Gestão de Dados: Quando contratar uma empresa especializada | SISPRO
7992
post-template-default,single,single-post,postid-7992,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

Gestão de Dados: Quando contratar uma empresa especializada

Quando a questão é Gestão de Dados o empresario procura responder a seguinte pergunta: o que é mais viável? Fazer a gestão dos dados com recursos internos ou contratar empresas especializadas?

A Gestão de Dados é formada pelo conjunto de dez funções de gerenciamento de dados integradas. A integração dessas funções é feita pela função de Governança de Dados. As funções são:

•Governança de Dados – função responsável por representar o exercício de autoridade e controle das estratégias, políticas, papéis e atividades envolvidos com os ativos de dados das empresas.

•Gestão da Arquitetura de Dados – função responsável por definir as necessidades de dados e alinhar os mesmos com a estratégia de negócio da empresa.

•Gestão do Desenvolvimento dos Dados – função responsável pelas atividades de modelagem e implementação das estruturas dos dados dentro do ciclo de vida do desenvolvimento dos sistemas de informação.

•Gestão de Operações de Dados – função responsável por manter armazenados os dados ao longo do seu ciclo de vida.

•Gestão da Segurança dos Dados – função responsável por definir e manter as políticas de segurança da informação da empresa.

•Gestão de Dados Mestres e Dados de Referência – função responsável por definir e controlar atividades para garantir a consistência e disponibilização de visões únicas dos principais dados reutilizados na empresa.

•Gestão de Data Warehousing e Business Intelligence: função responsável por definir e controlar processos para prover dados de suporte à decisão, geralmente disponibilizados em aplicações analíticas.

•Gestão da Documentação e Conteúdo: função dedicada a planejar, implementar e controlar atividades para armazenar, proteger e acessar os dados não estruturados das empresas.

•Gestão de Metadados: Os metadados representam o significado dos dados. Estes significados correspondem tanto ao conteúdo técnico do dado, obtido através das informações sobre estrutura, formato, tamanho e restrições como a informações sobre definições e conceitos.

•Gestão da Qualidade dos Dados: função responsável por promover, medir, avaliar, melhorar e garantir a qualidade dos dados da empresa.

Existem poucos profissionais de Gestão de Dados disponíveis e formados no mercado. De forma geral, as empresas estão formando seus profissionais para atuarem na operação dessas atividades. As empresas especializadas nas funções de Gestão de Dados têm apoiado essas iniciativas fornecendo serviços de consultoria para implantação da Gestão de Dados nas empresas.

As considerações para a escolha de uma empresa especializada devem ser focadas na avaliação do histórico da empresa e seus profissionais no mercado, projetos já implantados, casos de sucesso (e insucesso), filosofia da empresa, saúde financeira, parceiros de negócio, e cumprimento de acordos de confidencialidade.

A Gestão de Dados veio para ficar

Pessoas mal informadas podem correr o risco de ver a Gestão de Dados como mais um modismo proposto, porém elas estão enganadas.

A Gestão de Dados não propõe nada revolucionário e novo. Os objetivos da Gestão de Dados já existem há mais de duas décadas, porém somente agora, com uma disciplina estruturada, apoiada por um guia de referência, a conquista desses objetivos se tornou algo viável. A disciplina estabelece uma gestão com responsabilidades compartilhadas, como forma de quebrar paradigmas nas empresas que estavam acostumadas em destinar pouco tempo para planejar e sempre ter recursos suficientes para refazer ou consertar as aplicações que armazenam e consomem os seus dados. Os tempos mudaram. As empresas que perceberem esta realidade irão se destacar das demais.

Sua empresa faz a gestão dos dados com recursos internos ou possuem contrato com uma empresas especializadas? Comente sua experiência!

Por: Bergson Lopes Rego

Fonte:  devmedia.com.br

 

Blog SISPRO Assine Gestão Empresarial