Sispro participa de projeto piloto de NFC-e conjugada em Manaus

Rate this item
em Fevereiro 24, 2014

Fornecedora de ERP fornece apoio tecnológico às empresas locais por meio de consultoria especializada.

Com a publicação no Diário Oficial do município de Manaus, publicado em 18 de fevereiro o Decreto Municipal nº 2.720, foram estabelecidas as diretrizes do Projeto Piloto de Implantação da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica - NFC-e, para as atividades de prestação de serviços sujeitas ao Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza - ISSQN no município de Manaus. A NFC-e Conjugada acobertará, além das operações e prestações sujeitas à incidência do ICMS, aquelas sujeitas ao ISSQN no município de Manaus.

O Estado do Amazonas é um dos participantes do Projeto Piloto de Implantação da NFC-e em âmbito nacional e Manaus foi escolhida para representar os municípios no Projeto Piloto de Implantação da NFC-e Conjugada.

Durante o período de vigência do Projeto Piloto, a NFC-e Conjugada poderá substituir a Nota Fiscal de Serviço Eletrônica – NFS-e, padrão web e o Recibo Provisório de Serviço – RPS naquelas operações de prestação de serviços ao consumidor final, pessoa física. Para os demais tomadores de serviços, as empresas deverão continuar a emitir a Nota Fiscal de Serviço Eletrônica, NFS-e  padrão Web.

O Projeto Piloto será realizado desde 1º de fevereiro até 30 de abril de 2014 e destina-se aos contribuintes do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza – ISSQN, que deverão ser autorizados pela Secretaria Municipal de Finanças de Manaus para emissão da NFC-e Conjugada.

“Entre as vantagens para as empresas na emissão da NFC-e Conjugada está a melhoria do ambiente de negócios local, pela racionalização das obrigações acessórias e consequente redução do “custo Brasil”, em especial a dispensa da emissão e guarda de documentos em papel”, comenta Marli Vitória Ruaro, coordenadora de projetos da Sispro, fornecedora de Software de ERP e Soluções Fiscais.

“Para o Fisco, a padronização e a melhoria na qualidade das informações, a racionalização de custos e a maior eficácia na fiscalização serão os benefícios obtidos diretamente nas administrações tributárias municipal e estadual”, acrescenta a especialista.

Ainda segundo ela, depois da NFC-e Conjugada (modelo 65) será a vez da NF-e Conjugada (modelo 55) entrar no Projeto Piloto e ser implantado no Estado, em um cronograma definido de forma conjunta pela Secretaria de Fazenda Estadual do Amazonas e a Secretaria Municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno de Manaus.

Mais informações: http://www.sispro.com.br - 26/02/14

Add comment


Security code
Refresh

Notícias sobre eSocial

Solicite mais informações

Preencha os campos abaixo e receba informações detalhadas sobre esse produto

http://www.sispro.com.br/

Assine o blog

Buscar