Blog

Como adequar sua empresa à EFD Reinf?

EFD-Reinf

As últimas semanas foram bastante corridas para as empresas que estão prestes a adequar mais uma obrigação fiscal. Principalmente para as do primeiro grupo de adequação à EFD Reinf, que começa agora dia 1º de maio de 2018.

Esse clima de ansiedade pode gerar dúvidas e também o receio de que tudo esteja preparado para atender corretamente as exigências fiscais. Você, por exemplo, consegue responder se sua empresa está realmente pronta para se adequar à EFD Reinf?

Todavia, se ainda apresentar hesitação nessa questão, fique tranquilo, pois esse conteúdo vai te auxiliar com isso. É muito importante e fundamental que você tenha tudo sob controle para os novos processos que estão por vir.

Dessa forma, se quiser saber como adequar sua empresa à EFD Reinf, continue com a leitura desse artigo. Confira mais informações logo a seguir!

A urgência na adequação de sua empresa à EFD Reinf

Como você deve saber, a implementação do novo sistema de escrituração fiscal está em andamento, desse modo, você vai precisar acompanhar esse processo. Do contrário, você está sujeito às muitas penalidades, multas e acima de tudo, ficar de fora de tudo que essa mudança vai trazer de positivo.

Em vista disso, é vital para a saúde do seu negócio que esteja seguindo os parâmetros impostos pelo governo quanto à EFD Reinf. Muitas pessoas podem encontrar dificuldades na hora de conseguir definir se estão prontas para isso.

No entanto, ao seguir procedimentos simples, mas que exigem responsabilidade e atenção, você chega lá. Esse é um dos objetivos desse artigo, mostrar os caminhos para que você consiga colocar sua empresa nos trilhos da necessidade fiscal.

Logo a seguir, você conhece uma forma de testar o nível de engajamento

Utilize o Ambiente de Produção Restrita para testes

Existe um ambiente virtual, chamado de Ambiente de Produção Restrita, é especialmente desenhado para testes. Por sua vez, as empresas podem utilizar esse espaço para compreender na prática como será de fato a nova obrigação.

Vale ressaltar, que mesmo sendo um teste, existe a necessidade de simular o envio de informações verídicas. Dessa forma, a experiência é a mais aproximada possível do que realmente será, portanto, é muito interessante e válido utilizar esse ambiente.

Para tornar ainda mais real o contato dos contribuintes à nova relação com o fisco, esse ambiente está sempre atualizado. Sendo assim, no último dia 9 de abril, o sistema passou por atualização, sendo implantado o leiaute de versão 2.4.02.

Essa atualização inseriu os ajustes referente à Nota Técnica nº 01/2018. Os eventos que já constavam no banco de dados do ambiente virtual, foram excluídos e será necessário reenviar essas informações.

Conheças dicas para adequar sua empresa à EFD Reinf

efd-reinf-como-adequar

Rastreie os documentos fiscais

Com essa dica apontamos a necessidade de identificar os documentos que entra na lista das obrigações fiscais reportadas ao fisco.

Dessa forma, os documentos mais importantes que deve se atentar são as Notas Fiscais, os Recibos dos Pagamentos e todo o restante presente no leiaute 1.3 divulgado em janeiro de 2018.

Informações dos cadastros devem ser revisadas

Com base nas informações de que a EFD Reinf irá utilizar novos códigos em seu sistema, você corre o risco de não possuir esses códigos. Em contrapartida, por meio de uma revisão dos dados do sistema de origem ou solução fiscal, você fica assegurado.

Caso não dê a devida atenção à essa questão, você corre seriamente o risco de transmitir informações desatualizadas, o que irá acarretar em multas e penalidades pesadas aos contribuintes.

Unifique o recebimento de documentos fiscais

Para conseguir determinar corretamente o cálculo das retenções, é necessário que a empresa lide com as Notas Fiscais, Recibos de Pagamentos e tudo que esteja sujeito à EFD Reinf, de forma concisa e bem escriturada.

Caso não haja organização e fluxo adequado dos documentos fiscais, sua empresa corre riscos de gerar dados inconsistentes e incompletos. Dessa forma, você abre espaço para a Receita levantar suspeitas de omissão de dados tributários reais.

A multa para isso é de 3% para cada informação incorreta. Por que correr esse risco, quando você pode simplesmente utilizar uma solução que te ajude?

Implemente a automatização dos documentos não eletrônicos

Ainda que quase toda documentação, informações e dados sejam ministrado em ambiente virtual, nenhuma empresa está livre de documentos impressos.

Portanto, é muito importante que você foque também na gestão apropriada desses documentos não eletrônicos. Certamente você vai depender deles para completar o preenchimento das obrigações fiscais.

Utilize uma solução fiscal ideal para a EFD Reinf

Aqui cabe a seguinte pergunta: você não gostaria de ter uma solução ao seu lado, que integrasse todos os setores da sua empresa, a fim de otimizar os processos, evitar retrabalho e diminuir custos?

É exatamente isso que esse tipo de ferramenta pode fazer por você, assegurar que toda informação que você transmita à EFD Reinf, tenha caráter concreto, verdadeiro e seguro.

Em vista dessas informações, temos uma última dica de extrema relevância para sua empresa. Confira logo a seguir!

Conheça a solução ideal da SISPRO

Para atender essa necessidade por uma solução que te ajude na hora de atender as exigências da nova obrigação acessória, a EFD Reinf, a SISPRO desenvolveu exatamente o que procura.

Estamos falando do software de gestão fiscal, SISPRO EFD Reinf. Ele vai fornecer a sua empresa, a oportunidade de desenvolver um ambiente completamente integrado, o que irá garantir a solidez das estratégicas, a fim de alcançar o atendimento adequado de obrigações como a EFD Reinf.

Visite a página oficial da SISPRO e veja como você pode deixar tudo nas mãos de um sistema de qualidade e confiança.



Cadastre-se na Newsletter: