SISPRO ERP | Gestão Patrimonial

Software Controle Patrimonial - Gestão Patrimonial - Patrimônio - Sistema

Sistema de Controle Patrimonial 

O Sistema de Controle Patrimonial Sispro é o mais completo do mercado. Permite a gestão de informações contábeis e fiscais e efetua o controle físico de todos os bens patrimoniais (ativo imobilizado).

Controle Físico

  1. Dispõe de um amplo leque de visões gerenciais e físicas para controle dos bens patrimoniais, definidas pelos usuários.
  2. Armazena as informações sobre a compra dos bens e registra as características dos equipamentos.
  3. Controla as informações sobre a garantia e o seguro dos bens, emitindo  avisos sobre a data de vencimento.
  4. Permite  a criação de campos livres com  informações próprias da organização utilizando  máscara de edição variável para armazenamento de datas, números e valores.
  5. Permite o bloqueio da movimentação de um bem imobilizado, conforme sua característica.
  6. Permite armazenar a imagem do documento de compra do bem patrimonial e ou do próprio bem.
  7. Disponibiliza um módulo para inventário automatizado dos bens patrimoniais,  através de plaquetas de código de barras ou RFID, permitindo que o próprio usuário realize inventários periódicos.

Controle Físcal

  1. Armazena informações sobre o documento fiscal para os controles  necessários.

Movimentação

  1. Registra  todas as movimentações dos bens patrimoniais  individuais ou em grupo, com seu respectivo histórico.
  2. Permite registrar a aquisição de bens do patrimônio e efetuar cálculos com data retroativa. Os cálculos são trazidos a valor presente de forma automática, sem necessidade de interferência do usuário.
  3. Disponibiliza workflow para confirmação da transferência dos bens patrimoniais,  controlando os bens que estão em trânsito. A efetivação da transferência é realizada apenas com a confirmação do recebimento e do aceite do destinatário.

Relatórios / Consultas

  1. Emite os seguintes relatórios: Posição Analítica de Bens, Razão Auxiliar, Movimentações dos Bens Imobilizados e informações sobre a Posição Analítica Retroativa dos Bens.
  2. Oferece ferramenta que permite a geração de relatórios parametrizados pelo usuário.

Controles Gerenciais

  1. Realiza o controle gerencial em um número ilimitado de moedas.
  2. Calcula depreciação de bens em qualquer moeda ou índice com taxa em nível de conta, centro de custo ou bem.
  3. Permite consultas ou emissão de todos os relatórios do sistema de Controle Patrimonial por moeda.
  4. Executa o rateio da depreciação de um bem imobilizado entre vários centros de custos.

Segurança

  1. Oferece total segurança de acesso, definida para um usuário ou grupo de usuários.
  2. Trilha de Auditoria, que possibilita a rastreabilidade total dos ativos, atendendo a Sarbanes-Oxley(SOX).

Obrigações Contábeis

Dispõe de uma série de funcionalidades para gerenciar os ativos imobilizados de acordo com as normas IFRS atendendo plenamente às exigências da Lei das S.A.s ( Lei 11.638/07 ).

  1. Cálculo da depreciação com base no valor residual e na vida útil estimada dos ativos imobilizados.
  2. Controle do valor recuperável dos ativos imobilizados.
  3. Controle dos ativos intangíveis.
  4. Controle dos ativos adquiridos através de leasing financeiro.
  5. Controle dos ativos imobilizados por classe e unidade geradora de caixa.
  6. Classificação e controle dos ativos imobilizados mantidos para venda.
  7. Relatórios por segmento de negócio e/ou área geográfica.

Benefícios e Obrigações Fiscais

  1. Calcula a depreciação fiscal, para fins de IRPJ, utilizando as taxas determinadas pela RFB.  As taxas podem ser informadas em nível de conta, de centro de custo ou bem patrimonial.
  2. Calcula as depreciações acelerada por turnos e incentivada, em nível de conta, de centro de custo ou bem.
  3. Projeta a depreciação com simulação da movimentação futura de bens patrimoniais, bem como,  os cálculos dos créditos de ICMS, do PIS/PASEP e COFINS e da CSLL.
  4. Controla os benefícios dos créditos de ICMS, PIS, COFINS e CSLL.
  5. Gera informações do Bloco G da EFD.
  6. Gera informações do Bloco F da EFD-Contribuições.

