O salto dos softwares de gestão para as reais aplicações de negócio | SISPRO
1713
post-template-default,single,single-post,postid-1713,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

O salto dos softwares de gestão para as reais aplicações de negócio

Velocidade dos Softwares de Gestão SISPRO Blog ERP

Quando pensamos em Tecnologia da Informação, não conseguimos mais separar essa área das estratégias de negócios de uma empresa. Neste cenário, as soluções de TI estão cada vez mais embarcadas no core business das organizações. Lição de casa para a indústria de software de gestão empresarial.

Mobilidade, Business Intelligence (BI), Internet das Coisas (IoT), canais de comunicação com o cliente, um CRM (Customer Relationship Management) que as empresas sempre sonharam… essas aplicações não podem mais andar paralelamente a um ERP. Todos clamam pela simplificação nos processo, ou seja, as soluções de TI precisam andar na mesma velocidade em que avançam as inovações tecnológicas.

E quando falamos em simplificação, a tônica desta iniciativa deve acontecer desde o momento em que ocorre a implementação de uma solução. Projetos mais leves, flexíveis e fluídos traduzem num retorno de investimento (ROI) mais acelerado, além de acompanhar a evolução do negócio, que precisa ser ágil.

Simplificar os negócios também significa fazer ‘mais com menos’, ou seja, com o mesmo valor de um projeto tradicional é possível entregar mais e melhor aos clientes. E não poderia ser diferente… Com um mercado caminhando para a inovação, como é o caso da adoção da nuvem, por exemplo, ninguém mais quer esperar por um projeto que leva um ano para ser entregue. O desafio é ter soluções digitais que acompanhem os negócios com a mesma velocidade que o mercado demanda.

Por isso tem que ser simples, praticamente um plug and play, ou seja, instale e use. A regra deste jogo é trazer ao mercado aplicações que tenham o conceito de inovação nativo no produto, tal como é o BI e a mobilidade. As organizações não têm mais tempo de esperar para integrar essas soluções. Elas precisam estar lá, acompanhando a dinâmica do negócio e dando base para a tomada de decisão e promovendo a condição de decidir em qualquer lugar do mundo.

A velocidade de gestão, decisão e da mobilidade andam lado a lado com a necessidade de reinvenção constante do negócio e com a demanda de gerar mais lucro e novas receitas. A rotina de gerenciamento mudou e, como consequência, os softwares que apoiam as organizações precisam suportar essas condições. As conexões entre pessoas, dispositivos e redes de negócios precisam ocorrer de forma breve e os dados precisam estar disponíveis a qualquer momento para insights imediatos.

Se passamos a viver calçados na inovação e se temos uma nova cultura empresarial, o que se espera é que a indústria de software apoie o mercado com aplicações leves, que concentrem as melhores práticas e que contenha processos de negócios de diversos segmentos da indústria, sem esquecer da plataforma, que precisa ser simples. É isso que o mercado espera, ou melhor, não dá para esperar. É preciso estar pronto.

Sua empresa possui um ERP completo e eficiente para a gestão do seu negócio? Deixe seu comentário!

Por: Claudio Silveira

Fonte: computerworld.com.br

eBook: O que é e o que esperar de um ERP

Prêmio Top Blog 2015

 

 Blog SISPRO Assine ERP