Blockchain: qual seu impacto no universo dos ERP's
20278
post-template-default,single,single-post,postid-20278,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

Qual o impacto do Blockchain no universo dos ERP’s

impacto do blockchain no ERP

Diante à necessidade de se diferenciar no mercado com o intuito de alcançar o sucesso, as empresas dispõem de inúmeros tipos de softwares. Contudo, esses sistemas têm sofrido constantes alterações devido ao avanço da tecnologia e um bom exemplo disso, é o Blockchain.

Embora essa tecnologia abarque diferentes soluções e cenários empresariais, existe um software específico que está sob frequente transformação, estamos falando do ERP (Enterprise Resource Planning).

Responsável pela maximização efetiva da produtividade e garantia de processos em perfeita execução, o ERP é alvo direto do Blockchain. Entenda a relação desse termo transformador com a evolução e desenvolvimento do software de gestão empresarial integrada a seguir!

Como definir de forma exata o termo Blockchain

Podemos assumir o conceito de Blockchain como um “livro eletrônico”, algo parecido com um banco de dados relacional. Esse livro pode ser compartilhado e acessado através de uma rede pública ou privada.

Todo registro e transação aplicados são chamados de Blocos e por isso o nome Blockchain (corrente de blocos). Também conhecido como “protocolo da confiança” esse sistema é imutável quanto às informações associados à sua base de dados.

Em outras palavras, se trata de um registro distribuído que visa descentralizar a base de informações. Isso proporciona maior segurança e assegura uma rede à prova de falhas, erros e acessos não autorizados.

Nesse sistema, cada bloco criado pode ser acessado e compartilhado por meio de um conjunto controlado ou aberto de usuários conectados. Sendo assim, cada bloco está vinculado a um usuário específico e outro usuário só terá acesso uma vez que autorizado.

O Blockchain viabiliza tanta segurança que seria desnecessário para uma empresa investir em uma equipe de TI, a fim de monitorar a segurança da base de dados. Afinal, não existe um único centro que realiza o monitoramento e controle da rede de dados.

Como essa tecnologia causa impacto no universo dos ERP’s

Mas você deve estar pensando: como o Blockchain se relaciona com um software de ERP? Tudo começa com o avanço da tecnologia de Cloud Computing, que permitiu a integração de diferentes sistemas e oferece maior proteção.

Via de regra associado às criptomoedas (Bitcoin), o blockchain é utilizado em conjunto com o ERP e, ao mesmo tempo, estimula seu desenvolvimento, eficiência e reduz as janelas para possíveis falhas.

Desse modo, a tecnologia de blockchain é a chave que assegura a integridade das informações geradas em um ambiente em nuvem do ERP. Isso garante que os dados das transações sejam legitimados.

Tal benefício é resultado da descentralização, distribuição do armazenamento das chaves e da ação de validação das mesmas. Aliado a esses processos está o poder de tomada de decisão da empresa, uma vez que fazem parte de um ambiente controlado pelo empreendimento que utiliza o ERP.

A segurança ampliada reside no fato de que, qualquer manipulação ou tentativa de fraude são eliminadas, pois invalidam as transações anteriores e levantam suspeitas imediatas.

Quais oportunidades são viabilizadas por esse modelo de integração

As oportunidades proporcionadas pela adesão do blockchain a um sistema ERP são vastas. Podemos elencar a gestão da cadeia de suprimentos, manutenção de equipamentos, atualização dos sistemas, sistemas mais sólidos e menos falhos.

Especialistas afirmam que o ERP na nuvem tem potencial para se tornar padrão de fábrica em pouco tempo. Isso abre margem para que diferentes empreendedores possam aderir o universo do ERP, influenciado pela tecnologia do Blockchain.

Todavia, isso não quer dizer que a tecnologia de cadeia de blocos está vindo para substituir o ERP. Pelo contrário, se caracteriza como um aplicativo adicional que facilitará e simplificará a integração entre os envolvidos. Visando assim, a eliminação de qualquer vulnerabilidade à segurança dos dados e informações advindas do processo de integração!