4 mitos sobre ERPs que você precisa esquecer | SISPRO
2409
post-template-default,single,single-post,postid-2409,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

4 mitos sobre ERPs que você precisa esquecer

4 mitos sobre ERPs que você precisa esquecer

Todas as informações disponíveis em uma única plataforma, podendo ser acessadas de qualquer lugar e a qualquer hora, desde que tenha acesso à internet. Nos últimos anos, empresas dos mais diversos segmentos e portes tiveram que se adequar às novas necessidades, uma vez que o mercado passou a exigir um gerenciamento estratégico e operacional mais eficiente e que pudesse garantir a força competitiva.

Controles por meio de sistemas não integrados, planilhas ou mesmo métodos manuais já não se enquadram nos perfis das empresas atuais, os quais, além de não garantirem a segurança dos dados, tornam a eficiência produtiva mais lenta e ineficiente.

E eis que a solução passa a ser os sistemas ERP (Enterprise Resource Planning): a integração de todos os setores da organização e a garantia da otimização dos processos gerenciais e operacionais de todos os tipos e escalas de negócios, o que oferece ao gestor um maior nível de confiança no processo de decisão.

Mas muitos mitos sobre ERPs acabam bloqueando seu uso diante de empreendedores e empresários, que acabam optando por não adotar um bom sistema integrado de gestão. Por isso, desvendamos algumas falsas justificativas sobre o uso de sistemas ERPs. Fique de olho!

1. Apenas grandes empresas utilizam um sistema de gestão integrada

A principal função de um sistema ERP é integrar todos os setores da empresa, alimentando uma única plataforma com todos os dados gerados diariamente pela organização. Ou seja, os processos internos são padronizados e dentro deles as informações passam a ser geradas, garantindo a máxima eficiência operacional.

Ao invés de vários relatórios e planilhas individualizadas, o gestor passa a ter uma visão global de toda a empresa por intermédio de um sistema de gestão único e que integre todos os processos.

A verdade é que todos os tipos de empresa, independentemente do seu tamanho ou porte, podem utilizar um ERP, garantindo mais eficiência operacional e facilitando a gestão estratégica da organização.

2. A implantação de um sistema ERP é demorada

Um dos mitos que rondam o universo das empresas quando o assunto é ERP é a demora no processo de implantação. A verdade é que, quando todas as partes estão envolvidas numa efetiva utilização do ERP, o processo de implantação ocorre dentro do prazo previsto e de maneira focada e estruturada.

Processos, produtos, recursos e procedimentos precisam estar preparados, facilitando o processo de implantação para seu uso definitivo e contínuo, substituindo soluções temporárias e que dividem as informações internas – dificultando o entendimento das partes e o processo de decisão.

3. Um ERP é caro

Além do mito que apenas grandes empresas podem aderir ao uso de sistemas ERPs, também está atrelado o alto custo, fazendo com que muitos empreendedores não realizem a transição para soluções integradas por considerarem um grande investimento.

A verdade, entretanto, é que no mercado estão disponíveis ótimos ERPS com preços atrativos e que comportam diversos tipos e níveis de personalização de seus campos e processos. Existem opções de ERP que podem ser utilizadas apenas em servidores internos ou completamente em nuvem, bastando apenas acesso à internet.

Com a competitividade, empresas desenvolvedores de softwares e sistemas de gestão passaram a reduzir os custos de implantação, tornando o ERP acessível para todas as empresas.

4. Um sistema ERP é difícil de se adaptar ao negócio

Todo negócio deve procurar otimizar sua gestão e, por isso, o uso de sistemas ERPs passam a ser aposta certa. O grande mito que existe é que o software é de difícil adaptação ou mesmo que não se enquadra ao tipo de negócio. Um grande equívoco!

Qualquer empresa pode usufruir dos benefícios do uso de sistemas ERPs. Ao contar com uma firma especializada na implantação de sistemas de gestão integrado, é possível buscar soluções focadas nas necessidades da empresa e específicas para seu modelo de negócio.

Por exemplo, se você não trabalha com estoque, não há a necessidade de utilizar um ERP com módulo para a gestão logística. Além disso, um sistema integrado pode focar em setores com maior relevância e oferecer maiores e melhores soluções, atendendo às necessidades específicas. Outra vantagem é que o ERP pode ser implantado em um e-commerce, por exemplo.

Conhece outros mitos sobre ERPs? Que tal compartilhar conosco? Deixe sua contribuição nos campos abaixo.

Fonte: SISPRO Software EmpresarialBlog SISPRO Assine Gestão Empresarial