PUC Minas

Case de Sucesso PUC Minas SISPRO

Sobre a Sociedade Mineira de Cultura – PUC MINAS

A Pontifícia Universidade Católica está presente em importantes regiões do Estado de Minas Gerais como Belo Horizonte,  Betim, Contagem, Poços de Caldas, Arcos, Serro e Guanhães, possui uma estrutura composta por mais de uma centena de prédios e reúne em torno de 57 mil estudantes, 1,8 mil professores e 2,4 mil funcionários, espalhados pelas suas  unidades. A PUC Minas utiliza o Sistema de Folha de Pagamento da SISPRO desde 1998.

Parceria que deu certo

A PUC Minas, em conjunto com a SISPRO, está se preparando para colocar em prática todas as exigências tecnológicas e legais relativas ao cumprimento das novas normas previdenciárias do eSocial.

O novo sistema do Governo Federal irá integrar uma série de informações relativas ao quadro funcional das empresas brasileiras, envolvendo informações que vão desde um simples número de carteira de trabalho até questões mais sofisticadas e individualizadas, como férias, contribuições sociais, salários e outras peculiaridades. É uma questão de mudança de processos, pois agora, com o eSocial, o Governo passará a exigir das empresas tudo aquilo que já estava regulamentado por lei.

A partir da implantação do eSocial as empresas terão um canal único de relacionamento com o Governo, e o processamento das informações de forma sistematizada será essencial para o desempenho das áreas de gestão de pessoas.

Dividido em duas etapas, o projeto desenvolvido pela PUC Minas e SISPRO transcorre dentro do cronograma estabelecido e de forma profissional. A primeira etapa do trabalho é dedicada essencialmente ao saneamento da base de dados dos funcionários da Universidade, o que significa dizer que estão sendo verificadas todas as inconsistências do cadastro, procedidos os ajustes e viabilizadas as consultas de funcionários da instituição com maior precisão e controle. Os próximos meses devem ser utilizados para ajustes e correção das informações.

Conforme Júlio Cançado Gontijo, Gerente de Administração de Pessoal da PUC Minas, doze funcionários são responsáveis pelas validações do cadastro e adequação do plano de contas da folha de pagamento. Para ele, tanto o saneamento da base de dados quanto a reestruturação nos processos trarão outros benefícios como contribuir para uma melhor integração dos departamentos da empresa, favorecendo as tomadas de decisões e melhoria na prestação do serviço, tornando o processo mais eficiente.

A segunda etapa do projeto se dará através da implantação do software SISPRO eSocial, que está em fase final de desenvolvimento e no aguardo da liberação do ambiente de testes prometido pelo Governo Federal para que seja concluída a homologação.

“Como podemos perceber, o eSocial não tem como objetivo alterar a legislação. Contudo, padronizar processos e promover uma redistribuição de processos em conformidade com a competência de cada órgão regulador, com o objetivo de otimizar a prestação de serviços, de forma mais transparente, junto aos principais usuários, buscando mais agilidade e precisão no processamento das informações.

Com base nessas informações esperamos também uma melhoria na prestação de serviços destes órgãos, na condição de parceiros, haja vista a autonomia que tais alterações, no processo sugerem.”, conclui Júlio.

Enquanto aguarda a liberação do software, a PUC Minas já está garantindo sucesso para a próxima etapa do projeto, com dados confiáveis, realinhamento de processos e equipes preparadas, evitando assim, surpresas quando o eSocial chegar para ficar.

Cadastre-se na Newsletter: