança dos dados e informações. Ao utilizar o armazenamento em bancos de dados tecnologicamente avançados, toda informação é gerenciada de forma robusta e segura.

Esse é um dos pontos que mais passa por investimento, ou seja, a segurança e proteção das informações mais importantes para a empresa.

Redução acentuada dos custos operacionais

Qual empresa não busca produzir mais, vender mais e reduzir o montante despendido no processo? Portanto, aliar um ERP industrial realça essa necessidade, primordial para o crescimento e alcance das metas.

Aponte com exatidão onde e quando houve desperdícios que poderiam ser evitados. Desenvolva um processo industrial enxuto e exponencialmente apto a crescer.

Oferece maior padronização das operações industriais

Quando uma empresa deixa de centralizar seus processos por meio de sistemas e planilhas não integrados, a gestão acaba por não aproveitar um sistema padronizado.

Por outro lado, ao implementar um sistema ERP para indústria é possível se basear em informações concretas e reais. Devido ao fato de que há uma comunicação aprimorada entre os setores, a gestão passa a conhecer cada aspecto da produção.

Todos sabemos que conhecimento é poder, ou seja, ter o controle para ampliar o aprendizado acerca do que é necessário para evoluir é o cenário ideal.

Ofereça o melhor a sua indústria

Assim como mencionamos no início do artigo, é fundamental contar sim com um sistema integrado industrial. Contudo, é preciso cautela e atenção na hora de adquirir o ERP industrial mais indicado para o seu negócio.

Por meio da expertise de uma empresa conceituada nessa área, a gestão do seu empreendimento entra com contato com uma ferramenta transformadora.

Como você lida com o fator industrial da sua empresa? Oferecer um sistema que amplie seu alcance é essencial para promover as boas práticas e por consequente, o sucesso!