Como a tecnologia ajuda empresas na crise | SISPRO
7639
post-template-default,single,single-post,postid-7639,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

Como a tecnologia ajuda empresas na crise

Tecnologia Ajuda Empresas SISPRO Blog ERP

A crise econômica está forçando empresas a se adaptar a tempos de redução de custos e apertos financeiros. Mas há exceções. Enquanto uma parte enxuga os negócios, outra faz o caminho inverso: investe em tecnologia mirando tempos melhores, por meio da automatização de processos internos e externos gerada pela adoção de softwares de gestão.

Para entender os benefícios de um sistema de gestão integrada (ERP), é preciso imaginar aqueles processos manuais, demorados, burocráticos, que exigem a movimentação de muitos profissionais em uma empresa. “O software pode substituir trabalhos repetitivos e operacionais, o que reduz custos e aumenta a produtividade”, diz Lawrence Koo, professor da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Segundo ele, sistemas de gestão integrada trazem maior controle às operações, dando uma visão em tempo real dos indicadores de desempenho das funções vitais de gestão. Isso ajuda as empresas a passar até por crises econômicas.

Softwares de gestão podem ser aliados eficientes de companhias de qualquer porte. Há a necessidade de investimento para ter um software confiável e de qualidade, e a crise não pode ser um empecilho.

Para o professor Lawrence Koo, a principal vantagem de utilização de um software nacional de gestão é a adaptabilidade à legislação brasileira. Essa característica é difícil de encontrar em fabricantes de ERP de fora do país, porque são frequentes as mudanças nas legislações fiscal e tributária no Brasil.

Os especialistas ressaltam também a necessidade de ter um objetivo bem definido ao optar por um software de gestão empresarial, para não fazer um investimento em algo que não irá suprir as necessidades da empresa. “O sistema melhora o negócio quando é bem gerido ou pode engessar muito, quando mal administrado”, diz Koo.

Sua empresa possui um sistema ERP específico para o seu segmento de mercado? Deixe seu comentário!

Fonte: exame.abril.com.br

Prêmio Top Blog 2015

 

 

eBook: O que é e o que esperar de um ERP

 Blog SISPRO Assine Gestão Empresarial