O que preciso saber sobre gestão de processos organizacionais? | SISPRO
1314
post-template-default,single,single-post,postid-1314,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-5.7,vc_responsive
 
Blog

O que preciso saber sobre gestão de processos organizacionais?

O que preciso saber sobre gestão de processos organizacionais?

A gestão de processos organizacionais visa elevar continuamente o nível de desempenho e os resultados da empresa por meio da identificação, da documentação, da execução, da medição, do monitoramento, do controle e da melhoria dos processos de negócio. Isso promove o alinhamento com as estratégias organizacionais.

Saber o que é um processo organizacional é o primeiro passo para geri-lo de maneira eficiente. Trata-se de um conjunto de atividades que usa recursos, de forma organizada e gerenciada, para transformar entradas em saídas. Geralmente, as saídas de um processo são entradas do processo seguinte. E, o processo de transformação deve agregar valor para a saída resultante.

A gestão de processos organizacionais bem-sucedida resulta em uma maior eficácia na entrega de produtos e serviços, na otimização da aplicação de recursos e no aumento do grau de satisfação do cliente.

A seguir, descreveremos alguns aspectos importantes da gestão de processos organizacionais. Fique atento!

Abordagens da gestão de processos

Existem duas abordagens principais da gestão de processos organizacionais:

• Funcional, em que os processos de trabalho são organizados conforme a hierarquia funcional da empresa;

• Sistêmica, em que os processos de trabalho são organizados de forma integrada e lógica.

Metodologias de gestão de processos

Os processos podem ser gerenciados aplicando-se metodologias apropriadas, como, por exemplo:

• Metodologia PDCA: esta metodologia de gestão promove a melhoria contínua de processos fundamentada em quatro ações: P de plan (planejamento), D de do (execução), C de check (controle) e A de action (ação). Ela visa o aperfeiçoamento dos processos por meio da identificação das causas de problemas e da implementação de soluções;

• Metodologia BPM (Business Process Management): esta metodologia de gerenciamento de processos de negócios permite mapear e conhecer com riqueza de detalhes os processos, identificar gargalos e tornar os processos mais eficientes e eficazes.

Benefícios da gestão de processos

Alguns dos benefícios que podem ser obtidos com a gestão de processos organizacionais são:

• Elevação do nível de satisfação de clientes, colaboradores e investidores;

• Flexibilização e rápido ajuste dos processos às mudanças internas e externas da empresa;

• Otimização do planejamento das atividades, da atribuição de responsabilidades e da racionalização do uso de recursos humanos, materiais, tecnológicos e financeiros;

• Otimização dos controles processuais, com eliminação de redundâncias, retrabalhos e minimização de falhas;

• Redução do ciclo de duração dos processos;

Redução de custos dos processos.

Para facilitar a gestão de processos, os gestores da empresa devem buscar a aquisição de um sistema de gestão do tipo ERP, que agiliza, profissionaliza e dá o suporte tecnológico adequado para a integração de processos. Isso permite acompanhar seu desempenho em tempo real e intervir de forma proativa na otimização dos resultados.

A gestão de processos organizacionais se resume à busca constante de entender e controlar os processos de negócios, atuando de modo a conferir-lhes maior transparência, fluidez, lógica, racionalidade e efetividade. Ela se fundamenta na filosofia da melhoria contínua dos processos, que faz com que a empresa nunca se acomode e estabeleça uma dinâmica de evolução permanente.

Gostou dessas informações? Deixe um comentário, contando suas experiências sobre gestão de processos organizacionais.

Fonte: SISPRO Software EmpresarialBlog SISPRO Assine ERP