Bloco G da EFD

  1. Atende plenamente ao Ato COTEPE 38/09 que cria o Bloco G, relativo ao CIAP, na EFD:
  2. Segrega os valores do ICMS sobre a operação própria, substituição tributária, diferencial de alíquota e frete do conhecimento de transporte.
  3. Implementa os conceitos de bem principal e de componente.
  4. Aplica o conceito de PROJETO àquelas contas que são utilizadas para classificar os bens que estão em construção ou montagem.
  5. Armazena informações sobre o documento fiscal que acobertou a movimentação do bem ou componente: tipo de emissão, emitente, modelo, série, número, data de emissão, chave da NFE e outros.
  6. Restringe o aproveitamento dos créditos de ICMS enquanto o bem não houver sido concluído para imobilização ou colocado em uso, de acordo com a legislação vigente em cada unidade federada.
  7. Disponibiliza função especifica para informar sobre as conclusões de imobilização.
  8. Compartilha o cadastro de mercadorias, produtos e serviços utilizado no ERP.
  9. Possibilita a recuperação extemporânea dos créditos de ICMS dos bens ou componentes, de acordo com a legislação vigente em cada unidade federada.
  10. Gerencia os créditos de ICMS nas transferências interestaduais e nas transferências internas dos bens.
  11. Disponibiliza consultas e relatórios para verificação das informações que serão geradas no Bloco G.

Bloco F da EFD-Contribuições – Registros F120 e F130

  1. Escritura os créditos do PIS/Pasep e da COFINS sobre o ativo imobilizado, determinados com base nos encargos de depreciação e amortização (F120) ou determinados com base no valor de aquisição (F130), de acordo com as disposições da EFD-Contribuições.
  2. Identifica os bens do ativo imobilizado de acordo com sua origem (nacional ou importado) e  uso (produção, prestação de serviços, locação e outros).
  3. Restringe o aproveitamento dos créditos enquanto o bem não houver sido colocado em uso ou produção, de acordo com legislação vigente para cada forma de crédito.
  4. Disponibiliza consultas e relatórios para verificação das informações que serão geradas nos registros F120 e F130, de forma analítica e sintética.

Transferência com aceite

  1. O sistema de Controle Patrimonial possibilita o controle de bens imobilizados em trânsito, registrando o envio e o recebimento destes bens e efetivando a transferência patrimonial apenas no momento em que os bens forem aceitos pelo destinatário.
  2. A notificação sobre o envio e o recebimento de bens pode ser remetida para os usuários através de email.
  3. O usuário administrador do Sistema determina se e quais os tipos de movimentação que o bem patrimonial pode sofrer enquanto estiver em trânsito.
  4. Permite controlar o prazo para devolução de bens que foram emprestados ou cedidos, notificando o usuário quando este prazo expirar.

Bloqueio de movimentação de acordo com a situação do bem

  1. O sistema de Patrimônio permite um controle totalmente parametrizável. Permite indicar se e quais as movimentações em  que o bem patrimonial pode sofrer quando estiver em determinada situação.
  2. A Situação é utilizada para agrupar e identificar os bens patrimoniais que, por determinado motivo, encontram-se na mesma situação ou condição. Como exemplos de situação podemos citar: empréstimo, cessão, comodato, penhora e outros.

ICMS 87/96 e LC 102/00

  1. Realiza o controle dos bens com benefício do crédito do ICMS a partir do armazenamento do valor informado na aquisição do bem, com emissão de relatórios gerenciais para visualização dos créditos destes benefícios.
  2. Efetua o cálculo de estornos e apropriações mensais, com base nos percentuais de saídas isentas ou não tributadas de cada período de fechamento de vendas, bem como o cálculo anual do benefício de crédito adquirido e o cálculo do cancelamento dos créditos não apropriados ao final de quatro anos.
  3. Contabiliza o valor do estorno do crédito do ICMS, no caso de baixas efetuadas antes de completar o período de cinco anos.
  4. Contabiliza o valor do cancelamento do crédito do ICMS, no caso de baixas efetuadas antes de completar o período de quatro anos.
  5. Emite os relatórios CIAP, modelos A e B, conforme determinado pelo Ajuste SINIEF 8 de 12/12/97.
  6. Emite os relatórios CIAP, modelos C e D, conforme determinado pelo Ajuste SINIEF 3 de 12/10/01.
  7. Está adaptado a atender as alterações introduzidas pela LC 102/00.

I.N. 68/95, I.N. 86/01 e Portaria INSS/DIREP 42/03

  1. O sistema gera os arquivos com as movimentações dos bens e com os cálculos de depreciação nos formatos estabelecidos pela Receita Federal e Previdência Social.

PIS/PASEP e COFINS - Leis 10.865/04, 11.051/04, 11.196/05, 11.488/07 e 12.546/11

  1. O sistema realiza o controle dos bens imobilizados com crédito do PIS/Pasep e da COFINS a partir do armazenamento dos valores destas contribuições, informados na aquisição do bem, com emissão de relatórios gerenciais para visualização dos créditos destes benefícios.
  2. Efetua o cálculo do crédito de acordo com forma determinada para cada bem: crédito sobre a depreciação, crédito correspondente a 1/48 do custo de aquisição do bem ou crédito correspondente a 1/24 do custo de aquisição do bem.
  3. Contabiliza o valor do crédito do PIS/Pasep e da COFINS.
  4. Está adaptado para proporcionalizar o cálculo do crédito quando a incidência não-cumulativa do PIS/Pasep e da COFINS ocorrer em relação apenas a parte das receitas.

CSLL – Leis 11.051/04 e 11.774/08

  1. O sistema de Patrimônio realiza o controle dos bens imobilizados que geram crédito para abatimento da CSLL, calculando o direito de crédito.
  2. Efetua o cálculo do crédito aproveitado em cada período de apuração.
  3. Controla a devolução dos créditos abatidos da CSLL nos períodos de gozo do benefício.
  4. Emite relatórios gerenciais para visualização dos valores de direito de crédito, dos créditos aproveitados e dos créditos devolvidos e a devolver.

Projeção de Depreciação

  1. Faz a projeção de cálculo de atualização monetária e de depreciação.
  2. Utiliza-se do registro das movimentações futuras (aquisições e baixas) e das alterações de percentuais e datas de início e fim de depreciação, estimadas nos períodos projetados.
  3. Emite relatórios demonstrativos da projeção e atualização monetária e depreciação.

Interface Contábil

  1. Gera os lançamentos contábeis referentes aos cálculos e/ou movimentações processadas pelo sistema, em arquivo no formato texto padrão SISPRO.
  2. Define os lançamentos a serem gerados, os códigos de contas dos lançamentos, a ordem e o nível de contabilização, a periodicidade de geração dos lançamentos e o formato do arquivo (personalizado).

Personalização do Interface Contábil

  1. Desenvolvimento de um arquivo que gera os lançamentos contábeis em arquivo no formato texto, para entrada direta no sistema de contabilidade da LICENCIADA.

A Sispro possui ampla experiência no atendimento de todas as necessidades relacionadas a serviços e sistema de Gestão Patrimonial. O sistema de Controle Patrimonial Sispro é o mais completo do mercado e pode ser comercializado tanto como Módulo do sistema Sispro  ERP quanto como um sistema independente.

Tenha total controle sobre os seus bens patrimoniais e garanta o cumprimento de todas as exigências Legais e Fiscais. Conheça o sistema Sispro Patrimônio. Agende uma visita de apresentação com um de nossos especialistas em Gestão Patrimonial

Sistema Gestão Patrimonial - Software Patrimônio

Solicite uma demonstração agora

Solicite mais informações

Preencha os campos abaixo e receba informações detalhadas sobre esse produto

http://www.sispro.com.br/

Buscar